Na Alemanha, foi onde tudo aconteceu.

Publicado: 26/07/2010 por Alexandre Pires em Artigos

Tarde de domingo no circuito de Hockenheim na Alemanha. O ritual de sempre. Volta de apresentação. Freada brusca de Vettel. Quase um engavetamento. Pé embaixo. Todo mundo serpenteando até seus grampos de largada. Alguém aperta algum botão e começa a seqüência de “lançamento”.

Uma das largadas mais feias dos últimos tempos. Coroada com o mergulho kamikaze de Vettel para cima de Alonso. Caminho livre para Massa que lidera após a Nordkurve.

Hamilton passa Button e Webber. Os três foram discretos, nada além.

Atrás, ocorria a “carrificina”. Barrichello e Hülkenberg se embananavam com seu FW32. foram lá para o meio do pelotão sorte dos alemães da Mercedes, iam levar uns pontinhos para casa. Bem menos que um pódio, mas já era algo.

Sétimo, oitavo, nono e décimo renderam algumas disputas encarniçadas entre os medianos (Mercedes inclusa). Mas tudo muito polido. Quase sempre essas posições foram decididas ou mantidas por pitstops. Quem se deu bem foram as Renault e as Mercedes. Outro dia, pode ser a Williams ou a Sauber.

Mais atrás, as Toro Rosso chocavam a todos ao se chocarem estupidamente durante a largada. Buemi recolheu para a garagem e Alguersuari voltou para a corrida todo remendado. Estão cumprindo tabela.

As novatas mais uma vez fizeram boas largadas. Especialmente Di Grassi que por um momento ganhou umas dez posições. De último para primeiro dos últimos. Deve ser alguma coisa.

Para Hispania, Lotus e Virgin, a Fórmula 1 é uma competição de resistência, um enduro, e não uma prova de velocidade. Não restam muitos para contar história. Bruno (Hispania) e Glock (Virgin) chegaram ao final. Comicamente, o trio tenebroso era mostrado apenas tomando voltas e mais voltas.

As largadas continuavam a ser determinantes. Pilotos que precisavam de corridas de recuperação não tinham carro para tanto

Massa liderava com tranquilidade. Ia bem com seus macios. Fez seu pitstop após Alonso. Pneus duros. Alonso ameaça sua posição. Massa se defende. Com maestria, diga-se. De repente, escuto o rádio de Alonso, e o espanhol esbraveja um “isto é ridículo”. Pensei, aí tem coisa. E não é que acertaria.

A turma do meio estava lá se divertindo. Vendo quem ia terminar em décimo ou coisa parecida. Neste meio tempo, Button conservou seus pneus moles por vinte voltas e saiu do pitstop à frente de Webber. Acho que o australiano nem ligou. Hamilton deve ter se assustado, já que por pouco Button não abocanha sua quarta posição. Fim do agito das trocas.

A Force India continua penando. Sutil entra mais uma vez no pitlane. Troca pneus, aquela coisa toda. Corrida condenada. Mas não é que Sutil crava a volta mais rápida provisória. Algumas voltas depois Vettel derruba Sutil. Valeu o momento.

Ferrari voando baixo. Massa faz uma bela seqüência de voltas rápidas. Vettel rápido tenta ficar próximo. McLaren nem ameaça. Fizeram várias voltas 1s mais lentas que os ponteiros.

Aí também parei de fazer conta e voltei a pensar que Massa estava liderando. Na minha cabeça, eu pensava em “vencendo”.

Rádio do Felipe. Já imaginei alguma instrução estratégica. Acelere mais. Conserve pneus. Engano meu. Seu engenheiro, um tal de Robert Smedley, começa uma fala pausada. Coisa boa não era. Ouvi Fernando. Ouvi mais rápido. Ouvi você entendeu.

Não deu outra. Acho que foi após o Hairpin. Sei lá. Massa desacelerou e (ce)deu passagem para Alonso, que passou e liderou.

Fim de corrida. Alonso cerca Massa que relutante é abraçado e abraça. Coisa de profissional. Empregado também faz dessas. Todo mundo no pódio. Eu continuo contrariado. Vettel também por ali. Sem empolgação. Devia estar se sentindo um vacilão pela largada. Alonso, todo desgrenhado, comemora efusivamente.

Tinha ficado empolgado com o retorno da Ferrari. Corriam para uma dobradinha alvissareira. De repente, a ordem da dobradinha era uma questão. Deram uma ordem para mudar a ordem. Diminuíram seu triunfo. Mas ninguém pode negar que a dobradinha foi uma dobradinha. Mas poderia ter sido uma bela conquista.

O campeonato ficou praticamente intacto. A corrida foi um marasmo: nada de chuva, nada de novo com os pneus. O jogo de equipe voltou para valer. Sem disfarce. A FIA não deve estar nada contente de novamente ser posta à prova. Todt com certeza não queria lidar com isto logo no primeiro ano de mandato.

Tecnicamente, a corrida mostrou algo interessante. A Ferrari parece ter dominado e integrado muito bem o EBD (exhaust-blown diffuser) e o BRW (blown rear wing). Levou três corridas para isto. Sua nova asa dianteira parece ter funcionado muito bem. Ao contrário do que todos supunham, foi a Ferrari e não a McLaren que entregou um carro tecnicamente equivalente às Red Bull. Talvez já seja tarde. E, à contra-gosto, a Ferrari pode continuar empurrando o título para a mão da McLaren. Como fez hoje.

Resta saber se a líder McLaren irá conseguir integrar EBD e BRW também em três finais de semana. Hungria já é agora. Vão ter de trabalhar muito. Quanto à Red Bull, esta vai brigar até o fim.

comentários
  1. Alex-Ctba disse:

    Muito bom Pires. Gostei do estilo crônica, para resumir a corrida. Vou então aos meus pitacos:

    “A Ferrari parece ter dominado e integrado muito bem o EBD (exhaust-blown diffuser) e o BRW (blown rear wing). Levou três corridas para isto. Sua nova asa dianteira parece ter funcionado muito bem.”

    Bem demais, tanto q Martin Whitmarsh ironizou, q ao analisarem as fotos das asas dianteiras da Ferrari e Red Bull, 25mm mais baixas do q as demais, e aceitas pela inspeção da FIA, não puderam ser explicadas por ele ou seus engºs, mas se estão legais, então a McLaren, vai providenciar as suas tb.

    “Ao contrário do que todos supunham, foi a Ferrari e não a McLaren que entregou um carro tecnicamente equivalente às Red Bull. Talvez já seja tarde. E, à contra-gosto, a Ferrari pode continuar empurrando o título para a mão da McLaren. Como fez hoje.”

    Talvez, mas eu não acho. Alonso agora a 34 pts do líder do campeonato Hamilton, e com 200 pts em jogo no wdc, com Massa q parece ter recuperado a forma, e como o fiel escudeiro do Asturiano, mostra q está na briga do título com toda certeza.

    • Alexandre Pires disse:

      Whitmarsh foi bem irônico. Gostei. Ele disse algo assim também: talvez não sejamos tão inteligentes (para entender o rígido que é flexível), o que não é muito corriqueiro. Alfinetou bem.

      Quanto ao campeonato, Alonso tem chance, sim. Você tem razão. Mas são menores do que os 34 pontos podem parecer.

      Eu penso assim: a McLaren está desde Valência correndo com um carro ora tecnicamente defasado ora inferior tecnicamente (parecido mais diferente). E mesmo assim não perdeu a liderança e a vice-liderança. Com mais um ou dois finais de semana devem melhorar um pouco.

      E um pouco atualmente pode ser água no chopp de Alonso. Que além de passar as McLaren teria de passar as RedBull. Ainda soa como algo megalomaníaco por parte do espanhol. Mas quase tudo pode acontecer.

      Para mim a briga ainda é entre Woking e Milton Keynes.

      PS: Obrigado. Bom saber que gostou. Mas ainda tenho de pegar o jeito.

      • Claudio CArdoso disse:

        Ola Alexandre.

        Parabens pela estreia.

        Vamos aos Pitacos.

        ——————————-
        “Eu penso assim: a McLaren está desde Valência correndo com um carro ora tecnicamente defasado ora inferior tecnicamente (parecido mais diferente). E mesmo assim não perdeu a liderança e a vice-liderança”

        A Liderança da Mclaren se deve mais aos monumentais erros da Redbull que a qualidade do carro da Mclaren. E alguns erros tb da Ferrari.

        ————————————–

        Outra coisa.

        Se a Ferrari e a Redbull se revezarem na ponta e a Mclaren ficar como terceira força o campeonato vai pro saco…. Sao 34 pontos, mas hj nao podemos esquecer que a pontuacao é muito mais alta que antes.

        Muito provavelmente Alonso nao vai dividir pontos com o Massa, ja a Redbull e a Mclaren irão ter briga de foice no escuro entre seus pilotos.

        O grande X da questao será:

        A Ferrari realmente tem carro para ir para frente, ou foi apenas efeito dessa pista ?

      • Alexandre Pires disse:

        Claudio,

        Obrigado!

        (Tinha respondido sua mensagem, mas acho que houve um erro.)

        Concordo com você. A Red Bull perdeu muito ponto. Lá no comment do Sirlan eu coloco a pontuação de largada das Red Bull. É algo realmente monumental.

        Acho que a Ferrari vai andar bem na fase européia. Depois, já não sei. Sabem tudo destes circuitos. Mas em virada eu não acredito. Só em acirramento.

        Abraços

  2. Dorfão disse:

    Bélissimo texto.

    “Resta saber se a líder McLaren irá conseguir integrar EBD e BRW também em três finais de semana. Hungria já é agora. Vão ter de trabalhar muito.”

    Acredito que Hungria ja está perdido para Mclaren, em 7 dias é muito pouco tempo para juntar tudo, despachar, receber tudo montar e ainda por cima evoluir….Lógico que o staff da equipe é muito grande, e os cabeças da engenharia talvez tenham tempo para analisar a telemetria. Mas dar o pulo do gato em tão pouco é muito difícil.

    Hungria será uma corrida disputa por RBR e Ferrari, se Massa largar melhor que ALonso e pular na frente novamente, já sabemos o que provavelmente irá ocorrer….
    Esse episódio de ontem pode ter estragado um belo campeonato o melhor e mais de 10 anos de F1.

    Abraço

    • Alexandre Pires disse:

      Valeu!

      Também acho que o tempo é muito curto. Especialmente porque desconfio que o problema não é só o EBD e sim a modificação do assoalho todo. Talvez seja necessário redesenhar algumas peças para que o equilíbrio anterior seja reestabelecido.

      Mas ainda tenho me surpreendido com este acaso que faz a McLaren ganhar mesmo quando perde. A concorrência tá dando mole.

      Os pilotos da McLaren são os que mais ponto ganharam entre a largada e a chegada. Button totaliza um ganho de 63 pontos e Hamilton, 34 pontos. Lideram neste quesito. Serão osso duro de roer.

      • Dorfão disse:

        Verdade Alexandre, é isso mesmo, a Mclaren figura atualmente como 3º força, mas em compensação em material humano está em 1º lugar, não há dúvidas sobre isso. Vettel volta e meia faz cagada, Webber as vezes some totalmente, Massa é aquilo lá e Alonso dos ponteiros é o que mais errou, sobra Hamilton e Button fazendo o que dá com o MP-25 nas mãos e sempre colhento bons pontinhos a cada corrida..

        Obrigado por responder. Abraço

  3. Allan Wiese disse:

    Belo texto Alexandre!

    Infelizmente os acontecimentos do final de semana não permitiram analisar a corrida no seu sentido mais puro (ou o que deveria ser): competição entre os pilotos e a força das equipes depois de mais uma etapa.
    A corrida foi bem meia boca mesmo. Uma largada meio emocionante, com cagada de Vettel de novo. Impressionante como agora nem saindo na frente ele ganha mais… Duas provas seguidas com péssimas largadas e o Sebastian mostrando que não quer ser campeão do mundo tão cedo. McLarens fazendo o possível com seus carros um pouco abaixo da grande expectativa criada. Mas pelo menos seus pilotos disseram que a peça tem potencial. E a nova asa dianteira pode acrescentar mais algo. O que preocupa é que o planejamento feito, de 0.15 a 0.25 ganhos por prova não está atingindo as expectativas e isso pode fazer falta no fim da temporada. Mas como o próprio Alexandre disse, a Ferrari pode estar ajudando Woking por entrar nessa briga um pouco tarde.
    E falando mais um pouco da Ferrari e sua priorização descarada: por ter feito isso dessa maneira e tão cedo no campeonato, ela pode perder não contar com o “segundo piloto” nos momentos decisivos de fim de temporada. Enquanto dois estão em condições de brigar pelo título, ambos estarão em busca da vitória o tempo todo. Mas se um deles é preterido tão cedo, sua motivação não será a mesma e ele pode não mais servir de escudo por não conseguir manter o mesmo ritmo dos ponteiros.

    • Alexandre Pires disse:

      Obrigado, Alan!

      Você fez um ótimo prognóstico do que pode vir a ser a atitude do Massa. Ontem foi um balde água fria pro brazuca. Talvez um tiro no pé dado pela Ferrari. Veremos.

      Mas há algum tempo tenho dito que Massa iria surpreender. Infelizmente ontem surpreendeu tanto positiva quanto negativamente. Mas ainda pode encontrar sua redenção nas próximas.

      • Rodrigo Kezen Leite disse:

        Não acredito que o Massa encontre a redenção na Ferrari.

        E vai ser difícil em qualquer outra equipe…

      • Allan Wiese disse:

        Rodrigo: concordo com você. É o mesmo caso do Rubens. Por mais que seja um bom piloto, sempre vai estar na memória dos contratantes que ele é uma boa opção quanto precisar de um segundo piloto. Não é o seu caso agora na Williams, mas ano passado mostrou isso mais uma vez. Ele mesmo se coloca nessa posição com suas atidudes.
        Só espero que o Massa não se torne um chorão e fique se fazendo de vítima no dia em que sair da Ferrari.

  4. Sirlan Pedrosa disse:

    Alexandre,

    Muito bom o texto.

    Pelas caracteristicas da pista e performance do carro acho que a Ferrari é a favorita para a Hungria.

    A Mclarem se perdeu um pouco mas já mostrou que consegue se recuperar.

    A questão é a Red Bull. A vantagem inicial está se esvaindo e muito dos pontos que essa vantagem propriciava foram desperdiçados. Vamos ver como reage a turma de Adrian Newey.

    O que pode mudar tudo é a decisão do conselho mundial sobre a VERGONHOSA ultrapassagem de Alonso sobre Massa. Na hipótese (que particulamente não acredito) de uma punição com perdas dos pontos na corrida, Vettel, Webber, Button e Hamilton abririam ainda mais e mesmo com um carro mais forte ficaria muito difícil para Alonso.

    Hoje com 34 pontos de desvantagem (cerca de 16 pontos na contagem antiga) ele tem boas chances.

    A questão é : Ele e a Ferrari merecem ???

    Um abraço,

    Sirlan Pedrosa

    • Allan Wiese disse:

      Já vimos muito não merecedores ganharem.
      Mas pelo bem desse campeonato, como disse o Dorfão, ela não deveria ganhá-lo não.

      Fico imaginando o que se passa na cabeça de Jean Todt nesse exato momento. Por um lado ele deve estar rindo da falta de habilidade em fazer o serviço por parte de Domenicalli. Claro, o episódio mais conhecido protagonizado por Todt era em uma época em que isso era “permitido”. Mas com muito provavelmente ele fez isso em outras ocasiões com muito talento, hehehe.
      E por outro lado ele deve estar numa bela fria. Se ele quiser realmente mudar a maneira como a FIA gere os seus campeonatos, então a punição deve ser aplicada. E o mínimo, como já comentado por aqui pelos amigos, seria uma punição aplicada em caso de “recaída”. Mas o correto seria a anulação dos pontos desse GP, o que, infelizmente, acho pouco provável ocorrer.

    • Alexandre Pires disse:

      Obrigado, Sirlan.

      O desperdício das RedBull foi tamanho que a pontuação de largada deles está em 231 pontos para Vettel e 198 pontos para Webber. Logo, 429 pontos para Red Bull. Já a pontuação de chegada todo mundo já conhece. Deve ser um desespero ver este dado lá por Milton Keynes.
      Só pra comparar, a McLaren somada chega a 203 pontos e a Ferrari, a 208 pontos. Ou seja, nem somando as pontuações de largada de quatro pilotos a Red Bull é ultrapassada em pontuação de largadas. Já nas largadas propriamente ditas, a história é outra…

      Esportivamente, Alonso deveria estar a 41 pontos de Hamilton e Massa em sétimo no WDC, a um ponto de Rosberg, o sexto colocado. Mas acho que o conselho não punirá exemplarmente a equipe. Ainda mais porque a dobradinha foi legítima. A ordem não. E mais difícil que excluir Massa e Alonso do GP alemão, seria as posições antes do incidente serem restabelecidas. Quero muito ver no que vai dar, mesmo que seja pizza.

    • Rodrigo Pedrosa disse:

      Acho que a unica chance da Ferrari e Alonso e correr para ganhar todas as corridas com dobradinha Alonso Rubin.. quer dizer Massa.

      Seguindo esta linha, terminaria assim:

      Alonso 323 (vencendo todas, contando com a ajuda de Massa, 2º em todas)
      Hamilton 277 (chegando em terceiro em todas)

      Engraçado caso acontecesse o mesmo, com Alonso ajudando Massa, adivinha quem seria campeão:

      Massa 285
      Alonso 283
      Hamilton 277

      Isso quer dizer que se Massa vencesse todas as provas Alonso terminaria na frente de Hamilton, atual lider.

      Na minha visão isso comprova que não tinha motivo para jogo de equipe.

      Mas como falei antes, Massa fez sua escolha, preferiu ser Rubinho…

    • Alex-Ctba disse:

      “Pelas caracteristicas da pista e performance do carro acho que a Ferrari é a favorita para a Hungria.”

      Tb acho Sirlan e por incrível q pareça, Massa tem boas chances de vencer essa corrida, claro, se o Alonso não estiver imediatamente atrás. Pq a Bridgestone, vai levar novamente os pneus super-macios, os quais o Massa tem boa performance, junto com os médios. Hungria. geralmente é um calor infernal. Se ele achar uma volta perfeita, e cravar a pole, as chances são boas, já q lá, ninguém ultrapassa ninguém. Só com falcatrua, ihhh…

      “Hoje com 34 pontos de desvantagem (cerca de 16 pontos na contagem antiga) ele tem boas chances.

      A questão é : Ele e a Ferrari merecem ???”

      Confesso q estou dividido com essa questão. Pelo bem do esporte, seria melhor q times como a McLaren e Red Bull, q ainda não definiram explicitamente o primeiro piloto, vencessem o campeonato. Teve o caso “low fuel” da McLaren na Turquia e o episódio da Asa da Red Bull em Silverstone, mas nada muito escancarado ainda. Se a Ferrari vence, vão mostrar q os fins justificaram os meios e quem perde é o esporte

      • Sirlan Pedrosa disse:

        Alex,

        Uma coisa é a equipe administrar os pilotos na pista para não correr o risco de um acidente tirar os dois da corrida, como fez a Mclarem na Turquia.

        A própria Ferrari parece que pediu que o Alonso tivesse “calma” no confronto com Massa, quando o espanhol soltou o já clássico “isso é estúpido”.

        Também podemos questionar se foi justo dar a asa a Vettel e não ao Webber, mas não há nada anti esportivo aí. Só havia uma asa e a equipe escolheu quem usaria. Webber tinha a disposição um bom carro, tanto que venceu.

        Ontem não, a Ferrari “mandou” Felipe Massa abrir para Alonso passar numa corrida de meio de temporada, numa clara falta de respeito aos torcedores.

        E ainda fica se fazendo de inocente nas declarações. Não acho que mereçam o título não.

        Eu acompanho esse negócio a muito tempo e com muita paixão, me senti desrespeitado.

        O Mike Vleck do ótimo formulauk falou em estupro dos torcedores….eu acho que não chegou a tanto….risos

        Um abraço,

        Sirlan Pedrosa

      • Vitor, o de Recife disse:

        Em questões de merecimento, fico com a McLaren, o time mais eficiente da temporada, em todos os aspectos.

      • Anselmo Coyote disse:

        “q times como a McLaren e Red Bull, q ainda não definiram explicitamente o primeiro piloto, vencessem o campeonato”

        O quê…..????????????
        O Webber tá bebendo a latinha de energético azedo que o diabo amassou, rapaz. O alemãozinho arrogante e burro é a prima-dona daquele bordel e ninguém tasca.

        Abs.

  5. Rodrigo Pedrosa disse:

    Cansei de falar do GP da Alemanha, fora a “jogada de equipe” da Ferrari, foi uma corrida chata, agora parece que a Ferreri realmente entrou na briga, durante os treinos brigou pelas primeiras posições, e fez uma corrida tranquila sem ser ameaçada em momento algum.

    a nivel de informação:

    Primeira convocação da Seleção do Mano:

    GOLEIROS
    Víctor (Grêmio)
    Jefferson (Botafogo)
    Renan (Avaí)

    LATERAIS
    Marcelo (Real Madrid-ESP)
    André Santos (Fernerbahce-TUR)
    Daniel Alves (Barcelona-ESP)
    Rafael (Manchester United-ING)

    ZAGUEIROS
    David Luiz (Benfica-POR)
    Henrique (Racing-ESP)
    Rever (Atlético-MG)
    Thiago Silva (Milan-ITA)

    VOLANTES
    Sandro (Internacional)
    Hernanes (São Paulo)
    Jucilei (Corinthians)
    Lucas (Liverpool-ING)
    Ramires (Benfica-POR)

    MEIAS
    Ederson (Lyon)
    Paulo Henrique Ganso (Santos)
    Carlos Eduardo (Hoffenhein)

    ATACANTES
    Alexandre Pato (Milan-ITA)
    André (Santos)
    Tardeli (Atlético-MG)
    Robinho (Santos)
    Neymar (Santos)

  6. Sirlan Pedrosa disse:

    Rodrigo,

    Sabe o que eu estranhei ?

    A ausência de Júlio César e Maicon.

    O que houve ? Foi opção mesmo ?

    No lugar de Júlio César não seria Magrão do Sport ? E Ciro não é muito melhor que Neymar ? risos

    Sirlan Pedrosa

    • Rodrigo Pedrosa disse:

      Julio Cesar e Maicon ainda estão de férias, eles jogaram final da champions aí o Inter deu mais tempo a eles.

      Magrão é bem melhor que Jeferson e Renan.

      E Ciro, caso seja negociado com o Palmeiras, logo logo vai estar na Seleção.

      • Will disse:

        Calma Rodrigo…Magrão é melhor que Jefferson?

        Você deve analisar o momento e a repercussão de convocar um goleiro da 2ª divisão para a seleção!

        ps.: tb sou Leão da Ilha!

  7. Ron Groo disse:

    Esta corrida abalou profundamente minha fé na honestidade do negócio.
    Lógico que sei que não existem virgens no puteiro, que todo mundo lá é pilantra.
    Mas quando a pilantragem ultrapassa o limite da cara de pau é sinal de que ou algo está errado lá ou conosco.
    Viramos palhaços mais uma vez e nas mãos dos mesmos crápulas.
    E o pior, a multa em dinheiro foi uma piada. Dinheiro de pinga para uma empresa que vende carros de um milhão.
    E quando o assunto chegar ao Conselho Mundial eles dirão: “-Ai ai ai, ferrari feia, não faz mais isto se não… Ó!”

  8. Alexandre Pires disse:

    Sem a exclusÃo das Ferrari, a diferença entre as McLaren e as RedBull fica assim:

    HAM – BUT = 14 pts
    HAM – WEB = 21 pts
    HAM – VET = 21 pts

    Com a improvável exclusão das Ferrari, ficaria assim:

    HAM – BUT = 15 pts
    HAM – VET = 17 pts
    HAM – WEB = 23 pts

    A RedBull talvez tenha algum interesse nisto. Vettel sem dúvida deve estar com os dedos cruzados. Webber deve preferir que tudo fique como está.

    Do lado da McLaren, ninguém está interessado. Seriam os maiores prejudicados. Tanto nas vantagens de pontuação quanto em número de vitórias. As RedBull teriam três vitórias cada.

    Não adianta esperar muito empenho das adversárias para que a Ferrari seja punida.

    • Allan Wiese disse:

      Interessante esse ponto de vista Alexandre. Está cada vez mais pouco provável que a Ferrari vá ser punida em Setembro. Será que não rola uma retirada dos pontos do WCC conquistados na etapa? Foi o que fizeram com a McLaren em 2007…

      • Jackson disse:

        Allan, Retirada dos pontos do WCC é muito rigido, mas tirar todos os pontos conquistados com essa fraucatua… seria de ótimo tamanho, já que a Ferrari não terá uma chance dessa nem tão cedo… a McLaren em 2007 foi muito pior… espionagem, nem se compara… mas eu adoraria ver na sexta-feira pré GP DA ITÁLIA, A FIA tirar os pontinhos da Ferrari..kkkk

      • Allan Wiese disse:

        Não falo de todos os pontos do WCC, mas dos pontos do WCC conquistados nessa etapa.
        É como a Mari falou aqui em baixo: a Ferrari não pode ficar impune.

    • Mari Espada disse:

      Acho correto uma punição desse tipo!

      Principalmente porque sobram pontinhos para o Hamilton!!!
      Hehehe, brincadeira!

      A Ferrari precisa sentir o impacto de uma atitude errada!
      E aposto que eles nem sentiram os 100 mil a menos na conta… a FIA tem que puní-la com a retirada de pontos!

      • Anselmo Coyote disse:

        Touché!… rssrs! 24 horas por dia e 7 dias por semana… hehehe!

  9. Já li e re-li os textos do Alexandre mandados antes dessa última revisão feita por ele e posso afirmar que foi uma grande “aquisição” para a equipe do Ultrapassagem.

    Pena que ele revisou o texto para ficar menor, mas o anterior ficou muito bom também com uns pedaços mais pessoais e tocantes.

    Parabéns e bem vindo ao time.

    Amanhã é a vez o do Allan Wiese fazer um balanço sobre a Red Bull.

  10. Vitor, o de Recife disse:

    Acabei de ler um dos melhores comentários sobre a repercussão dos fãs brasileiro sem relação ao Massa: Flávio Gomes. Sim, aquele mala, que é um bom jornalista, quando não cai na polêmica fácil. O problema é que isso vem sendo cada vez mais constante…

    Mas, enfim, o que vale é o post em questão.

    http://colunistas.ig.com.br/flaviogomes/2010/07/26/muito-alem-do-contrato/

    • Já pensou Vitor o quanto o Felipe Massa vai ser hostilizado no GP Brasil!

      O termômetro disso são o número de pessoas que andam indignadas por aí e falando que não torcem mais para ele. Sem contar que não vão deixar de tirar uma casquinha dele, para mostrar que ele deve respeito ao torcedores e não só a Ferrari.

      O que maravilha é a internet, logo, logo vocês verão comunidades se formando para sacanear e execrar o que ele fez, assim ele sentirá mais rápido a bobagem que ele aceitou fazer pela equipe dele.

      Vamos ver o desenrolar da história já agora em Hungaroring, onde os brasileiros no autódromo vão se manifestar.

      • Sirlan Pedrosa disse:

        Claudemir,

        O mal que ele fez a si próprio vai ser mensurado nessas manifestações dos torcedores, porém o mal que ele fez com sua atitude passiva e covarde aos jovens pilotos que se espelhavam nele, esse só vamos sentir daqui a alguns anos.

        Felipe Massa tem 29 ano, logo faz parte da geração que AINDA teve influência de Ayrton Senna. Ele faz parte de uma geração de jovens pilotos que tinham um ídolo em quem se inspirar. O que Barrichello fez em 2002 teve pouco impacto sobre eles porque a presença vencedora de Ayrton Senna ainda era muito forte.

        Hoje o automobilismo brasileiro já não pode mais viver do legado de Senna, porque para os jovens nascidos nos anos 90 e 2000 já não viveram nada do grande tricampeão.

        Para eles Senna é uma lenda, mas algo muito distante e vago para servir de modelo e inspiração.

        Esses jovens tinham em Felipe Massa alguém em quem se espelhar, e até então ele tinha sido capaz de justificar essa posição. Longe de ser um herói da dimensão de Senna estava conquistando seu espaço e servindo de norte para muitos pilotos da nova geração, inclusive lançando uma categoria escola.

        Com a atitude covarde de domingo ele fez um mal absurdo e difícil de calcular a curto prazo na cabeça e nos corações desses jovens pilotos.

        Podemos até nos identificar em alguns momentos com um perdedor, como aconteceu com Massa em 2008, mas não vejo como se identificar com um covarde.

        Palavras fortes para indignação forte.

        Um abraço,

        Sirlan Pedrosa

      • Mari Espada disse:

        Bela avaliação dos impactos deste caso, Sirlan!
        Se o Massa não inspira mais seus próprios fãs, imagina só se ele poderá inspirar os novos pilotos…
        Isso não é nada bom!

    • Anselmo Coyote disse:

      Concordo plenamente, Vítor.

      O cara sabe escrever com graciosidade, muitas vezes tem opiniões muito legais e umas sacadas geniais. Mas tem quatro calcanhares de Aquiles e muitas vezes é um mala sem alça.

      Mas, no balanço geral parece-me um sujeito confiável, honesto e do bem.

      Abs.

  11. Andy disse:

    Pelo menos essa história toda de piloto “trabalhando” para o time deveria servir de alerta para a FIA frente aos anseios do Montezemolo de ter 3 carros por equipe. Um empregado do mês já é duro de engolir, o que dizer de dois.

  12. Pedro Pedrosa disse:

    Pessoal, Essa entrevista é recente, gostei desses repórteres. rsrsrsrs

    ”Geralmente com declarações sem graça, a entrevista coletiva com os três primeiros colocados da prova do último domingo acabou virando um bate-boca entre Fernando Alonso e alguns jornalistas.

    “Onde esta vitória se encaixa em sua carreira? Ao lado da de Cingapura-2008?”, questionou um repórter, em referência ao episódio em que Nelsinho Piquet, hoje afastado da F-1, bateu seu carro de propósito para dar o triunfo a Alonso, então seu colega na Renault.

    Totalmente desconcertado, o espanhol respondeu que havia sido um bom resultado de sua equipe e que a Ferrari havia sido superior em todo o fim de semana.

    Outro repórter classificou as palavras de Alonso como um “conto de fadas”. “Tentamos fazer a prova o melhor que podíamos. Damos nosso melhor na pista, na fábrica”, rebateu o bicampeão.

    Ao ser questionado sobre o que diria a quem o acusar de ganhar o campeonato de maneira suja, se vencer, Alonso mais uma vez desconversou. “O Mundial tem 19 corridas e às vezes ganhamos muitos pontos, outras vezes, não”.

    “A verdade é que você não conseguiu ganhar do Felipe na pista e teve que pedir ao time para fazer o trabalho por você, não?”, indagou outro repórter. “Essa é sua opinião”. “Estou perguntando a sua opinião. Ele teve que te dar esta vitória, não teve, Fernando?”, continuou, para ouvir duas vezes do campeão da F-1 um “não”.”

    http://esporte.uol.com.br/f1/ultimas-noticias/2010/07/26/apos-polemica-jornalistas-batem-boca-em-coletiva-com-alonso.jhtm

    • Pedro Pedrosa disse:

      Ah… e a propósito… belo texto Alexandre… realçou o que aconteceu na corrida exatamente. Parabéns !!!

  13. Mari Espada disse:

    Que orgulho desse integrante do trio do ABC! Que orgulho!!!
    Lindo texto, Alexandre… é a corrida em forma de poema!
    A-DO-REI!!!!!

    E o trecho que mais gostei, na verdade, nada tem a ver com a discussão principal.
    Mas você traduziu em palavras um sentimento que eu tinha há muito tempo, desde a estréia no Barein: “Para Hispania, Lotus e Virgin, a Fórmula 1 é uma competição de resistência”
    Resistência! E não velocidade! Isso não é F1!!!

    Enfim, vou tentar me focar no tema. Mas como conseguir isso sem ser “tiete” demais???
    Hum… esse é um trabalho impossível para mim… então vou ficar quieta por enquanto!

    Beijos, até!

  14. Mari Espada disse:

    Não, pára tudo!

    É real que a FIA vai ter coragem de esperar 2 GPs para fazer um mísero conselho?
    Passa Hungria, passa Bélgica e só lááá perto do GP da Itália que eles vão resgatar o assunto?
    Porque esperar tanto???
    Ah claro, eles tem que avaliar direitinho para punir “mas sem prejudicar” a tão importante Ferrari…

    Tudo isso é muito vergonhoso para o esporte!

    Gente, quando aconteceu com o Barrica e o Schummy em 2002, não existiam regras proibindo as jogadas de equipe.
    Mas agora isso é ilegal!!! Não dá pra ficar esperando sentado!

    Só sei que eu concordo plenamente com o Nick Fry: “O show é o que gera fãs, os fãs geram patrocinadores, e os patrocinadores nos permitem dirigir as equipes. Então, eles são nossos clientes, e temos que fazer um bom show ”

    Portanto, que a FIA tome logo as suas providências para que esse show possa continuar!

    • Alex-Ctba disse:

      Sorry Mari, ficou preso no spam, não sei por qual motivo, já q o Akismet está desabilitado. Tinham três comentários com o mesmo conteúdo, então eu liberei esse aí acima e deletei os outros dois.

    • wilson disse:

      deus do céu!!!
      Inquisição católica na idade média começou assim também, e sabemos no que deu.
      Massa é empregado da Ferrari, assim como engenheiros, mêcanicos, etc…
      O cara só cumpriu ordens seu empregador.
      Será que essa raiva e frustração não advém de saberem assim agora textualmente que o corredor que torciam (massa) não passa de segundo piloto na equipe atualmente, não mais proporcionando a possibilidade de se estar ao lado dele torcendo, acreditando em vitórias, títulos? acho que freud explica isso.

      Lá pelos lados da Itália, Espanha não tá esse salseiro não.
      Vida continua. Inclusive o administrador mór da F1, O tio bernie eclestone defendeu a posição do Luca de montezemolo da ferrari quanto a ordem de equipe (leia site tazio)
      Se ele acha isso e ele sabidamente decide os bastidores da f1 não vai acontecer nada de mais não. Quem ficar aguardando algo de grandioso contra ferrari é bom então nem acompanhar mais f1 pois vai ficar descontente e frustrado.
      Então para não ficar frustrado é bom não alimentar grandes idéias. O que vier é lucro.

      E falando de F1, mclarianos, será que com nova asa dianteira igual ferrari e redbull, ela vai ser uma equipe já lá frente em classificação e corrida?

  15. Mari Espada disse:

    Estranho… eu escrevi um comment que não apareceu!
    Será que estou sonhando?

    Enfim, eu só estava dizendo que achei muuuuito tempo esperar até setembro para ter-se uma punição à Ferrari. Se é que haverá punição!
    Isso tudo é muito vergonhoso para o esporte, sabe…

    Só sei que eu li uma frase do Nick Fry, que eu concordo plenamente: “O show é o que gera fãs, os fãs geram patrocinadores, e os patrocinadores nos permitem dirigir as equipes. Então, os fãs são nossos clientes, e temos que fazer um bom show para eles. ”

    Portanto, que a FIA tome logo as suas providências para que esse show possa continuar!

    • Anselmo Coyote disse:

      Touché!
      Muita calma nessa hora, Mari.
      Eles tem que esperar a repercu$$ão do imbroglio pra decidir.
      Abs.

      • Allan Wiese disse:

        Coyote: respondi (ou tentei) à sua provocação no post das ‘rapidinhas’…

      • Anselmo Coyote disse:

        Allan,

        Eu vi sua resposta. Concordo com algumas coisas e a respeito.
        Saindo daquela polêmica, destaquei uma coisa que vc disse.

        “Nelsinho não tinha muitos fãs. Os fãs de seu pai o apoiavam, mas sabiam que o caminho para que esse chegasse perto do que fez seu progenitor seria longo e duro, com pouca probabilidade de obter sucesso.”

        Os fãs do Nelsinho queriam apenas que ele fosse tratado com a dignidade que qualquer pessoa precisa para desenvolver um trabalho, ainda que de gari, que seria analisado durante o seu curso e posteriormente.

        Se ele não desse à equipe o feed-back compatível com as condições que teve, então que fosse dispensado. Isso seria normal. É assim a vida e assim o foi com inúmeros pilotos.

        Mas não foi o que ocorreu. Promoveram uma palhaçada.

        Quanto à comparação dele com o pai, eu também sempre achei incabível. Aliás, para mim o Nelsão é o melhor piloto que já passou pela F1.

        Mas o Nelsinho é muitíssimo melhor do que a maioria dos pilotos que estão no grid no miolo e na rabeira. Basta dar uma pesquisada no currículo dele.

        Mas isso tudo é passado. Um passado que só me voltou à memória porque lembrei do Massa fazendo mise-én-scene para as câmeras quando encontrou com o Nelsinho no kartódromo e pelas vezes que ele disse que não participaria de uma manipulação etc.

        É melhor esquecer. O tempo – o único senhor da razão – já cuidou do Massa!

        Abs.

      • Alex-Ctba disse:

        “Mas o Nelsinho é muitíssimo melhor do que a maioria dos pilotos que estão no grid no miolo e na rabeira. Basta dar uma pesquisada no currículo dele.”

        Concordo Coyote, tanto em velocidade, basta ver o qto ele tomava do Alonso com equipamento inferior, qto. em carisma, já q o sobrenome Piquet fala por si só. Tem a idade, para preencher a lacuna q vai existir até novos brazucas chegarem na F1. Precisava ter um nova oportunidade. Mas o estrago do CrashGate, pode ter fechado as portas para equipes mais tradicionais, como Ferrari, McLaren e Williams.

      • Anselmo Coyote disse:

        Alex,

        Certos estragos são para a vida toda. Certas decisões também.
        Nelsinho e Kimi, por motivos diametralmente opostos, jamais voltarão à F1 dentro das CNPQ.

        O importante é que encontrem paz e felicidade em outras paragens, pois na F1 um não quer e o outro não pode. O Rubinho e o Massa continuam lá, mas como mortos-vivos, com mais gravidade para este, dado ao ‘calor’ do momento.

        Abs.

  16. Rodrigo Kezen Leite disse:

    Alguém ai sabe quantos motores cada equipe (McLaren, Red Bull, Ferrari “Mafia” Santander) já usou???

  17. Cristiano disse:

    Olá!

    Tenho uma proposta para seu blog que acredito ser relevante para você.

    Caso haja interesse, entre em contato!

    Atenciosamente,
    Cristiano

  18. Jackson disse:

    Ótima colocação da emissora global hoje… “O EMPREGADO DO MÊS: FELIPE MASSA”… a Globo hoje no jornal da noite, praticamente hostilizou com o narrador da corrida de ontem junto do Reginaldo Leme… Parece que a Globo não vai acalorar Massa pela sua atitude como fez com Barrichello, em 2002 Barrichello era vitima da equipe do Schumacher, ontem, na corrida nada mais nada menos que Emilio Bontim presidente do SANTANDER estava nos Boxes do Alonso assistindo… e quando o Sonso fez a ultrapassagem, o mesmo deu um “soquinho” em um mecanico… ai tem muita coisa por tras disso tudo… qdo a Ferrari diz, INTERESSES DA EQUIPE, isso se resume em US$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$…. parece que a Marlboro encerra o contrato no final deste ano, adivinha quem vai ser o Title Sponsor?????

  19. Vitor, o de Recife disse:

    Olá!

    Tenho uma proposta para seu blog que acredito ser relevante para vocês.
    Só não é dinheiro…. HAHAHAHA!!!

    Sério, mandem um e-mail.

  20. Will disse:

    Alexandre!

    Melhor post que li nos últimos tempos!!!

    Valeu pelo texto!!

  21. Leandro Magno disse:

    A tal asa flexível:

    Compare:

    • Allan Wiese disse:

      Leandro: a própria parte central da asa da Red Bull é mais baixa do que a da McLaren. Se existe uma altura mínima, então a parte flexível está no suporte da asa e não apenas na asa em si…

      • Claudio Cardoso disse:

        Grande Allan.

        A Mclaren tb reclamou dessa asa. Nao sei se eu entendi certo, mas a minha interpretacao é que eles nao estao reclamando da altura da asa em sim. A grande questao é que a asa ela pode ser regulada durante a corrida e ter 2 ajustes pre definidos, onde do ajuste A para o B tem um angulo maximo. A reclamacao esta justamente que por ser flexivel nas retas esse angulo A para B fica acima do permitido.

        Eu entendi isso, se alguem ai tem algo mais detalhado, sinta-se a vontade para corrigir.

      • Não são os elementos da asa a questão da discórdia.

        É a altura em relação ao solo.

        Compare as duas imagens e verá que a Red Bull está mais próxima o solo, assim como a da Ferrari.

        Eu olhei muitas fotos durante esse fim de semana para saber se havia novos elementos nas asas dessa duas equipes, mas não há, há apenas essa noca distância.

      • wilson disse:

        mas foi aprovada pela FIA.
        Então mclaren copia, usa em seus carros e vamos ver no que pode dar de beneficios a mclaren e seus pilotos.

    • Alexandre Pires disse:

      São duas categorias diferentes de fórmulas!
      Uma diferença visível destas ou fere o regulamento técnico ou mostra uma mclaren estúpida.
      À maneira de Whitmarsh, a última não é corriqueira, então, fico com a primeira.

      Na verdade, é que o bico da RedBull é flexível. :)
      E só olharam a asa, esta é rígida mesmo. :)
      Newey é um gênio. :p

      • Claudio Cardoso disse:

        A asa da Ferrari tb faz a mesma coisa. No caso so colocaram ai a foto da RedBull, mas a reclamacao foram em cima das duas equipes

      • Allan Wiese disse:

        Newey é, de fato, um gênio!

      • Alexandre Pires disse:

        Aldo Costa também é gênio! :p

        Estes bicos flexíveis com asas rígidas. Feito fantástico.

        Um comissário da FIA deveria ter sentado no bico e visto se era mole. :)

        Cada coisa que acontece nesta Fórmula 1!

        Um coisa é certa, ninguém precisou levar uma régua pra medir nada. Tava fácil de ver que estava baixa a asa.

        Só que como reclamaram à FIA dizendo que Ferrari e RedBull tinham asas flexíveis, os comissários torceram as duas e viram que eram rígidas. E tudo resolvido.

        E a altura? Ah, ninguém reclamou disto. Façam outra reclamação porque pra Alemanha tá tudo certo!

      • Mari Espada disse:

        Nossa, mas que trapaça engenhosa essa, hein.
        Um bico flexível? Parece piada!

        Eu estou realmente impressionada com a comparação das fotos…
        A asa da RBR é visivelmente mais baixa! Estou chocada!

        E que história é essa de sentar no bico? Coisa estranha, hein… Hehehe.

        Beijos, até!

      • Só rindo mesmo, né, Mari?

        A minha piada eu já fiz com a história.

        Até o chefe da McLaren fez também.

        Que não pode não pode mas ali pôde.

        Todo mundo sabe que é uma pequena trapaça. Agora vão correr atrás.

        Li por aí que a asa dianteira da Red Bull já tinha criado bochicho lá em Silverstone. Aí a Ferrari trouxe também sua versão pra Hockenheim. Mais burburinho. Até que veio uma reclamação.

        Ainda acho que os comissários da FIA deveriam sentar no bico pra ver se é ali que é flexível então, já que a asa não é. :p

        Olhem este vídeo e me digam se as pontas da asa não mexe conforme o carro acelera:

  22. Alexandre Pires disse:

    Claudemir, Pedro, Mari e Will,

    Fico muito feliz por terem gostado do post. Vocês são muito gentis. Valeu! Isto é um baita incentivo.

    Ontem não deu pra continuar nossa conversa tecla-a-tecla. Excelentes comments. A próxima eu não perco.

    • Will disse:

      Sério mesmo Alexandre, sou um leitor voraz e alguns estilos de narrativa me são viciantes.

      Estou lendo a série ‘Crônicas Saxônicas’ (Bernard Cornwell) – recomento fortemente para quem goste de filmes e livros épicos – e achei engraçado encontrar no seu texto elementos parecidos, que descrevem a ‘batalha das pistas’ como uma verdadeira ‘skjaldborg’.

      Realmente gostei muito do texto e do tratamento da imagem que o ilustra.

      Parabéns!

      • Alexandre Pires disse:

        As imagens foram diagramadas e escolhidas pelo Claudemir. O crédito é todo dele.

        Quanto ao texto, novamente obrigado. Fico embevecido com um elogio tão circunstanciado.

        E com certeza isto é um baita estímulo para o ultrapassagem, que tem apostado nesta diversidade de estilos e abordagens sobre a Fórmula 1.

    • Mari Espada disse:

      E por falar em acompanhar os comentários “tecla a tecla”…
      Este blog me pegou de jeito! Eu não páro de pensar no Ultrapassagem e no que vocês devem estar escrevendo.
      Queria ficar online fulltime!

      Mas apesar dos meus comentários durante a semana estarem restritos ao horário de almoço e período noturno, no final de semana eu compenso o atraso, principalmente se for fim de semana de corrida!

      O Ultrapassagem é mais um motivo pelo qual vou contar os dias para chegar o fim de semana!!!

      • Sirlan Pedrosa disse:

        Mari,

        Aproveita e prepara um texto para publicarmos.

        Eu poderia sugerir como tema o “como se sente uma mulher apaixonada por um esporte tão predominantemente masculino”.

        Mas você pode falar de outra coisa, da Mclarem, do Hamilton…fica à vontade…

        Prepara um texto e manda para o Claudemir que ele programa a publicação.

        Um abraço,

        Sirlan Pedrosa

      • Mari Espada disse:

        Que honra! Obrigada pelo convite!
        Vou pensar em algo e desenvolver o tema… vamos ver se sai alguma coisa que preste!
        Depois mando notícias dessa tentativa.

        Beijos, até!

  23. Alex-Ctba disse:

    Quase td já foi dito, sobre a marmelada de Hockenreim, já condenamos o Massa, Alonso e principalmente a Ferrari, alguns mais exaltados já disseram q não assistirão mais F1 e foi evocado os casos passados da Scuderia, entre eles o da Austria em 2002, Brasil 2007 e China 2008.

    A única diferença entre estes três casos anteriores para o do GP da Alemanha é q, em todos eles, os pilotos q lideravam a corrida e tiveram q abrir para o companheiro mais bem colocado no wdc ultrapassar, eram bem mais rápidos do q o companheiro. Senão vejamos:

    Barrichello era impressionantemente mais rápido do q Schumacher naquele GP e deixou para tirar o pé na última volta, para explicitar a marmelada e jogar no ventilador a sua indignação;

    Massa era bem mais rápido do q o Kimi em Interlagos/2007, e diminuiu consideravelmente o ritmo para fazer a troca de posições nos pits, tanto q simulou uma escapada em um ponto da pista onde ninguem erra, para perder mais tempo antes da parada;

    Kimi era muito mais veloz do q Massa naquele GP da China, e praticamente estacionou o carro, para o Massa obter mais 2 pts e se manter vivo na disputa contra Hamilton;

    Na Alemnha porém, Alonso era mais rápido do q o Massa, depois da troca para os pneus duros e ficou irritadíssimo com a atitude da equipe, q ele classificou de ridícula, q não permitiu ele atacar Massa na pista.

    Não sabemos se ele ultrapassaria, mas ele queria ao menos ter a chance de tentar, por isso a irritação no rádio. O q revoltou todos com o episódio, é q a Ferrari alijou a possibilidade de disputa na pista, temendo um toque e a perda de pontos preciosos, como fizeram os pilotos da Red Bull na Turquia.

    A revolta dos brasileiro é maior, pq a atitude subserviente do Massa, mostrou q, a oito etapas do fim da temporada, ele praticamente abdicou da luta pelo título e mostrou q já vai trabalhar para Alonso ser campeão, algo q todos duvidavam q Felipe fosse capaz de fazer tão precocemente na temporada, em q ele tinha chances matemáticas de vencer.

    Se Massa vencesse, passaria para sétimo, com 92, e Alonso se manteria em quinto, com 116. A diferença de Alonso para Hamilton seria de 41 pontos e não 34, como agora, porém no duelo interno, q interessa muito aos brasileiros, pois Alonso tem um índice de rejeição muito forte em terras tupiniquins, Massa ficaria a apenas 24 pts do Asturiano, menos do q uma vitória e teria todas as condições de vencer essa batalha, já q Alonso vem cometendo muito erros nessa temporada e largando mal, ao contrário do brasileiro q vem fazendo, salvo exceções, largadas primorosas.

    Fernando”seu passado lhe condena”Alonso, já tem uma imagem Dickvigaristiana para nós, mas pergunto. Ele questionar se Massa perdeu uma marcha ao final da corrida não poderia ser verdade? Pq ele ficou revoltado pq a equipe mandou ele não tentar a ultrapassagem e na volta 49 ele conseguiu de forma fácil. Não poderia a equipe ter esses “códigos” combinados apenas com o Massa e poupar a estrela da casa disso?

    Agora cheguei o ponto onde eu queria, q era fazer o Advogado do Diabo e defender o lado dos apoiadores do Alonso: Será q a Ferrari está tão errada assim ? Eu já tenho a minha resposta e deixei bem claro, nos meus comentários anteriores. Para mim SIM, pois a McLaren nos tempos de Senna e Prost – Williams nos tempos de Piquet e Mansell, etc sempre deixaram os pilotos se degladiarem nas pistas, em respeito aos fãs, ao esporte mas sobretudo, por falta de controle sobre esses pilotos, q sequer pensariam na hipótese de fazer jogos de equipe, tão escancarados como o iniciado lá em 2002 pelo atual presidente da FIA e q se tornou uma prática recorrente da Ferrari.

    Mas, volto a perguntar, a Ferrari não tem o direito de fazer o jogo de equipe em prol do seu piloto, mais bem colocado no campeonato e q foi contratado justamente para ser o seu “title contender” ?

    • Allan Wiese disse:

      Alex, seu argumento é interessante.
      Mas penso que o GP que pode ser comparado com maior acertividade a este, em contexto de acontecimento, é o da Áustria, 2002. Interlagos 2007 e China 2008 eram última e penúltima provas de campeonato, respectivamente, e o piloto que estava na frente não tinha mais chances matemáticas de título. Nesses casos o jogo de equipe, que é planejado com antecedência, é válido e ninguém faz escarcéu. Pode revoltar a alguns, mas entende-se que os motivos são mais do que justos e qualquer equipe – e mesmo qualquer piloto – faria isso.
      Mas Áustria 2002 e Alemanha 2010 aconteceram em situações diferentes. A temporada ainda está no meio e ambos os pilotos ainda tem chances matemáticas de título. A preocupação em manter a dobradinha deve existir, claro, mas por que não deixar que dois pilotos de alto nível disputem a posição na pista? E, com um carro que está mais forte, Alonso teria plenas condições de tirar os 7 pontos que marcaria a menos nessa etapa caso não conseguisse ultrapassar Massa.

      • Alex-Ctba disse:

        A preocupação em manter a dobradinha deve existir, claro, mas por que não deixar que dois pilotos de alto nível disputem a posição na pista?

        Por causa do q todos viram com o q aconteceu com a Red Bull e a Ferrari não está em condições de correr o menor risco, visto q McLaren e a própria Red Bull estavam muito acima na tabela antes do GP Alemão.

        Mas, volto a perguntar, a Ferrari não tem o direito de fazer o jogo de equipe em prol do seu piloto, mais bem colocado no campeonato e q foi contratado justamente para ser o seu “title contender” ?

        Respondendo a minha própria pergunta, DIREITO ela não tem, pq é proibido pelo regulamento, por isso vai a julgamento no dia 10/09 no Conselho, mas podemos condenar a Ferrari pela decisão?

      • Allan Wiese disse:

        Mas na mesma prova dois pilotos da mesma equipe também disputaram posição, inclusive se tocando, e terminaram a prova. O episódio da Red Bull na Turquia teve dois cabeças duras lado a lado. O episódio da McLaren na Turquia teve dois pilotos extremamente habilidosos lado a lado. Será que a Ferrari não confia na habilidade de seus pilotos (deixa eu fazer um pouco do papel de advogado do diabo também)?

        E quanto à sua pergunta, condeno a Ferrari por forçar a situação tão cedo. Como disse antes, no final do campeonato isso é normal e o próprio piloto que não tem chances de título concorda plenamente em fazer isso. Mas na situação em que ocorreu é totalmente condenável.

      • Alex-Ctba disse:

        Allan, não vamos nos esquecer do rádio “low fuel” da McLaren aos seus pilotos e tb da revolta do Hamilton, visivelmente contrariado no pódio, pois o Button, não obedeceu as ordens e partiu pra cima. Hamilton claro, não deixou barato e recuperou a posição.

      • Allan Wiese disse:

        A situação no campeonato era outra e a da pista levemente diferente também, claro. Mas, se Jenson ‘peitou’ a equipe, por que Massa não fez o mesmo? E se Alonso é tão bom, por que não ganhou a posição na pista como Hamilton manteve a sua (essa é a situação teoricamente mais diferente entre os dois episódios, pois Hamilton saiu tracionando melhor da curva pra entrada da reta e pode pegar o vácuo e o lado interno da curva 1)?

        Claro, tudo isso é muito complicado de ser avaliado. A Ferrari tem o jogo de equipe em sua filosofia de trabalho, como disse o próprio Montezemolo essa semana. E a McLaren, historicamente, liberou disputa entre seus pilotos. E tudo isso está na cabeça do piloto no momento das ‘ordens’.

    • Uma fábula.

      Um jogador chamado João de José foi emprestado pelo Corinthians Paulista (de propósito o clube escolhido) ao Libertad do Paraguai e vai voltar na temporada seguinte para o clube, porém, tem um jogo contra o Corinthians pela final da Libertadores (só em fábulas mesmo).

      Pergunta, por ser seu atleta e ainda ser pago com dinheiro do clube paulista, o clube tem o direito de mandar João de José amarelar, tirar o pé, caminhar em campo, para beneficiar seu clube de origem ? (nem assim ganharia, rsrs)

      João de José, tem que acatar as ordens como um cordeiro, e dizer ao diretor do clube paulista que fará tudo pelo bem da empresa Corinthians ?

      Por fim, e o Libertad onde fica nessa história, afinal foi através dele que o João de José conseguiu notoriedade (paradoxo com os torcedores e patrocinadores que acreditaram no Massa) para tanto voltar ao todo poderoso timão da marginal ?

      A pergunta é, o desgaste da imagem da Ferrari não foi maior que o resultado, então com Nick Fry disse:

      Era melhor o Massa ganhar, por ser uma data especial e por se tratar de uma redênção de um piloto que quase morrerá a exatos um ano atrás.

      Garanto que toda a imprensa mundial iria se render a incrível história, seria o carro da Ferrari, seria a mística, seria fantástico, nem mesmo os espanhois iriam reclamar.

      • Alex-Ctba disse:

        Perfeito Claudemir, estou contigo e com todos os q se revoltaram. Eu só quis fazer o advogado do diabo, para dar um pouco de argumento ao outro lado da balança, q está bem leve rsrs

      • Allan Wiese disse:

        Foi no ponto.
        E isso se chama visão pequena.

      • wilson disse:

        vai dar em nada isso.
        Só vamos ficar cabreros se no fim da temporada ferrari for campeã e então pessoal vai começar usar calculadora e ficar fazendo hipóteses:
        ah… se o massa não tivesse errado não sei aonde
        ah… aqueles pontos da vitória que ele entregou
        etc…. e assim por diante.

        proxima corrida tah aí, mclaren vai usar uma asa diferente, hispania parece que tá acertando o apoio da toyota para desenvolver seu proximo carro e por aí vai.

    • Alexandre Pires disse:

      Fui lá conferir uma vaga lembrança sobre a temporada de 2002.
      Confirmei que Barrichello foi vice naquela temporada.
      Ou seja, os únicos pilotos que poderiam dar espetáculo estavam com o jogo combinado já no box.
      Tudo bem que Barrichello não começou bem aquela temporada. Mas ia ser sua primeira vitória em 2002.
      Os torcedores ficam como? Sem ver corrida.
      Claro que depois da Áustria, houve mais sete dobradinhas da Ferrari em 2002. Em quatro, Barrichelo liderou. Mas Schumacher já estava com o título nas mãos.

      VOU RADICALIZAR. Já que é pra ser assim, as equipes deveriam ter apenas um carro. E só. Que vendam seus carros pra outras equipes independentes correrem. E olhe lá.

      Pois se formos depender da consciência da Williams, da McLaren e da RedBull pra ver disputas na pista, tamos mal pagos. Todo fim de campeonato será um festival de jogo de equipe. Aí não dá.

      Agora, imaginem se o tal sistema Ecclestone de pontuação tivesse vingado… O jogo de equipe começaria já na segunda corrida do ano. E não só por vitórias, mas por qualquer colocação, já que tudo classificaria. Sorte nossa que não passou. Só na cabeça dele isto ia acirrar a disputa na pista. Seria a festa da marmelada todo fim de semana.

    • Claudio Cardoso disse:

      Mas colocando mais lenha nessa fogueira ai vamos la.

      Eu torço pelo Massa, so para deixar bem claro.

      1. Td bem que a diferença de pontos nao é tao alta, mas……

      Alguem aqui sem sã consciencia é capaz de dizer que o Massa esse ano teria condições de ser campeao ? Deixando a hipocrisia de lado, o Massa esse ano esta constantemente tomando 0,3 0,4 0,5 0,7 do Alonso. Ele diz do problema do pneu, independente do que seja o problema, com esse caminhao que ele ta tomando ele nunca teria condições de brigar com a Redbull até o fim do ano em condicoes normais.

      Nao vai acontecer daqui para o ano inteiro, que os pilotos da frente vao brigar, e ele vai todo mundo toda corrida na largada.

      E quando a corrida for com pneus mais duros ?

      2. Em um pensamento empresarial, por mais que as pessoas fiquem tristes, chateadas (tb fiquei triste pelo cara) eu acho que a Ferrari agiu certo. A unica chance que a ferrari tem esse ano é mesmo com o Alonso. Td bem, vao falar do lado esportivo do lado da paixao, mas F1, é uma equipe, e existem 2 campeonatos o de piloto e de construtores, será errado uma equipe pensar em nao perder pontos ?

      3. Os pilotos sao empregados, as equipes gastam fortunas e mais fortunas nos carros, e funcionarios, e nao esqueçamos por mais que não pensemos, os pilotos SAO EMPREGADOS da equipe, logo as EQUIPES tem direito de exigir o que se faça de melhor pelo bem da equipe, até acima do interesse pessoal.

      4. O que estao crucificando o Massa eu acho absurdo, gostaria que alguem dissesse quem nunca nunca aqui ENGOLIU SAPO do seu Patrao ou CLIENTe ? acho que 99% de todos que trabalham,, ja passaram por uma situacao dessas, e garanto que praticamente ninguem manda o Patrao pra PQP e diz NAO VOU FAZER se nao tiver outras formas de trabalhar.

      Sei que essa opniao 99,99% das pessoas nao vao concordar..

      • Allan Wiese disse:

        É um ponto interessante Claudio. Concordo que Massa não está no seu melhor ano.
        Mas Alonso teria condições de tirar esses 7 pontos. Nessa prova ou nas outras 8 que ainda restam. Lógico, a competição é forte e isso poderia fazer falta no final para ele. Mas, e se ele for campeão por menos de 7 pontos de vantagem? Todos vão dizer que é um título injusto e a Ferrari, por sua vez, vai dizer que a manobra se justifica por esse motivo.
        É uma linha muito tênue…

      • Alex-Ctba disse:

        Olha o Claudio jogando mais um argumento pra ver se o outro lado da balança se mexe um pouquinho :D

      • Alexandre Pires disse:

        Se dois carros na pista não irão disputar posições porque são de uma mesma equipe então ou não deveria haver campeonato de pilotos ou não deveria haver dois carros por equipe, apenas um!

      • Will disse:

        Claudio, seus argumentos são bons (rsrsrs, olha eu puxando saco!):

        1. Uma vez meu chefe imediato me pediu para alterar um estoque de um inventário, eu alterei e não achei que estivesse cometendo um crime. Depois veio meu diretor e me perguntou quem tinha me orientado para fazer aquilo, eu abaixei a cabeça e fiquei calado. Meu chefe disse nesse instante: – Pode falar quem foi, precisamos saber! – Eu continuei calado, desfiz a manobra de alteração, e o Diretor me chamou depois para conversar, dizendo que sabia quem tinha mandado eu fazer aquilo. O chefe foi demitido alguns meses depois e eu fiquei no lugar dele. Já engoli muitos sapos, alguns foram bem nutritivos…

        Para mim, nem em 1 milhão de anos o Massa vai ser melhor piloto que o Alonso. O espanhol é mais rápido e mais inteligente, e isso basta.

        Mas mesmo assim ‘carreras son carreras’, e em Hockenheim Alonso não estava parecendo que iria passar Massa (pelo menos na volta em que passou).

        O Massa é empregado da Ferrari, perfeito, mas quem fez da Ferrari o que ela é? Nós! A Ferrari é um dedinho da FIAT e qual é o maior mercado da FIAT? Nós! O Santader teve prejuízo na Europa e lucro mundial, graças a quem? Nós (o lucro desse banco foi absurdo no Brasil). Em ultima análise nós somos os empregadores de todos os pilotos da F1, nós (os fãs) que pagamos algumas libras por camisas, bonés, chaveiros, miniaturas e ingressos.

        E o respeito pelos stakeholders? Numa visão empresarial SÉRIA é isso que importa.

        ps.: como já vimos na Turquia, na McLaren, disputa entre pilotos da mesma equipe pela vitória não termina necessariamente na caixa de brita. A McLaren fez dobradinha e Button passou Hamilton e Hamilton passou Button.

      • Teo disse:

        Cláudio, bom dia!

        Me encontro dentro dessa margen de 00,01% e concordo com vc, apesar de ter e ainda estar muito frustado e desconsolado por ter estado desde a pré-temporada junto com milhares de brasileiros torcendo arduamente pelo Felipe Massa, e alguns até menos por não serem tão afccionados como nós aqui desse espaço confrario, e ter sido acometido de uma sensação de alta traição.

        Mas como disse, reeintero em concordar com vc, e após muita análise e paciëncia relutando com meu espírito de competividade em nunca baixar a guarda como brasileiro que sou, me obrigo a continuar apoiando Massa até o final dessa temporada, e continuar torcendo para que 2011 ele entre logo de cara em deglade com Alonso, pois nesse momento não poderia fazer muito contra a equipe Ferrari sem talvez pegar justa causa!

        Abços

      • Claudio Cardoso disse:

        Alexandre Pires, continua no texto do Allan ->

        Hj eu estava justamente conversando isso aqui em casa. Na realidade deveria existir apenas campeonato de construtores ou equipe.

        Vejamos bem, historicamente falando (isso é para o Claudemir ou o pessoal da boa memoria) quase todas as equipes que tiveram chances de ser campeaes e tinham brigas internas de pilotos perderam os campeonatos.

        Nao me falem da Mclaren, pq na epoca nao tinham concorrencia, os carros davam volta no 3o colocado.

        Temos um passado recente na memoria, lembram Alonso x Hamilton ?

        Acho que é uma coisa antagonica quando a Equipe A esta lutando ferozmente com a Equipe B, que os membros da mesma Equipe A tire pontos um do outro.

        Seria o mesmo que num jogo de futebol cada membro la da frente nao passasse a bola para outro pq cada um esta dando mais importancia ao titulo de artilheiro que ao time ser campeao.

        Ai vem a pergunta, o que é mais importante para a equipe ? o piloto ser campeao, ou Algum dos dois ser campeao ?

        E se voce ve que a disputa com os outros esta apertada, e que somente 1 esta com chance de ser campeao, alguem tem de ir pro sacrificio nao tem jeito.

        Igual ao famoso rio que tem piranha. o que se faz ? coloca um boi la, e enquanto as piranhas comem, os outros atravessam.

        Ou entao fica parado e ninguem vai a lugar algum. Resumindo, entao deixam o Massa ganhar e talvez jogue fora o campeonato.

        Allan, Temos de lembrar que esta fresquinho na memoria da equipe a perca de um campeonato por 1 ponto. O que realmente deixa forte a disputa de 7.

        Acho que esse ano vamos ter uma boa demonstracao de tudo que estou falando acima, pq esta bem arriscado que no final das contas a Redbull perca o campeonato.

        ———————- x ——————————————-
        Will->

        Obrigado pelas palavras, mas nao é puxa saco nao :-) até contesta no fim.

        Eu ja tenho uma visão diferente. Na minha opiniao o que faz a Ferrari ser o que é a Mistica de Vencedora. Mas ai vamos entrar, o que nasceu primeiro o Ovo ou a Galinha ?

        Nao sou um profundo conhecedor da historia antiga da formula 1, mas eu acredito(suposicao minha), que o que ocorreu com a Ferrari, foi que na epoca era um campeonato onde cada pais tinha a sua cor. Entao a equipe era uma coisa altamente nacionalista.

        A Ferrari, foi a unica que manteve a tradição e as cores. Talvez por isso o Italiano torça pela Ferrari e nao pelo piloto, pois é aquela coisa tradicionalista de pai passando pra filho, assim como nosso filhos em geral torcem pelo time do pai.

        E ai depois vem outra questao, a Italia nunca deixou de apoiar, e era a unica equipe que tinha uma representacao de pais, e depois começaram a vir pilotos de outras nacionalidades o que a foi tornando marcante globalmente arrebatando a simpatia de outros paises. Paralelamente a isso, a equipe começou a vender carros de rua, mas eles nao vendiam simplesmente carro de rua, eles vendem sonho, glamour, status. Talvez o grande valor da Ferrari esta justamente em grande parte querer ter e nao poder, ai valoriza quem tem. E fora isso a pessoa ao comprar uma Ferrari de rua, é uma forma de comprar o Glamour da formula 1, é uma identificacao.

        Quem ja foi ao museu da Ferrari em Maranello, pode ver que la eles vendem peças dos carros de formula 1 de quase todos os anos. Eles vendem Pistao, biela, virabrequeim de motores, até motor inteiro vendem de varios anos. O que levaria alguem a comprar uma Biela do motor que foi campeao com o Schumacher ? Vai pagar uma fortuna para algo que nao tem o menor valor pratico. Simplesmente a Magia de se sentir proximoa aquela atmosfera.

        Depois dessa volta toda, volto ao que voce escreveu.

        “E o respeito pelos stakeholders? Numa visão empresarial SÉRIA é isso que importa”

        Sinceramente nao sei te dimensionar se o que mais vai valer mundialmente agora e ao longo da historia.

        O Massa ter ganho e passado batido

        Ou se a FERRARI for campea mundial, e mais um titulo para historia e prestigio mundial.

        Will -> ” ps.: como já vimos na Turquia, na McLaren, disputa entre pilotos da mesma equipe pela vitória não termina necessariamente na caixa de brita. A McLaren fez dobradinha e Button passou Hamilton e Hamilton passou Button.”

        Vamos recordar tambem, que um chegou a tocar no outro, que nao teve nada mais sério foi por absoluta sorte ne.

        ——————— x————————————————
        Teo ->

        Meus parabens pela sua coragem de estar nesse 0,01 %. Eu sinceramente nao me encontro.

        Mas vemos é que os outros 99,99% estao atirando pedras, quando fazem exatamente a mesma coisa.

        Vamos recorrer a uma frase biblica (Sirlan seu eu estiver errado me corrija por favor).

        Por que vês tu o cisco no olho do teu irmão, e não percebes a trave que há no teu próprio olho?

        Teo -> realmente eu acho que ele ganharia uma justa causa rsss. e o pior, iria ficar a pe, e talvez queimado perante as outras equipes.

        Pessoal vamos lembrar, que ja existem inumeras declaracoes de chefes e ex-chefes de equipe apoiando a decisao da Ferrari.

        ———- X —————–

        Pessoal, descula pelo texto enorme, foi indo indo indo..

      • Teo disse:

        “Por que vês tu o cisco no olho do teu irmão, e não percebes a trave que há no teu próprio olho?”

        Em outras versões, tb diz assim:Como podes tu querer tirar o argueiro que atrapalha a visão do teu irmão(próximo), se não enxerga nem a trave que está no teu próprio!

        Isso me faz refletir em uma coisa, e por favor não é direta/indereta pra ninguém, até pq não tem pq, devido nossos relacionamentos aqui serem muito bons e amistosos: O que faríamos nós no lugar do Felipe?

      • Alex-Ctba disse:

        Teo, essa pergunta é impossível de ser respondida e não aceito nenhuma resposta como razoável, pq ninguém viveu e nem viverá essa situação. Responder essa questão, baseados em nossas convicções pessoais e visão da vida é fácil, mas soaria leviano.

      • Teo disse:

        Alex, aceito seu ponto, eu tb estou sem resposta para isso até agora, e digo:longe de mim tal coisa, por isso que mais uma vez não detrato Felipe pelo o que fez, apesar de querer o contrário!

        Abçs

      • Claudio Cardoso disse:

        Eu sinceramente do fundo do coracao faria o mesmo que o Massa.

        Eu nao tenho duvida.

        A Multa deve ser pesadissima no contrato.

        Ja imaginou perder patrimonio, perder o emprego, e deixar de fazer o que mais gosta na vida.

        Ja pararam para pensar que existem varios e varios pilotos que pagam milhoes para andar na formula 1, em um carro que nao leva a lugar algum.

        Te garanto que nao falta gente querendo o lugar do Massa para fazer a mesma coisa.

    • Will disse:

      Eu vejo o argumento do Alonso ‘vocês viram o que aconteceu com a Red Bull, que perdeu 42 pts? Hoje, a Ferrari está com 42 pts no bolso graças a ordem’ – claro que ele não falou exatamente assim – como um dos argumentos mais baixos dos últimos dias sobre essa ‘estratégia’.

      Esses caras da ferrai são tão ruins assim, que uma ultrapassagem na pista vira um risco enorme de abandono dos dois? O Alonso pensou nesse risco ao ultrapassar o Massa nos boxes em um local estreito e arriscado?

      Acho inócuo dizer que devemos aguardar o julgamento, mas o brilho das pistas já deu lugar a argumentações de advogados, e aí, meus caros, a temporada já perdeu muito em brilho e atratividade.

      • Allan Wiese disse:

        Infelizmente…

      • Alex-Ctba disse:

        Will, vc está coberto de razão, mas são alguns argumentos q os advogados poderiam usar pra defender a Ferrari q nesse caso é o próprio Diabo. Primeiro eles vão manter a linha cara de pau ao extremo e dizer q não houve ordem de equipe. Mas em relação ao teu argumento de q Alonso forçou a ultrapassagem nos boxes, aquele momento era início de temporada e McLaren e Red Bull, não tinham aberto tanta vantagem ainda. A Ferrari não se pode mais dar ao luxo de arriscar se quiser vencer o campeonato e a condenável atitude anti-desportiva na Alemanha, garantiu a maximização da pontuação nos dois campeonatos. Se fosse na ordem inversa, seria bom para o wcc, mas nem tanto para o wdc, já q haveria o mesmo canibalismo q ameaça os pilotos de McLaren e Red Bull.

      • Will disse:

        E aí algumas dúvidas bastante cínicas da minha parte:

        1º ‘O que é mais importante para a Ferrari, o WCC ou o WDC?

        2º Vocês acham que o Massa estará desmotivado para o restante da temporada??

        3º Será que ele vai se esforçar para andar na frente do Alonso, sabendo que vai ter de deixá-lo passar (de uma maneira mais discreta, talvez)???

      • Alex-Ctba disse:

        Respondendo:

        1) Ambos

        2) Talvez ele encontre outros tipos de motivações para seguir em frente

        3) Agora mais do q nunca, vai andar forte pra provar seu valor, jogar o público contra a Ferrari e tentar a hérculea missão de recuperar um pouco de credibilidade junto aos seus ex-fãs. Mas se o carro da Ferrari, confirmar o salto de qualidade, ele simplesmente vai fazer o seu trabalho e colocar a F10 na melhor posição possível do grid.

        Gente, acho q eu estou me tornando tão cínico qto. a Ferrari :D

      • Will disse:

        Rsrsrsrs…boa Alex!

        ps.: alguém sabe se o Galvão volta na Hungria?

      • Allan Wiese disse:

        Tomara que não!

        Iria comentar isso e acabei esquecendo: a narração do Luís Roberto foi muito boa. Nos deixou ouvir os rádios e atendeu a Mariana na hora em que ela chamava. Nâo seria ruim se mantivessem assim.

      • Alex-Ctba disse:

        Exatamente, já tinha comentado anteriormente, ele não acrescenta muito, mas deixar os comentaristas e repórteres fazerem seu trabalho, já é um up-grade sensacional na transmissão. Espero q deixem o GB na geladeira por mais um tempo.

      • Mari Espada disse:

        Concordo plenamente!
        A ausência do Galvão dá um upgrade na transmissão!
        Quero que o Luís Roberto torne-se o comentarista oficial da F1!!!

    • Mari Espada disse:

      Me corrijam se eu estiver enganada, mas se bem me lembro nos casos anteriores, como o do Barrica em 2002, o regulamento ainda não proibia a “estratégia” de equipe”.
      Claro que a atitude sempre foi anti-esportiva, mas somente agora ela tornou-se contra o regulamento. Portanto uma atitude que sempre foi errada, agora é ilegal. Muito pior, não acham???

      • Alex-Ctba disse:

        Ilegal, imoral e ainda por cima engorda :D

        O jogo de equipe praticado pelo time italiano, fere o artigo 39.1 do Regulamento Esportivo, que proíbe ordens de equipe que influenciem diretamente no resultado da corrida

        A punição se alicerça tb no artigo 151c do Código Esportivo Internacional, que discorre sobre atitudes que tragam má reputação ao esporte de uma forma geral. Esse é o mesmo artigo, utilizado para punir a McLaren no mundial de Construtores em 2007 – o famoso “StepneyGate” – que também teve Fernando Alonso envolvido, e é baseado nele q a Ferrari vai ser julgada dia 10/09 pelo WMSC

      • Dito isto, Alex, qual punição?

        Como suponho mais abaixo, acho que os 100.000 ficaram pra pagar a conta do 151c. Talvez do 39.1. Sei lá.

        Que vai ser punida, vai. Mas não sei se esportivamente. Acho que a FIA vai fazer umas contas. Até já teremos tido Hungria e Bélgica. Estaremos às vesperas da Itália. Penso que se a Ferrari realmente tiver forte e somado pontos nas próximas corridas, quer dizer, pra brigarem pelo título, a FIA só vai aplicar uma nova multa. Agora, se capengarem até lá, aí pode haver alguma demonstração de força da FIA, um foguetório, aplicando uma perda de pontos.

      • Allan Wiese disse:

        E nós, os palhaços da história, vamos continuar assistindo ao circo porque não conseguimos viver sem ele, hehehe…

      • Alex-Ctba disse:

        Vai haver enormes jogos de interesses envolvidos, qto a isso não tenha dúvida. Meu palpite é : Mais multa, claro, a FIA adora um din din, e tirar os pontos obtidos pela equipe no wcc na Alemanha, mas preservar os do wdc. Vão punir a equipe e preservar os pilotos.

        Não acredito q seja tão grave qto. o Stepneygate a ponto de excluir a equipe no wcc.

      • Will disse:

        Na mosca!!!!

  24. wilson disse:

    Punição a Ferrari?
    Não vai dar muita coisa, olhe o que sente e pensa o responsável mor da F-1:

    Bernie Ecclestone, detentor dos direitos comerciais da F-1, mostrou-se favorável às afirmações de Luca di Montezemolo, que defendeu a permissão para equipes darem ordens a seus pilotos de acordo com seus interesses, como fez a Ferrari na Alemanha.
    Na ocasião, a escuderia pediu a Felipe Massa para que deixasse Fernando Alonso passar, alegando que o espanhol estava “mais rápido”. O fato, que gerou indignação mundial, já que tirou do brasileiro a vitória, deve ser encarado de forma natural, segundo Bernie.
    “Confesso que concordo com qualquer pessoa que defender o banimento das regras de ordens de time”, disse o dirigente ao “Daily Mail”.
    “Fazemos as pessoas chamarem isso de equipe. Ambos os carros devem ser os mesmos. Os pilotos vestem as mesmas roupas. Todos parecem um time, uma equipe que está correndo.”
    “Acredito no que os dirigentes fazem quando estão na equipe e o modo com que conduzem seus times é problema deles. É claro que, se fizerem algo perigoso, então estarão com problemas. Caso contrário, devem apenas relaxar.”
    tá lá no tazio de hoje.

    Se vocês lendo isso acima ainda acham que vai dar em alguma coisa grandiosa contra a Ferrari, então é bom não acompanhar mais a F1.

  25. wilson disse:

    Briatore considera que la Fórmula 1 es un deporte de equipo y que el artículo 39.1 que prohíbe las órdenes de equipo hay que abolirlo porque carece de sentido. “Es una orden de equipo. La regla no tiene sentido y debe ser abolida. La Fórmula 1 es un deporte de equipo. No creo que Ferrari haya hecho nada malo”, comentó ante la televisión ‘Sky Italia Sport 24’.
    “Fernando tiene más puntos que Felipe y es lógico apostar por el piloto con mas opciones de ganar el título. Podían haberlo manejado mejor, pero eso es fácil decirlo a posteriori; en carrera es diferente”, matizó Briatore, al tiempo que considera que el ingeniero de Massa, Rob Smedley, “podría haberse ahorrado los comentarios…”.

  26. wilson disse:

    Hispania acerta acordo com Toyota, apenas que não mudará sua sede em Murcia na Espanha para a de Colonia na Alemanha. Mas acordo está acertado. Duas temporadas.

    link
    http://www.as.com/motor/articulo/carabante-hispania-llega-acuerdo-toyota/dasmotfm1/20100726dasdasmot_9/Tes

  27. Will disse:

    Wilson, argumentações de Montezemolo, Ecclestone e Briatore achando certo o que fez a Ferrari me fazem ter certeza de que estamos certos em condenar isso.

    Esses 3 senhores são 3 ruínas ambulantes que não deveriam merecer mais crédito do circo da F-1.

  28. wilson disse:

    você já ouviu falar da história sobre a verdade?
    o resumo é que a verdade ela não algo imutável.
    Ela eh relativa.

    • Will disse:

      Dizem que uma mentira contada várias vezes vira verdade…eu discordo frontalmente.

      A verdade é a verdade – as pessoas a deturpam para podem conviver com ela.

      • wilson disse:

        não concordo não will.
        Pra mim por ex. massa é segundão e alonso o primeiro piloto.
        seus empregadores disseram pra trocar de posição e pronto.
        Algo feito na f1 desde 1950, uns mais bem feitos, outros assim meio atabalhoados, mas todos fazem. Mclaren fazia com rãmiltu e o kova diversas vezes. Kimi e massa 2008 e 2009 fizeram.

        Verdade é que alonso tem sido melhor e tem uma visão melhor por parte da equipe. Verdade é que alonso oferece melhores chances de ganhar o campeonato pra ferrari e ela levou isso em consideração.
        Isso são verdades.

        Que foi feio, que isso não se faz, que tem leis contra isso – daí isso não é verdade, são só pressupostos, ideais a serem alcançados.
        Se eu fosse o domenicali também teria feito a mesma coisa, assim como já disse o schumacher. O que aconteceu é que não fizeram bem feito.

      • Will disse:

        Wilson, entendo o seu ponto de vista. Realmente a McLaren fez com o Kovalainen e a Ferrari vem se especializando desde Irvine e agora com o Massa. Mas dessa vez foi tão mal feito, mas tão mal feito, que sugeriu uma total falta de preocupação com a possibilidade de punição.

        Também acho o Alonso um superpiloto (sem grau de comparação com o Massa). Mas para a equipe os pontos seriam os mesmos 42…se voc~e brincar no excel com a pontuação do Alonso e de seus 4 adversários diretos ao WDC, verá que ssa vitória significou muito pouco.

  29. Anderson Dorneles disse:

    Olá,

    Não concordo muito com os comentários, em uma análise fria e simples, a empresa de TV que puxa seu saco, noz fez a entender que o massa é uma metamorfose ambulante, em que a situação: “Deixar passar” e “Deixem-me passar” é só uma questão de “se”, “depende” de onde estou e de quem é o patrão.

    leiam:

    http://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/noticia/2010/07/em-2002-massa-desobedeceu-ordem-da-sauber-e-acabou-sendo-demitido.html

    ele já é pau mandado desde os tempos da sauber…

    Abraço

  30. Novo post no ar.

    Texto do Allan Wiese.

  31. wilson disse:

    é não tem jeito. ow ferrari que não aprende. já foi tão boa nisso.
    Assim escancarado não pode, onde já se viu. Deixa todo mundo com ulcera no estomago.
    Faz como anos anteriores. Segura o segundo piloto umas tres voltas a mais na pista, diz pro primeiro piloto que os ” pneus estão aquecidos ” (combinação dentro da equipe já tudo certinho pra dizer que o primeiro piloto deverá fazer tres voltas bombasticas por exemplo, enquanto o segundo piloto fica mais tempo na pista e com pneus mais degradados) assim o primeiro piloto estará a frente do segundo piloto, quando o segundo piloto entrar nos boxes para sua parada.
    tão simples. ninguém fica ofendido, fica tudo certinho. Ningúem vai ficar inventando teorias da conspiração, só quem é maluco mesmo.
    Fica tudo em paz.
    Mas acho que eles aprendem ainda esse ano.

  32. celso gomes disse:

    Alexandre, meu caro.

    Além de estatístico, és um literato também. Parabens pelo excelente texto. Estou surpreso e feliz por ver que o nosso grupo está cada vez melhor. Quem diria que existiriam entre nós tão bons comentaristas? As vezes é preciso haver uma grande perda para que as grandes realizações apareçam.

    1 gde abç

  33. Sirlan Pedrosa disse:

    Post no blog Tutty Vasques do Estadão sobre o “caso Massa”. Serve como uma visão do torcedor médio que está fora do meio automobilístico.

    “Blog do Tutty Vasques

    Felipe Massa: se chorar, apanha!
    6h38Comentários (9)

    Se a Ferrari mandasse Felipe Massa, em vez de dar passagem, jogar seu carro contra o muro de proteção para favorecer seu companheiro de equipe, será que ele seria tão “profissional” quanto Nelsinho Piquet? O ex-piloto da Renault também obedeceu a ordens de equipe para beneficiar o mesmo Fernando Alonso no GP de Cingapura, em 2009.

    Tirar o pé do acelerador, como fez agora Massa na Alemanha, pode não ser tão sinistro quanto provocar acidentes em causa própria, mas é decisão moralmente desastrosa para a construção da imagem de um ídolo aspirante à vaga de Ayrton Senna. Pobre torcedor brasileiro: ainda não de todo recuperado do vexame de Barrichello abrindo caminho para Schumacher em 2002, não merecia assistir a este filme de novo.

    A lambança está feita, mas Felipe Massa pode ainda escapar do papel ridículo que a repetição da história lhe destina. Precisa, para isso, deixar de lado a pose de contrariadinho – com direito a tromba e tudo –, incompatível com o discurso de quem assume total responsabilidade pelo procedimento cafajeste da Ferrari.

    Nem o Muricy Ramalho, que tinha até mais motivo para isso, fez beicinho quando o Fluminense mandou que ele deixasse o Mano Menezes passar sua frente na corrida pela seleção.”

    • Alex-Ctba disse:

      Taí mais um bom argumento para o post q o Coyote não fez hehehe. A analogia entre o CrashGate e a Marmelada de Hockenreim

      “Precisa, para isso, deixar de lado a pose de contrariadinho – com direito a tromba e tudo –, incompatível com o discurso de quem assume total responsabilidade pelo procedimento cafajeste da Ferrari.”

      Todo mundo sempre tira suas próprias conclusões, claro, mas alguém considerou a hipótese da “tromba” ser abatimento pela morte do tio q era próximo da família?

  34. Alexandre Pires disse:

    Chovendo no molhado

    Ferrari descumpriu o regulamento. Dois artigos.
    100.000 trocados devem ter sido por causar descrédito a categoria. Isto vale pouco por lá.
    A outra punição, que ocorrerá, está para ser decidida ao que tudo indica aos fins de setembro, pelo que li por aí.. Depois da poeira baixar. Deve ser mais alguns trocados e uma reprimenda.

    A reputação de Massa foi a grande prejudicada. Não só por aqui mas no automobilismo. A memória é curta em relação a quem vence e de elefante para quem se deixa vencer.
    É mais fácil esquecerem que o Piquet Jr se atirou contra o muro que esquecerem que Massa abriu passagem.
    A reputação de Alonso segue a mesma, com pequenos arranhões apenas, mesmo após tais marmeladas.

    Barrichello está aí como prova. 2002 não sai da memória. Inclusive, tudo que fez antes como o que fez depois parece ser contaminado por este momento.

    Massa corre o risco de ser visto como um frouxo, sem gana. Isto vale quanto? Barrichello juntou seus milhões de trocados. Hoje acho que o brazuca preferia ter pago um bom advogado e descumprido pelo menos aquela ordem.

    No fim, o grande prêmio alemão foi a vitória do cinismo. Reinou! Todas as equipes tiveram seu anticlímax entre a manhã chuvosa de sexta-feira e o domingo ensolarado. Massa teve o seu entre a largada e a volta 40 e alguma coisa. Mas o anticlímax principal e mais triste foi o da temporada, que era ou é uma das mais emocionantes em muitos anos.

    Esta semana, tudo foi frustrado teutonicamente. Começou trágica em Duisburg terminou cínica em Hockenheim.

  35. Anselmo Coyote disse:

    EXTRA! EXTRA! EXTRA!

    Olhem o que o barriquelo falou:

    “… Muitos entenderam (só agora) como foi em 2002. Entenderam também agora porque deixei a Ferrari um ano antes do final do contrato. Posso não ter sido campeão na época, mas fui sempre justo. Pronto falei, agora é página virada. Estou na equipe que quero estar, a ponto de assinar por mais um ano.”

    E agora, a pérola (demorou!!)

    ” Quero ser campeão com a Williams – disse em seu “Twitter”.”

    É um autista! Só pode!

    Abs.

    • Will disse:

      Como quase sempre, ele deveria ter mantido a posição e ficado calado…

    • Alex-Ctba disse:

      Coyote, o pior (ou melhor, dependendo do ponto de vista) é q eu acho q o Barrica realmente acredita na possibilidade de ser campeão de F1 um dia.

      • Anselmo Coyote disse:

        Alex,

        Quando esse sujeito morrer a cabeça dele será aberta e se alguma coisa não muito fedida for encontrada la dentro, com as devidas cautelas e outros cuidados, ela deverá ser estudada a fundo, nos mínimos detalhes.

        Ele não existe, definitivamente.

        O diagnóstico mais próximo que vejo é realmente o autismo.

        Abs.

      • Alex-Ctba disse:

        E apesar de td isso, ainda torço pro Barrica. Acho q sou autista tb :D

      • Allan Wiese disse:

        Também sou então, hehehe…

      • Anselmo Coyote disse:

        Aí a coisa é diferente, Alex e Wiese.
        Torcer para o Barrica não é coisa de autista, mas de artista.
        Abs.

    • Lucas Túlio disse:

      Ele vem ajudando e muito no desenvolvimento da Willians, mas daí a pensar em ser campeão é de mais mesmo…

      Ainda mais com esse Cosworth rs

  36. Novo post no ar.

    Um pouco de teoria da conspiração que todos adoram.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s