Red Bull patina na falta de comando.

Publicado: 27/07/2010 por Allan Wiese em Artigos

Depois de muita discussão ao redor de Maranello, chegou a hora de nos lembrarmos daqueles que foram muito falados na sequência de Silverstone. A Red Bull saiu da Inglaterra com uma crise de relacionamento. Webber ficou insatisfeito com o episódio da troca de asas e, ao ganhar a corrida, mandou o recado por rádio pro mundo todo ouvir. Sua intenção era colocar mais pressão sobre aquele que todos sabem ser o piloto em quem a Red Bull investe todas as suas fichas: Sebastian Vettel. O próprio Horner, chefe da equipe, declarou isso na semana seguinte àquele GP.

Porém, com os acontecimentos da prova de domingo, a Red Bull ficou um pouco de lado das discussões, mas não podemos esquecer de olhar para eles, pois ainda são os carros mais rápidos do grid. Olhando para os resultados desse final de semana, pode-se dizer que a Red Bull tem razão em beneficiar Vettel. Ele ficou na frente de Webber em todos os treinos livres do GP, marcou a pole-position enquanto Webber largou em quarto, e terminou a prova no pódium enquanto Webber chegou em sexto lugar.

Mas quem teve o maior prejuízo dos dois no fim das contas foi Vettel, já que sua péssima largada não permitiu que ele tentasse algo mais na corrida. Em uma pista de difícil ultrapassagem e um carro bem equilibrado que tinha em mãos, Vettel poderia ter se defendido dos ataques das Ferraris na prova, caso tivesse se mantido em primeiro.

O saldo disso é que ambos estão empatados em terceiro lugar na tabela com 136 pontos, mas por ter uma vitória a mais, Webber está na frente no campeonato.

Olhando para as atuações de seus pilotos, Horner, como já dito, teria razões para colocar a equipe trabalhando para Vettel. Porém, se ele quiser manter a coerência de seu discurso, na próxima etapa quem tem a vantagem no campeonato é Webber e, portanto, deve ser ele o benefiado da vez.

O que se pode esperar da Red Bull? Ela já se colocou por pelo menos duas vezes do lado de Vettel nessa temporada mas agora a situação ainda é favorável a Webber.

Agora é esperar por Hungaroring, traçado que favorece equipes com bons níveis de downforce, onde o EBD da Red Bull pode ser a grande diferênça na corrida.

comentários
  1. Will disse:

    Os rádios abertos durante a corrida foram uma grande sacada da FIA em termso de transparência e entretenimento.

    Os momentos mais explosivos da temporada vieram de alguns ‘memoráveis’ team radios…

    Não acho que a Red Bull seja tão imbatível quanto já pareceu. E isso, no final pode ser creditado á falta de pulso firme do Horner.

  2. wilson disse:

    o vettel é um bundão! enquanto fechava o alonso no muro deixava uma avenida pro massa passar.
    Acredito que o webber proxima corrida na Hungria vá fazer frente ao vettel, talvez não faça a pole, mas vai ficar mais perto.
    Acredito numa posição assim:
    1 – vettel
    2 – alonso
    3 – webber
    4 – massa
    5- hamilton

    e com alonso vencendo, vettel em segundo e hamilton em terceiro.

  3. Sirlan Pedrosa disse:

    Allan,

    Depois de tanto falar da Ferrari e dos acontecimentos envolvendo Alonso e Massa é como uma lufada de ar fresco ler seu belo texto.

    Antes de mais nada precisamos considerar o seguinte : uma equipe ter um primeiro piloto e trabalhar para ele é normal e lícito, logo podemos até discordar de uma preferência da equipe austríaca pelo jovem alemão (que não é tão grande ao ponto de inviabilizar o campeonado de Webber) mas jamais poderemos classificar essa postura como anti esportiva.

    Pois bem, eu acho que na Alemanha pela primeira vez no a Red Bull foi batida “de fato” na pista. Isso é algo para preocupar o time energético e talvez tirar um pouco dos módicos cabelos do Sr Newey.

    Em todas as outras corridas que não venceu a Red Bull ou teve problemas com o carro, ou com o tempo, ou com acidentes ou em última análise no Canadá com a estratégia dos pneus. Em todas essas provas tinham um carro capaz de vencer.

    Na Alemanha não. Durante todo o final de semana não foi a Ferrari que acompanhou eles, mas eles que acompanharam a Ferrari. Na corrida em momento algum Vettel deu mostras que podia andar junto e superar os carros italianos. E não deve ter sido por falta de entusiasmo, afinal corria diante de seu público.

    Penso que mesmo que largasse na frente não teria chances de manter a ponta depois das trocas de pneus.

    Foi uma situação pontual de adaptação do carro à pista e acerto deficiente, ou a Ferrari chegou mesmo neles? A Mclarem não chegou, mas pelo histórico podemos apostar que “deve” chegar…

    A corrida na Hungria deve favorecer bastante o carro da Ferrari e depois entramos num período de férias em que as equipes não podem trabalhar nos seus carros.

    Será que a balança que pendia para a Red Bull mudou de lado ???

    Um abraço,

    Sirlan Pedrosa

    • Allan Wiese disse:

      Obrigado Sirlan.

      O que mais preocupa para os lados de Milton Keynes é que, como as estatísticas do Alexandre podem comprovar e o Horner disse que não pode mais acontecer, as pole-positions conquistadas não se refletem na tabela de pontos. E agora que temos, como você falou, uma equipe que parece ter chegado de fato, a Red Bull não tem vantagem para administrar.
      Penso que a pressão sobre os pilotos, que já era grande, deve aumentar mais ainda. E fico curioso pra saber como Vettel vai lidar com ela, já que já demonstrou várias vezes que balança em momentos decisivos.
      Mas é bom ver uma equipe relativamente nova disputando com os cachorros grandes. Querendo ou não, atrai alguns espectadores a mais.

    • Anselmo Coyote disse:

      “Penso que mesmo que largasse na frente não teria chances de manter a ponta depois das trocas de pneus.”?

      Uai, Sirlan?! Quem largou na frente e fez lambança?

      Abs.

      • Sirlan Pedrosa disse:

        Coyote,

        Considere assim :

        “Penso que mesmo que continuasse na frente depois da largada….”

        Um abraço,

        Sirlan Pedrosa

    • Claudio CArdoso disse:

      Grande Sirlan.

      Me bateu uma duvida.

      “A corrida na Hungria deve favorecer bastante o carro da Ferrari e depois entramos num período de férias em que as equipes não podem trabalhar nos seus carros.”

      Como eles fiscalizam se a equipe nao esta desenvolvendo nada ?

      • Sirlan Pedrosa disse:

        Cláudio,

        Não sei onde eu li, mas parece que as fábricas param. Entram todos de férias.

        Um abraço,

        Sirlan Pedrosa

      • celso gomes disse:

        Mas nada impede que alguns funcionários façam umas horinhas extras né meu mestre Sirlan?!! ;-)

        abração

      • celso gomes disse:

        …ou que possam vender suas férias.

        outro abração

      • Sirlan Pedrosa disse:

        Celsão,

        Eu acho que é compulsório a parada, mas do jeito que esses caras são…vai ter neguinho trabalhando na garagem de casa…risos

        Um abraço,

        Sirlan Pedrosa

  4. Vitor, o de Recife disse:

    O escândalo da Ferrari foi uma benção para a Red Bull. E um desastre para Webber, que precisa desesperadamente do foco da mídia em sua briga com a Red Bull.

  5. Alex-Ctba disse:

    Allan, o bicho pegou aqui no trampo, depois do almoço eu volto pro blog.

    see you guys

  6. Anselmo Coyote disse:

    Priorizar Vettel ou Webber dá na mesma.
    Eu priorizaria o Webber.
    Com tudo a favor e largando na frente o alemão andou ganhando umas corridas. Agora nem largar ele está sabendo mais.
    Disputar posição e ultrapassar? esqueça, porque ele nunca soube o que é isso. Passar Hispania, Lotus etc não conta, óbvio.
    Abs.

    • Allan Wiese disse:

      Saber quem priorizar na Red Bull pode estar sendo um grande dilema para Horner. Um piloto experiente que tem histórico de cagadas, mas está em um momento constante ou um piloto jovem que tem muito potencial mas está fazendo um monte de cagadas?

    • Lucas Túlio disse:

      “Agora nem largar ele está sabendo mais.
      Disputar posição e ultrapassar? esqueça, porque ele nunca soube o que é isso. Passar Hispania, Lotus etc não conta, óbvio.”

  7. Alexandre Pires disse:

    Allan,

    Seja bem vindo. Parabéns pelo ótimo e apropriado post.

    Já tivemos muitas conversas antes e é bom saber que você também está na equipe. Vai acrescentar e muito ao ultrapassagem.

    Quanto à RedBull, agora, além de bem gerir a cisma de seus pilotos, terá de fazer valer seu favoristimo técnico vindo de Newey.

    Mas como bem lembrou o Sirlan, é a primeira vez que a Red Bull enfrentou um carro à altura de seu RB6… e perdeu. Se foi circunstância de pista eu não sei, mas acho que Hockenheim oferece setores tão diversificados que é provável que o F10 realmente tenha alcançado o RB6. Haja a vista a coincidência das tais asas dianteiras baixas em ambos. (Espionagem?!) ;)

    • Allan Wiese disse:

      Thanks mate!

      A partir de agora o campeonato começa a ficar muito interessante. A Red Bull pode ter perdido a sua egemonia e terá que brigar com duas equipes que tem muito mais experiência em finais de campeonato.
      É nessas horas que se faz necessário um bom gerenciamento do time e como o Will falou acima, pode-se dizer que Horner não é um dos chefes de equipe que consegue gerir bem ou extrair o máximo de seus comandados.

      • Claudio CArdoso disse:

        “É nessas horas que se faz necessário um bom gerenciamento do time e como o Will falou acima, pode-se dizer que Horner não é um dos chefes de equipe que consegue gerir bem ou extrair o máximo de seus comandados”

        Isso muito me preocupa.

        Imagina o Gerenciamento dos Italianos. Nos ultimos anos so cagada.

  8. Will disse:

    Na Hungria devemos ter uma reedição da briga entre Red Bull e Ferrari, com a McLaren tentando beliscar os 2ºs pilotos das outras 2.

    O Webber já prometeu que vem com tudo na Hungria. Minha aposta é nele.

  9. Will disse:

    Hamilton sobre Hungaroring: “(…) it’s got a reputation for being a slow track where it’s impossible to pass, but I don’t really agree with that.”

    Será que há alguma pista onde seja impossível ele ultrapassar alguém? Rsrsrs

  10. celso gomes disse:

    Allan meu caro,

    Em primeiro lugar parabéns pelo texto. Na medida certa.

    Vamos falar um pouco de Red Bull agora. Depois daquela largada de merda onde o Tião mostrou mais uma vez que é um piloto super-hiper valorizado, ao não conseguir controlar adequadamente a força do carro – saiu meio patinando – e pior, ao focar a sua atenção em “emparedar” o Nada Sei ao invés de se preocupar, exclusivamente, com a corrida dele Pastel, chego a uma brilhante conclusão. Vai dar McLaren na cabeça, sem sombra de dúvida em 2010. Não há genialidade no mundo que faça a Red Bull ganhar esse campeonato sómente com a força de seu carro. O Canguru, considerado por todos nós apenas com um bom mas estabanado piloto até a escassos 3 meses atrás, ainda tentou dar um colorido e um alento para a equipe dos Touros, mas a preferência escancarada no Tião vai ser o último prego no caixão da equipe. O cara que faz uma largada daquelas deveria ser proibido de disputar o campeonato mundial. O “menino” Tião foi muito burro e o mais interessante foi ver ele explicando com gestos, na coletiva, como o Zacarias tinha sido passado por ele, assim meio “vrummmm”. Patético.

    Porque a MacLaren, porque tem o Miltinho, mais amadurecido como piloto e o bom Butão que seguram a peteca. A Ferrari, bom a Ferrari, tem o Nada Sei, o escolhido do mundo corporativo espanhol e quem mais? Ah, o Zacarias, o capacho!

    abçs a todos vcs. Fui!

    • Allan Wiese disse:

      Obrigado Celso. E retribuo: seus textos são sempre bem humorados e acertivos.

      A uns tempos atrás discutiamos aqui, através de estatísticas e da memória, que Vettel era um piloto com dois comportamentos diferentes em duas situações diferentes: se largasse na frente, ou chegasse na frente depois das primeiras curvas, ninguém segura. Foi assim na Malásia e foi assim em Valência. Mas se for observar os outros resultados de Vettel, ele não foi capaz de fazer nada para buscar algo melhor. No segundo lugar em Mônaco Webber foi absoluto. E nos outros dois pódiums, não fez nada para chegar mais perto (Alemanha ele não tinha carro pra tanto, vamos concordar). Quando Vettel não larga bem sua corrida não deve trazer nada de novo (a não ser que vá até o fim do grid).
      Com essa inconstância de largadas, Vettel perde a chance de se tornar campeão com 23 anos e vai precisar olhar muitos vídeos (pode até aprender com Massa largando e com Hamilton indo em busca dos resultados, seja em carros de fim de grid ou de início de grid). Como você disse, se até aqui, onde eles tinham claramente o melhor carro, eles não estão na frente, então a partir de agora, onde parece que eles tem concorrentes fortíssimos, vai ficar difícil levarem o título pra casa.

      • celso gomes disse:

        Allan caríssimo.

        Portanto concordamos quase que “ipsis literis” sobre o Tião. O quase fica por conta que você o fez de uma forma elegante e o escriba aqui de uma maneira tosca ;-)

        abção

      • Allan Wiese disse:

        Hehehe, bem por aí Celso…

  11. Alex-Ctba disse:

    Muito bom o débute Allan. Texto na medida certa, como disse o Celso. Se eu tivesse q apostar em um dos pilotos da Red Bull para o título, sem dúvida seria o Webber. O cara até o momento foi quem mais venceu na temporada, não judia tanto da máquina qto. o Vettel e ainda tem umas tiradas irônicas contra a própria equipe, como foi o desabafo após vencer na Inglaterra.

    Não vou condenar o Vettel ainda, pq ele é, junto com o Alguersuari, o caçula do grid e todos lembram das besteiras q o Hamilton fazia até o ano passado, por causa da inexperiência característica da idade.

    Hamilton amadureceu e dá mostras hj q pode vencer td se tiver carro para isso, e o Vettel pode vir a ser q o Hamilton é hj. Potencial para isso ele tem, mas no momento, o status q a mídia lhe deu, fez o sucesso lhe subir a cabeça, e o q falta para ele, na minha opinião, é humildade para reconhecer seus pontos fracos, atacá-los e tornar-se o piloto top q todos acham q ele será um dia. E nesse ponto, Horner tem um papel fundamental, como teve Ron Dennis em relação ao Hamilton, e Whitmarsh q gerencia a equipe de uma maneira sólida, como fazia seu antecessor.

    • celso gomes disse:

      Alex my friend,

      Gosto de você porque é muito equilibrado em suas análises. Agora eu não coloco o Miltinho e o Tião em um mesmo saco. São farinhas de qualidade muito diferentes. O inglês desde cedo sempre foi muito mais abrangente em sua pilotagem do que o alemão mimado. Ele é bom tanto saindo atrás, quanto saindo de cara para o vento. É muito mais inteligente que o seu colega alemão. Lembra-se daquele video sobre uma corrida de F3 que eu postei lá no Becken alguns meses atrás? Lá da para ver bem uma competição entre os dois com carros iguais. A diferença entre um e outro é brutal e continua assim até hoje.

      Para finalizar, feche os olhos e imagine-se no Bahrein em março passado e veja o Miltinho sentado no carro dos touros e o Tião no MP4-25. Agora abra e veja quem estaria disparado na frente do WDC. Dá para imaginar quem, e com folga, né meu amigo?!!

      Pau que nasce torto, morre torto – só da para dar uma ajeitadinha aqui e acolá. ;-)

      1 gde. abç

      • É deste que você tá falando, Celso? Fui procurar lá pelo youtube…

        A partir do 5:00 vemos o ápice da disputa entre Vettel e Hamilton. Uma bela ultrapassagem de oito curvas.

      • Alex-Ctba disse:

        Celso, vou dar o benefício da dúvida ao Tião. Potencial não falta pro moleque. É só ver as coisas q ele fez de STR em 2008, conseguindo uma vitória épica em Monza inclusive, a primeira e única do time, feito q uma Sauber por exemplo, ainda não conseguiu.

        Claro q ele não tá no nível do Hamilton, mas pela pouca idade, e acreditando no potencial do ser-humano em aprender com os erros e evoluir, quem sabe ele não venha a ser um top driver como o Hamilton, Alonso etc

      • Will disse:

        Única vitória de um motor Ferrari fora de uma Ferrari salvo engano…

        Gosto do Vettel, acho que ele termina o ano na frente do Webber (e os dois atrás do Hamilton).

        ps.: em Hungaroring o Kubica vem muito, muito forte…aposto em pódio do polaco.

      • Alex-Ctba disse:

        Alguns podem dizer q foi uma vitória circunstancial, devido a classificação, mas foi uma vitória épica. Não estou levando muita fé na Renault para a Hungria. Acho q vai ser uma briga de foice entre Red Bull e Ferrari, nesta ordem.

      • celso gomes disse:

        É esse video mesmo Alexandre, que aula de pilotagem!

        Alex, concordo com você quanto a 2008 e Monza, sem dúvida. Mas já era para ele ter aprendido. Apesar dos 23 anos, já é quase um veterano em participações na F1 com 54 GPs disputados.

        Will meu amigo ludovicense, estou contigo quanto ao qualira (no bom sentido!) do Polaco.:-) Pistinha boa para ele e para seu Ranault, pena que seja uma merda para nós torcedores.

        grandes abraços para os 3

      • Dorfão disse:

        Importante lembrar que Hamilton foi campeão sendo imaturo, inexperiente e tudo mais…

    • Allan Wiese disse:

      Obrigado Alex.

      Hamilton amadureceu e dá mostras hj q pode vencer td se tiver carro para isso, e o Vettel pode vir a ser q o Hamilton é hj. Potencial para isso ele tem, mas no momento, o status q a mídia lhe deu, fez o sucesso lhe subir a cabeça, e o q falta para ele, na minha opinião, é humildade para reconhecer seus pontos fracos, atacá-los e tornar-se o piloto top q todos acham q ele será um dia

      Esse é o ponto crucial. Todos sabemos do potencial que Vettel tem. Mas mesmo Hamilton já foi mais maduro do que ele está sendo na sua segunda temporada em que disputava o título (que era a sua segunda na F1, contra a 3ª e meia de Vettel). Vai chegar lá? Com certeza. Mas como você disse, se perdeu no obba-oba…

  12. Joao disse:

    Sempre dizem que Vettel tem potencial e se amadurecer pode começar a ganhar campeonatos mais ele já está na f1 a – + 3 anos e continua cometendo os mesmos erros de novato, isso seria aceitável se ele estivesse na sua primeira temporada como o Petrov mas agora já não da mais, o cara tem braço, tem habilidade mais não sabe se portar sobre pressão e não acho que isso tenha conserto, ele é assim mesmo, é a personalidade dele , e essa largada dele foi ridícula alem de não ter conseguido se defender do nadasei ainda tomou um passão do Massa, só não é a mais feia porque tem as do Barrichello com o anti-stall , mais também acredito que as Ferraris tiveram mais tração na largada e provavelmente ele teria tomado uma ultrapassagem de pelo menos uma de qualquer jeito.

    Não duvido que continuem favorecendo o Vettel mesmo com Webber(ou como diria aquele narrador chato VVeber) na frente, a RedBull investiu muito com Vettel(ou como diria aquele narrador chato FFFFetel) e não ha diferença nos pontos, só um critério desempate.

  13. Novo post no ar.

    Um pouco de teoria da conspiração que todos adoram.

  14. KBK disse:

    A Red Bull é uma equipe nova, portanto, inexperiente. Assim como o Horner na F1. Por isso, não acho um absurdo os erros cometidos. Mas a conduta de Webber, com sua tradicional “guerra psicológica” só piora a situação.
    A questão de favorecimento a Vettel acho que é menor do que se tem pensado. Mesmo no clima quente do episódio da asa dianteira, Webber disse que essa era a primeira vez que algo assim aconteceu.
    Por parte de Helmut Marko, com certeza existe favorecimento ao #5, mas creio que Horner é um tanto quanto imparcial.

    Também, a lógica agora é não favorecer ninguém.

    Como você disse, na Hungria existe maior necessidade de downforce, mas creio que ainda seja menor que de vários outros circuitos. Em termos gerais, melhor para a Ferrari, novamente.

  15. […] Vettel. A forma como a equipe lidou com o desastre de Istambul evidencio que faltava, no mínimo, pulso firme dos dirigentes. Mas foram os protestos abertos de Mark Webber que colocou a Red Bull em posições […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s