Minha paixão por Nürburgring.

Publicado: 07/09/2010 por Mari Espada em Artigos, Formula1
Tags:, , ,

Vista aérea do autódromo de Nürburgring

Foram tantos GPs da Europa que acompanhei em Nürburgring, mas nunca me perguntei qual era a história daquelas curvas…

Curvas de Nürburgring Nordschleife

Então a minha percepção mudou ao olhar para este circuito através do game Forza 3 do X-Box 360, pois ao correr pelo traçado de Nordschleife (Anel Norte de Nürburgring) com uma poderosa McLaren F1 fiquei apaixonada pelo seu ar misterioso, com aquela floresta de densa folhagem verde escura e com aquelas mensagens gravadas à tinta no asfalto de todo o circuito.

McLaren F1 – Forza Motorsport 3

Segue um vídeo de uma volta em Nürburgring Nordschleife no game Forza 3, a bordo de um Dodge Viper SRT 10 ACR:

E para apimentar ainda mais essa paixão, através da Live do X-Box, eu pude comprar o novo McLaren MP4-12C. Assim, por apenas “400 Microsoft Points” (aproximadamente R$5), consegui o vestido de noiva perfeito para o meu casamento com Nürburgring!

McLaren MP4-12C – Forza Motorsport 3

Até 2007 o autódromo de Nürburgring na Alemanha foi a sede anual do GP da Europa, onde Fernando Alonso venceu a corrida de despedida do circuito pela McLaren.

Vencedor do GP da Europa em 2007

Uso o termo despedida, pois a partir de 2008 até os dias atuais, a nova sede do GP da Europa passou a ser o circuito de Valência na Espanha. Mas para que os torcedores não sofressem de saudade, a partir de então Nürburgring passou a revesar com Hockenheim pela sede do GP da Alemanha, e assim de dois em dois anos podemos vê-la novamente no calendário da Fórmula 1.

GP da Alemanha, Nürburgring 2009

Mas a pista pela qual me apaixonei não é exatamente o autódromo que estamos acostumados a ver na Fórmula 1 atual…

O contorno da complicada "Karrussel", uma das mais difíceis entre as mais de 170 curvas do traçado

O autódromo de Nürburgring foi inaugurado em 1927, próximo às cidades de Nürburg, Colônia e Frankfurt, na Alemanha, originalmente a pista possuía aproximadamente 28 km de extensão, e posteriormente foi criado um traçado de 22 km para ser utilizado pela Fórmula 1 entre 1960 e 1976.

Desde seu nascimento foi considerado o circuito mais difícil do mundo, devido sua pista estreita, suas retas intermináveis “e não tão retas assim”, suas chicanes cegas, seu traçado irregular e extremamente grande (dificultando a memorização das curvas). Por isso este circuito foi apelidado pelo piloto Jackie Stewart de “Inferno Verde”.

Textos no asfalto de Nürburgring Nordschleife

Segue um vídeo desse épico circuito de Fórmula 1 na temporada de 1975:

Este traçado de 22 km foi palco de 5 mortes de pilotos de diversas categorias entre 1956 e 1969, e também de um acidente com Niki Lauda em 1976, quando o austríaco teve o carro incendiado e sofreu queimaduras.

Acidente de Niki Lauda em 1976

Após esse acidente, a Fórmula 1 passou a utilizar o traçado de 5,1 km, com o total de 67 voltas, onde existem poucas retas e reduzidos pontos de ultrapassagem. Neste novo autódromo existe uma homenagem ao piloto alemão Michael Schumacher, onde as curvas 9 e 10 são conhecidas por S de Schumacher (assim como em Interlagos existe o S do Senna).

Mapa do autódromo

Com isso o traçado de 22 km, chamado atualmente por Nordschleife (Anel Norte de Nürburgring), passou a ser utilizado apenas para os “Track Days”, um dia em que as pessoas podem acelerar na pista com seus carros particulares.

Mapa do anel Norte

Mas o circuito do Anel Norte também continua sediando algumas competições de longa duração, como a 24 Horas de Nürburgring  (o principal evento do ano, para carros de GT e de turismo), o Eifel Klassik (uma grande corrida de carros históricos) e algumas corridas nacionais.

Track Days Ferrari Modena organizado pela Motorsport

Nordschleife também é utilizada para o desenvolvimento e testes de carros superesportivos de diversas montadoras, pois é considerado o circuito mais difícil do mundo. E o desafio é tão reconhecido que o tempo realizado em uma volta neste circuito tornou-se um ranking comparativo entre os superesportivos.

Segue a tabela com os 30 melhores tempos realizados por superesportivos em Nürburgring Nordschleife:

Para ver a tabela completa consulte o Fastest Laps

Segue um vídeo da volta mais rápida de Nordschleife, realizada por Michael Vergers em um Radical SR8LM:

E como se tudo isso não fosse o bastante, Nürburgring também abriga um evento anual de música, o famoso festival de rock intitulado Rock Am Ring, que acontece no circuito desde de 1985.

Rock am Ring 2010

Depois de saber de todos esses detalhes históricos, você não se apaixonou por Nürburgring também? Pode me contar que eu não sou ciumenta…

Fonte de pesquisa: Wikipedia

comentários
  1. Mari Espada disse:

    Aaaah… Eu ainda vou pra Alemanha dirigir pelas curvas do Inferno Verde!
    Mas enquanto esse dia não chega, eu vou curtindo o nosso romance virtual. É o jeito! =)

  2. Tomás Motta disse:

    Belo post Mari.

    O circuito é lindo, ano que vem estará de volta.

    E o GP de 2007 foi muito emocionante, e de quebra a vitória de Alonso.

    No game é bom jogar, falando nisso, lá vou eu… rs.

  3. Lucas Domakoski disse:

    WOW! Essa volta com o SR8LM foi literalmente RADICAL!!! Essa pista realmente é maravilhosa, imaginem só a F1 atual correndo por lá!
    Sempre gostei muito do traçado, da mística que o envolve…só que é muito difícil sequer completar uma volta nos videogames! A última vez que tentei foi em um mod da temporada de 1970 da F1. Larguei em último (não consegui nem fazer a volta de qualificação =P), nas primeiras curvas cheguei a segundo (com o Fittipaldi em primeiro!), porém tentando chegar à primeira colocação eu saí muito rápido de uma curva no meio do traçado, bati com força no guard-rail e fui arremessado…passei voando por cima da pista…fui parar no meio da floresta… =P
    Se fosse de verdade, teria dado morte! =/

    • Mari Espada disse:

      Eu tento imaginar a F1 atual correndo lá… mas tudo que vejo são acidentes! Hehehe.
      Eu também só me f*do nessa pista nos games… mas tenho conseguido completá-la em uns 11 minutos! O que é BEM RUIM comparado com a volta mais rápida de 6:48, né? Mas fazer o que!? =)
      Mas para chegar nesse tempo fui começando com carros mais normais, para aprender uns detalhes do traçado, como essas retas “tortas”, ou as curvas com milhares de raios diferentes, um inferno! Aí depois fui subindo de nível, até chegar nos superesportivos. Mas continuo tento que me concentrar bastante para não me enfiar na floresta! (eu também já fiz isso!)
      Enfim, boa sorte para nós! =P

  4. Vitor, o de Recife disse:

    Grande texto, Mari!

    O que é mais sensacional é que Nürburgring conseguiu preservar o seu traçado original. Olha o crime que fizeram com as longas retas de Hockenheim…

    Agora digam se Tilke não é um criminoso? Bem, na verdade ele é o capanga, criminosa mesmo foi a FIA ao autorizar isso…

    • Alex-Ctba disse:

      Grande texto Mari e que concidência Vítor, acabei de escrever um post e citei exatamente o assassinato das retas da floresta negra. Leia lá, está na fila para publicar.

      • Vitor, o de Recife disse:

        Opa, não vou estragar a surpresa não… ;)

      • Mari Espada disse:

        Obrigada Alex, fico honrada que tenha gostado do texto!
        E estou curiosa para ler esse seu post! Vamos ver quando o Boss irá publicá-lo…

    • Mari Espada disse:

      Que horror! A verdadeira Hockenheim virou mato!
      A sorte de Nürburgring Nordschleife (a de 22 km) foi ter saído do calendário da F1, senão já teria sido mutilada também! Mas de toda forma o autódromo continua intocado, né? Só espero que o Tilke esqueça que Nürburgring existe!

      E obrigada por ter apreciado o texto! =)

  5. Allan Wiese disse:

    Ótimo texto Mari! E compartilho desse seu sonho de guiar por lá. De Porsche! Mas com uma 12C seria lindo também…!

    E não tem jeito: tradição é tradição.

    • Mari Espada disse:

      Obrigada Allan!
      Olha, se um dia eu puder guiar por Nürburgring de verdade, vou escolher um carro bem normalzinho. Eu vou passar longe dos superesportivos, senão eu me mato na primeira curva! Hehehe.
      Eu encaro um 12C à 300 km/h só no mundo virtual mesmo… =)

  6. Eduardo Cordeiro disse:

    Voltei de lá há três semanas e é realmente fantástico. Há algumas empresas que alugam carros preparados para correr lá, e eu fui com a http://www.rent-racecar.de. O Theo e a Heide são fantásticos, e só a “information lap” que o Theo fez conosco na chuva de minivan, deixando muito Porsche pra trás, já teria valido a pena a viagem.

    Se você já conseguiu memorizar a pista no Forza 3, vá sem medo: o traçado é exatamente esse; a única coisa que você não percebe bem em simuladores é a diferença de altitude, que chega a ser de 300m do ponto mais baixo pro mais alto da pista. Em algumas partes da pista que eu faria de pé em baixo no simulador eu paguei pau e tirei o pé de puro medo na pista seca :)

    Outra diferença importante é que se você bater, em vez de apertar pause/restart, você paga o seguro de alguns milhares de euros…

    No primeiro dia, 15 de agosto, estava chovendo torrencialmente lá e aluguei um Suzuki Swift; foi bem tenso, com aquaplanagem, alguns carros rodando, motos caindo. No segundo dia, com pista quase toda seca, foi um Golf GTI de 220 cavalos…a sensação é incrível, recomendo pra qualquer um que goste de correr.

    Além de Nordschleife, tem um centro com alguns prédios perto da entrada pra pista atual, que eles chamam de GP circuit. Eles fazem um tour guiado pelo paddock e sala de imprensa, tem um museu muito bom de automobilismo, e várias lojinhas com lembranças de lá.

    Também passei em Hockenheim, que fica a menos de 200km de lá, mas como tinha um evento de drag racing não pude aproveitar tanto.

    Tem alguns fotógrafos que ficam na beira da pista tirando fotos pra vender pela internet depois; as que tiraram de mim são essas:

    http://www.pistonspy.com/v/2010/Nurburgring/15-08-2010-TF-OldTimer-WetTrack/15-08-2010-TF_OGP-0159.JPG.html (só sei que sou eu pela placa do carro :) )

    http://www.pistonspy.com/v/2010/Nurburgring/16-08-2010-tf/16-08-2010-TF-0312.JPG.html

    http://www.pistonspy.com/v/2010/Nurburgring/16-08-2010-tf/16-08-2010-TF-0128.JPG.html

  7. Eduardo Cordeiro disse:

    Ah, e o recorde de lá é do Stefan Bellof, correndo no campeonato de sports cars (que era tão prestigiado quanto a F1 na época, e estão tentando reviver): 6:11!

    • Alex-Ctba disse:

      Bellof q antes do Schumacher surgir, era a grande esperança alemã na F1 e faleceu precocemente em uma corrida de esportes protótipos em Spa em 1985.

      • iDavid disse:

        Rapaz, ninguem tira da minha cabeça que se o Bellof n tivesse morrido com aquela fechada criminosa do Jacky Ickx, Ayrton Senna teria tido mais um rival à sua altura…

  8. Aviso aos navegantes, post novo com data velha no blog:
    https://ultrapassagem.wordpress.com/2010/09/05/a-morte-de-uma-estrela-da-formula-um/
    Para quem gosta das lendas da Fórmula Um: Jochen Rindt!

  9. Mari Espada disse:

    Voltei aqui apenas para deixar esse vídeo do Nick Heidfeld pilotando sua F1 BMW por Nurburgring Nordschleife.

    Notem como ele possui o domínio do carro que, por questões de segurança, está com limitador de velocidade (máximo de 275km/h), com pneus duros para reduzir o grip e com o chassis mais alto doque o normal. E ainda assim fez a marca de 7:29, que não pode ser comparada com a marca de Lauda (6:58) ou de Bellof (6:11), pois em suas épocas o circuito era menor.

  10. […] Le Mans sempre está no topo da lista, junto com Laguna Seca, Indianápolis e até mesmo a minha amada Nurburgring, dentre […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s