O retorno da McLaren em Spa-Francorchamps: Sonho ou pesadelo?

Publicado: 26/08/2010 por Mari Espada em Artigos, Formula1
Tags:, ,

Após iniciar a temporada na liderança, com seu inovador F-Duct, nas últimas rodadas a McLaren vem sofrendo para acompanhar o ritmo de evolução da Red Bull e Ferrari, com seus difusores e asas flexíveis.

E a disputa não poderia estar mais acirrada, com cinco pilotos dessas três equipes apresentando uma variação de apenas 20 pontos entre si. Ou seja, tudo pode acontecer nessas últimas sete etapas da temporada!

Porém, para renovar sua caça ao título a McLaren precisa aprender com os momentos difíceis do último GP da Hungria, prova em que conquistou apenas 4 pontos, e seguir trabalhando duro no desenvolvimento e ajustes do MP4-25.

Com isso, em um momento que algumas equipes já estarão decidindo entre abandonar o desenvolvimento de seus veículos de 2010 e se concentrar exclusivamente em 2011, ou dedicar-se totalmente na briga pelo título da atual temporada, a McLaren não tem escolha!

Como não foi possível realizar um desenvolvimento significativo durante as férias de verão, devido ao fechamento obrigatório da fábrica, a equipe está depositando suas esperanças nos novos testes em Spa-Francorchamps para aperfeiçoar o último pacote de atualização do MP4-25, e ainda pretende lançar um novo pacote de atualização para Cingapura.

O chefão da McLaren Martin Whitmarsh está confiante quanto a este desenvolvimento:

“Embora nossas últimas atualizações tenha nos dado uma melhoria de downforce, o pacote ainda não foi explorado em todo o seu potencial. E nós vamos utilizar este pacote ainda em Spa, utilizando os treinos livres para nos fornecer mais informações que possibilitem ajustá-lo ao estilo de cada piloto”

E, além disso, existem outras causas para o otimismo da McLaren. As férias de verão permitiram à equipe realizar trabalhos de manutenção em seu túnel de vento, o que deve melhorar a obtenção de dados referente à aerodinâmica do MP4-25.

E ainda alguns engenheiros acreditam que os mais rigorosos testes de rigidez da asa flexível da Red Bull e Ferrari irão obrigar as equipes rivais a reverem seus carros, o que daria a McLaren uma retomada espetacular de evolução, semelhante ao início da temporada.

Para Lewis Hamilton, esse retorno ao GP da Bélgica tem sede de vingança, pois ele perdeu a liderança do campeonato para Mark Webber ao quebrar no fatídico GP da Hungria:

“Este ano eu vou para Spa bastante desapontado por não ter concluído a prova na Hungria devido à um problema de transmissão. Mas nós investigamos  e identificamos o motivo do problema, e agora estamos confiantes que isso não voltará a ocorrer”

Já o sempre racional Jenson Button pediu cautela no otimismo:

“Enquanto nós estamos otimistas de que os novos testes da FIA trarão esclarecimentos às regras e fecharão as lacunas entre as equipes de ponta e as demais, e que tanto Spa quanto Monza devem adequar-se melhor a o nosso pacote do que Hungaroring; ainda é importante lembrar que precisamos recuperar a dinâmica que tínhamos no início da temporada. “

Eu, como torcedora, tenho o direito de acreditar no desenvolvimento dessa equipe que já se mostrou forte e em muitos momentos ressurgiu das cinzas, feito Fenix. Mas, como comentarista, tenho a obrigação de questionar essa dose de otimismo divulgada estrategicamente às vésperas do GP da Bélgica.

Então fico pensando até que ponto a McLaren depende mais do erro das outras equipes doque do próprio acerto? E quais as chances da FIA reprovar a asa flexível utilizada pela Red Bull e pela Ferrari?

Qual a confiabilidade do MP4-25, que se demonstrou mais frágil doque a Red Bull, a Ferrari e até a Mercedes? E quantas vezes mais ele poderá deixar seus pilotos a pé?

Quais as possibilidades do pacote de atualização da McLaren ser ajustado tão rapidamente em Spa-Francorchamps? E qual será a promessa para Cingapura?

Seria este retorno da Silly Season a realização de um belo sonho para a Mclaren? Ou seria um grande pesadelo protagonizado pelo carro prateado?

Fonte de pesquisa: Formula 1

Anúncios
comentários
  1. Marco disse:

    Olha Mari , não sou um grande torcedor da Mclaren , mas acredito no ” destravamento “de alguns setores que foram responsáveis pela má atuação de Hamilton e Button no último GP , na Hungria .

    Tenho uma grande impressão Mari , que os carros da Mclaren voltarão a ter o desempenho do início da temporada com a aplicação do pacote de atualização aerodinâmica que deverá melhorar a performace dos MP4-25 , que não demonstrou na última corrida .

    E o campeonato né Mari , ainda está totalmente aberto , quero aqui me referir a situação do seu preferido … que não é o meu caso … , Hamilton no campeonato ; que está apenas a 4 pontos de Webber . Portanto uma vantagem que pode ser revertida até na próxima corrida . Mas confesso que não estou torcendo pra isso .

    Grande abraço .

    • Mari Espada disse:

      Obrigada pela opinião sincera, Marco! =)
      Espero que você esteja certo quanto à retomada de desempenho do início da temporada.

  2. Lucas Túlio disse:

    Go Mclaren, Go Lewis!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s