Rapidinhas GP da Alemanha.

Publicado: 26/07/2010 por Claudemir Freire em Formula1

Red Bull, perdeu-se nas arrogâncias, primeiro de Vettel que se achou superstar, fez uma linda pole, mas fez uma linda bobagem na largada e a equipe fez um trabalho meia boca nesse fim de semana, perdida sem rumo, Webber foi a cara de um time que se perdeu, será que se dessem a Webber um tratamento igual ao do Vettel, ele não teria achado o rumo para a equipe?

Mclaren, deixou a Alemanha líder, mas não foi para a Alemanha ficou em Woking, apática tão perdida quanto a Red Bull nem o Hamilton foi bem nesse fim de semana.

Ferrari, veio com tudo pareceu a Ferrari de outrora em tudo, inclusive nas palhaçadas que fazia num passado não tão distante, a corrida perfeita de seus dois pilotos foi esquecida, só restou a vergonhosa atitude de seus comandantes. Alonso foi dissimulado, não se podia esperar nada mais dele, Massa foi covarde e mentiroso no final, numa entrevista a imprensa brasileira disse que a atitude de deixar passar foi dele e que não tinha vergonha do que estavam falando sobre ele aqui no Brasil porque fez o certo para a equipe e não tinha medo de ser comparado com o Barrichello e não se sentia e não era o segundo piloto.

Mercedes, saiu com uns pontinhos, mas é pouco para quem achava que podia mais nessa temporada, já deve estar amolando as ferramentas para começar a fazer o carro de 2011, tomara que achem uma brecha no regulamento algo que faz os carros de Ross Brawn ser vencedores.

Renault, descoberto o problema da equipe, dinheiro, foram a uma esquina e fizeram uma mandinga para falar com o diabo_Bernie para pedir um adiantamento de acordo com James Allen, fizeram uma corrida medíocre e sem o mesmo brilho do início da temporada, está faltando evolução para o carro.

Force Índia, quando saíram do autódromo a equipe e os pilotos foram tomar um banho de sal grosso, os dois carros entraram no furduncio da Toro Rosso e estragaram o fim de semana que já não era promissor.

Williams, só veio para a classificação, na corrida colocou um carro de GP2 e mandou os dois pilotos se virarem, precisavam economizar um pouco porque Sir Frank mandou, sério o que foi que aconteceu?

Sauber, perdidinha da silva, da Rosa tentou uma estratégia valenciana, mas não colou, Kobayote não pôde fazer nada.

Toro Rosso, Alguersuari mirou na traseira do Buemi e gritou ihaaaaa, pronto montou na traseira do suíço e saiu galopando, deve ter tomado um puxão de orelha e mandaram tirar a lente de contato usada no filme Crepúsculo.

Lotus, sua briga é com a Virgin e perdeu, bem que podiam colocar todo o staff pra ser aeromoça, incluindo os pilotos.

Virgin, hoje chegou e Richard Branson vê sua roupinha de aeromoça mais distante.

HRT, Senna faz o que pode com o carro, Yamamoto faz o que não pode, mas está certo, tem que gastar todos os ienes vindos da empresa de contravenção de sua família.

FIA, tem que tomar uma atitude enérgica, porque pode estragar um campeonato que ia muito bem até então, se nas próximas corridas as equipes precisarem fazer mudanças de posição na pista, farão por saber que terá que ter a anuência da entidade porque essa não poderá punir estando com essa mancha de ontem.

Anúncios
comentários
  1. wilson disse:

    qual imprensa, público, nacionalidade tem mais peso em emitir uma opinião?
    brasileira?
    alemã?
    italiana?
    espanhola?
    outras?
    Enquanto os brasileiros acham uma grande sacanagem e desopilam o fígado contra Massa,
    pessoal da Italia e Espanha também estão chocados: como podem ter multado a Ferrari? isso não se faz. Isso é hipocrisia.
    Schumacher concorda com atitude da Ferrari (será que vamos achar que ele é menos campeão por isso?) só acha que deveria ter sido mais digamos,… ele disse discreto (mais dissimulado vamos dizer)
    Isso é normal num esporte que envolve milhões.

    • As imprensas são bairristas, brasileira, espanhola e italiana.

      Mas não há esporte quando há manipulação.

      E é pelo menos isso que acho que estão todos errados, todos, sem excessão.

      Já pensou seu time do coração jogando pra vencer o título brasileiro e o time rival podendo perder para o seu time não ganhar o título, e o bendito perde e seu time perde o título por manipulação velada, mesmo que sem dinheiro na jogada. E aí, você vai dizer que é esporte ?

      Temos exemplos crassos de manipulações no esporte. O mais emblemático é o 78 na Argentina. Aquilo foi execrável.

  2. Alex-Ctba disse:

    Discordo um pouco em relação ao Hamilton. De fato a McLaren estava totalmente apagada, já q não se encontrou ainda com o seu EBD, mas o Hamilton, q largou em 6º e chegou em 4º fez o q poderia, ante a superioridade de Ferrari e Red Bull nesse GP. Button ainda conseguiu ganhar a posição do Webber, alongando seu stint com pneus supermacios, ratificando seu estilo suave de condução, para os q ainda tinham dúvidas. Qdo. não dá pra vencer, o importante é pontuar e foi o q fizeram os pilotos de Woking.

    • Allan Wiese disse:

      E como eles estiveram na frente de um dos pilotos de Milton Keynes e quem ganhou a corrida estava atrás deles no campeonato, a vantagem aumentou (no WDC), então ainda saímos no lucro…

      • Claudio CArdoso disse:

        Mil perdoes.

        Mas tem de ser muito otimista, para querer achar que a Mclaren fez vantagem nessa corrida.

        E ainda tem algo mais preocupante, pois se a Ferrari realmente ressurgiu, a Mclaren agora é a 3a força logo tem mais gente para ficar na frente dela e roubar pontos, isso vai é favorecer é a RedBull, isso sim.

        Se eu torcesse para a Mclaren eu estaria é muito preocupado.

        “E como eles estiveram na frente de um dos pilotos de Milton Keynes e quem ganhou a corrida estava atrás deles no campeonato,”

        Se eles estao 1o no campeonato, qualquer um que vencesse estariam atras deles :-)

      • Mari Espada disse:

        Os pilotos de Woking são geniais! Não acham? Hehehe.
        Mas repetindo algo que eu já escrevi no post anterior… eu acho lindo como dois pilotos chegam praticamente ao mesmo resultado de formas tão diferentes.
        Quando eu vi o Jenson saindo do box na cola do Lewis eu vibrei muito! Foi lindo!
        Um usando a sua estratégia e outro usando a sua garra, mas ambos chegaram ao objetivo de pontuar o máximo possível nos limites do carro, que era o desejado pela equipe que não conseguiu se acertar o EBD.
        Portanto discordo totalmente do comentário sobre a McLaren realizado no post.

        E digo mais…
        É esse espetáculo que aprecio na F1! A McLaren jogou limpo e com inteligência, pontuou, manteve-se na frente e agora é se acertar para a Turquia!
        Não essa atitude vergonhosa da Ferrari…

        Beijos. Até mais!

      • Mari Espada disse:

        Hahaha… Turquia, Hungria… tudo termina com “ia”!

      • Sirlan Pedrosa disse:

        Cláudio,

        Discordo de você quando diz que a Mclarem é a 3a força.

        Na Turquia a Ferrari sequer abria da Renault, e as Mclarem acompanharam as Red Bull, que em Barcelona andavam sobrando.

        No Canadá eles fizeram uma dobradinha e bateram a Red Bull e a Ferrari.

        Em Valência e em Silverstone as Red Bull dominaram, e ontem a Ferrari andou mais que eles na corrida.

        Esse campeonato está muito embaralhado e muda a ordem de forças corrida a corrida.

        Ontem acho que a Mclarem saiu no lucro.

        Um abraço,

        Sirlan Pedrosa

      • Allan Wiese disse:

        Sim Claudio, é preocupante. Mas por causa dessa preocupação o resultado foi favorável. Ainda temos 8 etapas do campeonato e há tempo para acertar o EBD e voltar a andar na frente.

      • Claudio CArdoso disse:

        Grande Sirlan.

        Quase foi isso rsss.

        EU coloquei na condicional rss.

        SE

        “E ainda tem algo mais preocupante, POIS SE a Ferrari realmente ressurgiu, a Mclaren agora é a 3a força”

        Eu tambem acho que pelo potencial apresentado pela Mclaren aconteceu o melhor para ela. Mas vejamos bem ACONTECEU.

        Ela foi passiva na historia, em nenhum momento pode ser determinante em nada na corrida. Mas se ficarmos com o raio X dessa corrida, é para acender o sinal amarelo na equipe, a equipe deu foi sorte que nao foi o Vettel que venceu.

      • Vitor, o de Recife disse:

        A melhor notícia para a McLaren foi o ressurgimento da Ferrari. Quanto mais eles emboralarem com a Red Bull, melhor, pois dá tempo para acertarem o carro.

        Agora por outro lado, para a própria Red Bull a confusão da Ferrari também foi ótimo, pois desviaram o foco da confusão que está rolando na equipe. Que desempenhi pífio do Webber foi aquele???

    • Hamilton foi como a Mclaren, discreto.

      Só chegou em quarto porque o Webber foi mais apagado ainda.

    • Sirlan Pedrosa disse:

      Alex,

      Concordo com você, Hamilton foi muito bem para o carro que tinha.

      Mesmo não sendo o mais rápido vem marcando bons pontos e não tem sido afobado como no passado.

      Pela forma como a campeonato está caminhando acho que Hamilton e Button são os que mais tem se comprotado de forma a ganhar o título, maximizando sempre os pontos possíveis nas corridas.

      Um abraço,

      Sirlan Pedrosa

      • Mari Espada disse:

        Concordo com o Alex e o Sirlan, eles são os pilotos mais consistentes… sempre presentes e pontuando!

        Go Hamilton, go!!!

      • Marco disse:

        Enquanto o mundo da F1 espera a evolução do ” Hockhenheim Gate ” , a vida na F1 continua . Para os fãs da F1 e principalmente da Mclaren , está tudo na mais perfeita ordem : Hamilton ainda é o líder , seguido de Button , Webber , Vettel e depois é que vem Alonso a 34 pontos do grande líder deste bom campeonato Hamilton .
        No mais , acho que a grana que a Ferrari pagou pra comprar esse resultado dessa corrida foi uma grande pechincha .

      • Pedro Pedrosa disse:

        É isso aí Mari !
        É a Mclaren campeã !
        Só que para mim não é : ”Go Hamilton, go!!! ”, é :
        Go Button, go!!!
        rsrsrsrsrsrsrs

  3. wilson disse:

    esse domenicali tem muito que aprender com todt, brawn e outros mais teatrais que trabalharam lá na Ferrari.
    Jogo de equipe sempre existiu e sempre vai existir, apenas tem que ser bem feito. Foram muito amadores pessoal da Ferrari.
    Por ex. era só deixar o massa mais umas tres, quatro voltas com pneus se desgastando mais que o normal, o alonso entrava (como entrou) nos boxes, trocava pneus e como ele consegue aquecer melhor os pneus ia acelerando e tirando proveito pneus novos, quando massa parasse alonso tava na frente e pronto tava tudo resolvido.
    Preciso escrever pra eles para sugerir isso. ow gente desligada!

    • Allan Wiese disse:

      Wilson, se você reparar, o tempo de parada nos boxes do Massa foi um pouco maior do que o do Alonso. Se eles tivessem, como o Alex falou em outro post aqui, segurado o Massa um pouco mais estava tudo “tranquilo”…

      • Alex-Ctba disse:

        Allan, na verdade aquilo q eu falei é uma besteira rsrs. A ferrari não poderia arriscar a dobradinha, já q o Vettel estava muito próximo. Teriam q ser extremamente precisos na falcatrua. O q poderia ser feito, tinha q ser na pista, e se o Massa colaborasse, poderia simular uma escapadinha e a Ferrari não seria multada. O Massa fez exatamente igual ao Barrichello e escancarou, só q dessa vez com a conivência do Rob Smedley, q deixou claro o jogo de equipe.

      • Allan Wiese disse:

        Será que 0.3 ou 0.5 não seriam o suficiente? Fazer com que estivessem lado-a-lado na saída dos boxes pra Alonso ficar na frente?
        Mas claro, concordo que era muito arriscado fazer assim.

  4. Alex-Ctba disse:

    É esse espetáculo que aprecio na F1! A McLaren jogou limpo e com inteligência, pontuou, manteve-se na frente e agora é se acertar para a Turquia!

    Não tira a Turquia mesmo da cabeça hein Mari. Na verdade é Hungria e acho q a Ferrari vai estar mais forte do q nunca lá no calor de Budapeste.

    • Mari Espada disse:

      Tudo com “ia”… tudo igual! Hehehe.
      Será que a McLaren se acerta com o EBD em uma semana???

      • Alex-Ctba disse:

        Mari, a verdade é q a McLaren perdeu tempo na avaliação do seu EBD (Exhaust Blown Diffuser) por causa da batida do Hamilton no FP2. Tiveram q seguir a programação só com o Button, além do FP1 ter sido sob chuva, o q não se repetiu na classificação e nem na corrida. A McLaren se concentra agora em adotar uma nova asa dianteira, semelhante as utilizadas por Ferrari e Red Bull, para diminuir novamente o gap para as rivais.

      • Anselmo Coyote disse:

        Alô!!!!

        Alguém aí pode me dizer que p***a é essa de EBD?
        Eu conheço essa sigla por Eletronic Brake Distribuition.. mas, no caso aqui, sinceramente, estou mais perdido do que cego em tiroteio.

        Mesmo porque meu negócio não é entender de tecnologia e sim torcer para o Hamilton e o Kobayashi além de cornetar o alemãozinho arrogante da Red Bull e o Narigunda de Notre Dame da Renault. E zoar a plebe “patriota”, claro… rsrsrs. Brincadeira, amigos.

        Considerações genéricas sobre Hamilton e Button:
        O Hamilton é, para mim, o melhor piloto do grid.
        Mas não há como negar: ele está aprendendo com o Button a comer pelas beiradas, dormir no chão para não cair da cama, a cozinhar em banho-maria… enfim, a ser mineiro…rsrs.

        Isso lhe fez falta no primeiro campeonato – fazer o quê? certas coisas só o caminho ensina – let it be (ainda bem, porque eu estava torcendo pelo Raikkonen).

        Abs.

      • No português claro.

        Difusor soprado pelo escapamento.

        Traduzindo, é aquele escapamento colocado no assoalho que sopra os gases no difusor.

        Velho amigo. : )

  5. Will disse:

    Não sei se é a boca amarga (estou parecendo torcedor Ferrarista com vergonha, o que não é o caso), mas acho que o pior é ficarmos discutindo como deveria ser feito o ‘jogo de equipe’.

    Na verdade não deveria ser feito!

    Achar que por envolver milhões devemos aceitar que pilotos de ponta se submetam a serem meros joguetes, é pensar raso demais.

    Alguém imagina Rafael Nadal, Roger Federer, Andy Murray, Novak Djokovic cedendo 1 set sequer por uma possibilidade de contrato?

    Eu posso ser taxado de ingênuo ou idealista, mas me dá ânsia de vômito imaginar a leve possibilidade de achar tudo isso normal ou de esquecer que aconteceu com o passar de anos.

    ps.: Hamilton e Button, e a McLaren, foram brilhantes em sua estratégia de ‘minimização de danos’. Mas temos que nos acertar para nos manter na briga pelo WCC.

  6. As dez maiores vergonhas da Formula 1.

    Reparem que na matéria do Terra 8 brasileiros estão envolvidos de alguma forma.

    http://esportes.terra.com.br/automobilismo/formula1/2010/fotos/0,,OI132380-EI14633,00-Confira+grandes+vergonhas+da+historia+da+Formula.html

    • Vitor, o de Recife disse:

      Só dez???? Tem tantas: os anos correndo na África do Sul em pleno apartheid; a temporada de 1994 (tem tanta coisa nessa temporada que não sei nem por onde começar); a gracinha do Schumacher em Mônaco, 2005…

    • Kkkkk.

      Tem razão Vitor, mas foi o terra que fez. : )

      Interessante que sempre vai ter um brazuca, Shummy e Alonso na parada.

      • Vitor, o de Recife disse:

        É… triste realidade…

        Sabe, estava vendo as repercussões da marmelada de domingo eu me dei conta que devo estar ficando ou mais cínico ou mais cético. Tinha gente dizendo que “nunca mais vou assistir F1”; outros que “estavam chocados”. Putz, eu fiquei puto na hora, mas depois me dei conta que era apenas previsível. A Ferrari simplesmente fez o que a Ferrari sempre pensou: o piloto mais bem colocado vai ser favorecido e ponto.

        E as colocações de “onde está o esporte nisso”? Pô, estamos falando de um negócio que estava, perdoem a expressão, se cagando para um fato que a opinião pública de todo o mundo condenava: o apartheid. A F1 não mandou o esporte às favas ontem, a coisa já é de muito tempo. Ou eu também estou ficando cínico?

      • Anselmo Coyote disse:

        Vitor,

        “A situação aqui está muito cínica
        Os mais pior vai pras clínica”
        (Adoniran Barbosa)

        Abs.

      • Alex-Ctba disse:

        Falando nisso, e o Ernesto hein? :D

      • Anselmo Coyote disse:

        Ele mora no Bráz.

  7. wilson disse:

    o massa não ficava falando que o barrica e nelsinho tavam errados?
    bem hora então de quem levava chunchada do massa por suas atitudes de falar o que pensam

    por ex. nelsinho piquet
    O brasileiro, atualmente na Nascar Truck Series e que já competiu com o espanhol na Renault, viveu situação semelhante em 2008, no GP de Cingapura, quando Flavio Briatore ordenou que ele batesse de propósito em um muro para facilitar a vitória do bicampeão.

    Questionado a respeito do que achava da atitude escuderia, Nelsinho foi enfático e direto: “Eu não tenho muita coisa a dizer. Mas espero, mesmo, que todo mundo veja com isso que a F-1 não é um mundo colorido. A coisa lá é pesada”, afirmou, por meio de seu twitter.

    “E, agora que aconteceu com o Massa talvez os grandes críticos vejam que falar é fácil, sempre fácil… mas o buraco é mais embaixo do que se pensa”, completou o piloto, que teve sua imagem danificada na categoria após participar do episódio relevado por ele mesmo, após sua demissão da Renault.

    fonte: tazio

  8. wilson disse:

    Lucas Di Grassi, sobre Massa: “É preciso seguir ordens”;
    http://tazio.uol.com.br/f-1/textos/20011/

  9. wilson disse:

    mas não fiquem chateados.

    vamos descontrair um pouco então:
    é chato ter alguém ficar buzinando atrás da gente no transito né?
    ficar jogando farol alto na gente também irrita.

    Já deram um jeito pra isso, deve ser da tabajara, lá do pessoal do planeta e casseta

    http://www.noticiasautomotivas.com.br/video-como-acabar-com-buzina-na-orelha-e-farol-alto/

  10. wilson disse:

    ow vitor de recife.
    Você não acompanhou as negociações (o imbróglio) para porem um técnico novo na seleção brasileira?
    o escolhido do povo e deles lá em cima (seu ricardo peixeira) era o felipão, mas já se sabia de antemão que ele não aceitaria, pois é um homem de palavra e o palmeiras não toparia a idéia.
    Além disso o felipão não é bobo nem nada, é muito tempo pela frente e pode daqui dois anos ser escolhido se as coisas não funcionarem.

    O peixeira (digo teixeira) foi então atrás do muricy, não porque gostasse do trabalho do muricy (afinal já se especulava que ia ser o mano fazia dias) só para chatear o pessoal do fluminense. O muricy que também é das antigas não aceitou.
    Chamaram o regra 3, o mano que não pensou duas vezes.
    Coisa de politicagem.
    Vai sofrer um monte de intervenção.
    O luxemburgo que já foi muito bom hoje em dia só quer saber dos bastidores, ganhar dinheiro, participar na venda, indicação de jogadores, etc… Com que ele aprendeu?
    com o dono da cbf.

    Felipão se aceitasse, primeira coisa que ele por escrito é que não aceita ingerência de cima.
    Assim também é f1 e outros esportes meu povo.

    Aqueles que acham que só existe amor a camisa, ética, e coisas bonitas, meus pêsames.
    O mundo é mais cinza escuro do que colorido.

    • Alex-Ctba disse:

      Aqueles que acham que só existe amor a camisa, ética, e coisas bonitas, meus pêsames.
      O mundo é mais cinza escuro do que colorido.

      Nem por isso devemos aceitar essa situação

  11. Anselmo Coyote disse:

    Nada como um dia após o outro.

    É sempre bom guardar aquelas moedinhas pequenas para dar o troco na hora certa… rsrs!
    O Massa que tanto criticou o Nelsinho e ainda fez um mise-en-scéne quando com ele encontrou num kartódromo depois de Cingapura, agora tem que ouvir isso. E olhe que o Nelsinho foi sutil.

    http://tazio.uol.com.br/f-1/textos/20045/

    Abs.

    • Sei que nesse mundo de muito dinheiro, todos os comentários são muito polidos, mas…

      Se fosse o Nelsão falando a coisa tomava contornos mais sarcásticos e o dedo ia mais dentro da ferida. Ele não ia deixar passar essa.

      Como ele falou mal do Barrichello só porque esse passou a perna nele uma vez.

    • Alex-Ctba disse:

      Estou aguardando o post do Coyote, fazendo a analogia entre o CrashGate e o episódio de ontem.

      • Lucas Túlio disse:

        “Estou aguardando o post do Coyote, fazendo a analogia entre o CrashGate e o episódio de ontem.”

        Eu tbm!

      • Anselmo Coyote disse:

        Amigos,

        Eu não sei escrever texto para post. É mais ou menos como jogar em um time ou ser peladeiro. Sou peladeiro. Prefiro a liberdade ao comentar, cornetar etc rsrs à responsabilidade de postar texto, tanto no que se refere ao conteúdo quanto à redação.

        Mas, voltando ao assunto, não há muito o que se falar sobre isso. São fatos dados. Basta dissecá-los e ver se guardam similitudes, se são da mesma natureza, se o impacto de uma batida altera mais os objetivos da equipe do que uma desacelerada… etc. Eu já disse: os meios são instrumentos para chegar aos fins e neste caso ambos os meios são antidesportivos.

        Os comentários é que podem nos revelar perspectivas sob outros pontos de vista. Eu aprecio muito quando um comentário me surpreende por ter origem numa abordagem que até então eu sequer cogitara.

        Abs.

      • Allan Wiese disse:

        Coyote, vamos tentar levar isso adiante, então. Talvez o que eu fale agora não acrescente nada ao que já foi colocado pelos amigos nos outros posts sobre o ocorrido no dia 25/07/2010.
        A comparação com o incidente de Cingapura com este de Hockenheim cabe sim, penso eu. Mas a maipulação ficou muito mais evidente naquela ocasião do que nesta. Na verdade, são dois lados que devem ser observados para tentar se chegar a algum lugar. Em 2008, Alonso não pontuaria, ou faria no máximo 1 ou 2 pontos, se Nelsinho não tivesse executado a ordem dada. Com o ato consumado, Alonso fez 10 pontos, ou 100% de lucro.
        No GP desse último domingo, Alonso faria 18 pontos e terminou somando 25. Aumento de ~14%. E Massa terminou a corrida, tendo bem menos prejuízo do que Nelsiho naquela ocasião. Mas esse é um ponto de vista.
        O outro já foi falado aqui por outros comentaristas e eu concordo com eles. Nelsinho não tinha muita opção se não obedecesse. Não tinha conseguido provar muito de sua capacidade até então e, se quisesse continuar com seu emprego, teria que cumprir as ordens. Já Felipe não precisaria disso para seguir pilotando na Ferrari. Ele não precisava puxar saco de Montezemolo ou Domenicali para garantir seu emprego em 2011 (claro, é sabido que Maranello não respeita muito seus contratos e que Massa daria muito menos prejuízo do que Kimi está dando em caso de quebra, mas ele tem a sua assinatura e a de Montezemolo lado a lado em uma folha timbrada e reconhecida em cartório). Massa, com sua atitude, jogou fora o que levou 10 anos para construir: a imagem de um piloto lutador (que na mesma pista tinha se negado à cumprir ordens de equipe à 8 anos) e que não se submetia à essas situações enquanto tivesse chances de brigar pelo campeonato.
        O maior prejudicado dos dois episódios? Massa, com certeza. Nelsinho não tinha muitos fãs. Os fãs de seu pai o apoiavam, mas sabiam que o caminho para que esse chegasse perto do que fez seu progenitor seria longo e duro, com pouca probabilidade de obter sucesso. Já Felipe, como já disse, perdeu a imagem que tinha diante de seus torcedores: um piloto que por pouquíssimo e bravamente perdeu um título mundial e que, por estar em uma equipe de ponta por pelo menos mais dois anos, poderia brigar e conquistar ainda um título. Mas o que todos vão se lembrar a partir de agora é que Massa cedeu, apesar de tentar deixar claro que não queria, a posição sem nem pensar por umas cinco ou seis voltas. Que tivesse pensado por mais voltas e decidido desobedecer. Teria uma crise interna pra resolver mas contaria com o apoio de uma nação. E isso ele perdeu em uma porcentagem muito maior do que os 14% de pontos para o campeonato.

  12. Dorfão disse:

    Nova atualização atribuida apenas a F10 de Felipe Massa.

    • Rodrigo Pedrosa disse:

      Equipamento que a Ferrari já tinha em estoque, só precisaram mudar os nomes dos pilotos…
      hehehe

  13. Novo post no ar.

    Texto do Alexandre Pires.

  14. Joao disse:

    Caras parabéns pelo Blog ficou muito bom e com posts de qualidade, e a quantidade de comentários é incrível com tão pouco tempo de existência.

    Sobre a corrida foi realmente ridícula a Ferrari, acho que os pilotos nem tiveram tanta culpa mas que o Massa devia ter dito um não devia, e a F.I.A. ( Ferrari imbecili Agenci ) esses últimos anos tem feito uma cagada atras da outra, não duvido nada que essa historia não acabe em Pizza meia espanhola e meia italiana e com uma multinha simbólica ridícula que não vale nem um parafuso do carro.

    E quanto ao Helio Castro Neves na Indy aposto que se fosse um americano não teriam dado punição nenhuma, essa não é a primeira vez que sacaneiam ele e o Tony.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s