Vettel despreocupado: eis o motivo

Publicado: 14/09/2010 por Alexandre Pires em Artigos, Formula1
Tags:, , , ,

Largada em Sakhir (E) e chegada em Monza (D), temporada de 2010.

A Red Bull lidera com folga o campeonato de construtores. Com cinco corridas para o fim do campeonato, a equipe austríaca já tem quase o dobro de pontos da Ferrari, segunda colocada. A equipe italiana assumiu a vice-liderança do campeonato após o resultado expressivo obtido em Monza, deixando para trás a McLaren.

Sebastian Vettel e Mark Webber são o líder e o vice-líder do campeonato de pilotos, respectivamente. Cada um está com uma vantagem em torno de 100 pontos para o terceiro colocado do campeonato. Este é Lewis Hamilton, piloto da McLaren, que trava uma luta particular com Fernando Alonso, piloto da Ferrari, por esta posição. O outro piloto da Ferrari, o brasileiro Felipe Massa, já deixou o colega de Hamilton, o também inglês Jenson Button, para trás na tabela do campeonato. O brasileiro abre 20 pontos de vantagem sobre o inglês e mantém a esperança de lutar pelo terceiro lugar do campeonato. Melhor posição que as equipes medianas podem sonhar este ano, tendo em vista o desempenho imbatível das Red Bull.

A boa e velha Williams se recuperou no campeonato e deixou para trás a Force India no campeonato de construtores. Os pilotos dela, Barrichello e o novato Hülkenberg, correm atrás da velha raposa alemã, nada mais, nada menos que Schumacher, o heptacampeão, ungido como semi-deus do esporte. Tarefa que parece factível nas próximas cinco corridas. Talvez não seja tão fácil superar o lendário alemão como foi superar os pilotos da Force India, o conterrâneo dele, Sutil, e o italiano Liuzzi, mas esta é a meta da Williams para o ano.

Este seria o resumo dos campeonatos até Monza, caso as posições de largada fossem o critério de pontuação. Uma temporada hipoteticamente muito diferente da que se encontra em curso oficialmente. Muita coisa poderia ser dita sobre isto. Muita coisa poderia ser comparada. Mas o mais divertido é ver a tabela abaixo e notar como a temporada de Fórmula Um de 2010 tem sido realmente imprevisível e impagável. Para desespero de uns e alegria de outros. A Red Bull que o diga, mas é a única que pode deixar seus pilotos confiantes, como revelou o impassível Vettel: a pressão está nas outras equipes. Enfim, que cada um tire suas próprias conclusões e as compartilhe aqui.

Campeonatos de Fórmula Um (2010) hipoteticamente divididos entre a largada e a chegada.

Oficialmente, a Fórmula Um conta com dois campeonatos. Um que computa o resultado de pilotos. Outro, o de equipes (construtores). Mas há uma campeonato fantasma. É um que computa aquilo que poderia ter sido, mas nem sempre é. Para saber como este campeonato anda, basta separar a pontuação de largada e a de chegada. A diferença entre os dois, aliás, quatro, está tão grande este ano que merece um comentário exclusivo.

comentários
  1. Allan Wiese disse:

    Que loucura!
    Pra mim isso é só mais uma prova de que o RB6 tem algum dispositivo que faz com que ele ande mais rápido nas flying laps do Q3.
    Em ritmo de corrida (e confiabilidade do início da temporada) a Red Bull tinha carros um pouco mais desse planeta…

  2. Mari Espada disse:

    Excelente comparativo, Alexandre. Pra você ver que a classificação ajuda, mas não dita as regras…

    Vettel subiria de quinto (da chegada) para primeiro (da largada)? Uau, que diferença!
    É para provar que ele tem dificuldade de defender sua posição nas corridas… quem dirá ultrapassar quando necessário!

    Isso só favorece o Webber, o Hamilton e o Alonso, pois assim eles ganharam uma posição a mais (na chegada).
    E tudo de graça! Presente do alemão!

    E o mineirinho Button sempre discreto, subiu duas posições em relação à sua largada, deixando o Massa para trás do Vettel.
    Isso porque era pro Massa estar acima do Button se mantivesse as suas largadas… Nossa que horror!

    Rosberg, Kubica e Schumacher são constantes… impressionante!

    E na segunda divisão, mais uma vez o japa voador Kobayashi surpreende! Essa tabela prova que sua competência e garra garantiu sua escalada de décimo quinto (da largada) à décimo segundo (da chegada)!

    E no WCC, a minha amada McLaren sempre se superando! De 269 pontos (na largada) para 347 (na chegada)!!!
    Lewis e Jenson estão fazendo um bom trabalho nas pistas com o MP4-25!

    Enfim… são tantos dados que podemos ficar horas discutindo isso! Só que agora tenho que trabalhar… hehehe! =)

    Beijos!

  3. Alex-Ctba disse:

    Muito interessante essa estatística e, os que mais me impressionaram, para o bem e para o mal, foram Button e Vettel.

    Só q esses nºs não contemplam as corridas de recuperação. Por exemplo, Na Malásia, Hamilton e Massa, largam sem pontos e chegam com 8 e 6 respectivamente. Só que para eles conquistarem esses pontinhos, partiram de 20º e 21º.

    Para Alonso, teve vários casos, largando com bons pontos ( China ) ou sem pontos ( Mônaco ), entre outras corridas de recuperação. Na Austrália, por exemplo, ele larga com 15 pts e chega com 12 pts. Mas esse decréscimo de 3 pts, não reflete a excelente corrida de recuperação que ele fez após ser tocado pelo Button.

    Mas de uma forma geral, esses nºs mostram que a temporada está sendo muito boa e disputada e as corridas não foram tediosas, pela dinâmica das trocas de posições entre largada e chegada.

  4. allan,
    imagine como eles devem estar tranqüilos paras cinco corridas finais. a red bull tem tudo pra levar tudo este ano. como diz vettel, a pressão está nos outros. a minha vontade era ter um histórico das outras temporadas, mas fico imaginando que poucas devem ter tido tamanha discrepância entre largadas e chegadas. só um ótimo carro pra se dar ao luxo de perder tantos pontos e continuar na briga pelo campeonato.

    mari,
    ótima leitura! faça quantas quiser. =)

    alex,
    uma vez lá no f1around eu entrei numa conversa que contemplava de certo modo isto que você tá falando.
    para termos esta visão do todo que você aventa, teríamos de fazer um volta-à-volta dos 24 pilotos.
    cada vez que cruzassem a linha de chegada, computávamos a pontuação ou algo assim.
    depois era só fazer algumas proporções e teríamos um retrato de cada piloto.
    mas deve dar um trabalhão pra montar uma base dessa de dados.

  5. Marcus Zangari disse:

    Mari Espada, compare a pontuçao do massa entre largada e chegada, sao muito proximas, o que mostra que ele é regular, o que nao basta pra brigar pelo titulo, mas tbm nao é ridiculo!
    méritos pro button, que cada vez me surpreende mais.
    Vettel está cru, eu acho que ele nao leva essa.
    Estou torcendo por Hamilton, pra mim ele lembra muito o Senna.
    Alonso nao merece, apesar de ser excepcional, porem um pouco sujo, e acho que seria injustiça divina um Webber (apesar de otimo piloto) ser campeão do mundo e um Rubens Barrichello não.

  6. Mari Espada disse:

    Marcus,

    O Massa é mesmo regular… ou seja, mediano… então repito: Nossa, que horror!
    Afinal não é isso que espero de um piloto, ainda mais do ídolo brasileiro da atualidade… nosso país merecia ser melhor representado… pois depois do “caso de Hockenheim” meu pai e meu irmão andam meio órfãos na F1, assim como muitos outros torcedores.

    Sem dúvida Hamilton lembra o Senna… e quem sabe um dia não alcance a genialidade desse nosso herói… quem sabe!
    Quando vi pela primeira vez o capacete amarelo de Hamilton em sua McLaren, meu coração disparou! E ao vê-lo correr agressivamente, quase fui transportada de volta à minha infância… tal ídolo, tal fã!
    Mas não vou ficar rasgando seda por aqui… você já deve ter lido meus textos sobre esses dois pilotos excepcionais, não?

    E sobre o campeonato de 2010… está sim no colo do Webber! Não tem jeito!
    Ainda mais depois da merda que o Hamilton fez em Monza, acho que aquilo pode ter custado o seu campeonato. Pois agora as próximas pistas são favoráveis à Red Bull, o Webber está tranquilo com a quantidade de motores disponíveis, e o Vettel não é uma ameaça!

    Sendo assim (e seguindo a sua lógica)… coitado do Rubinho!

    • Marcus Zangari disse:

      exatamente, coitado do rubinho!
      nao me agrado mto com a ideia de um piloto sempre mediano e com uma temporada boa ser campeão, assim como foi com o “prodigio atrasado” Button ano passado, mas esse ano ele ta mostrando que fez sim por merecer e nao foi apenas uma temporada.
      mas tenho que concordar com voce, sou um defensor do massa, pois com 22 anos nao vi muito o senna e já tive como idolos gil de ferran e barrichello, mas após interlagos 2008 ganhei mto carinho pelo massa, e me entristece o acontecido na alemanha. a temporada regular nem tanto, afinal até o alonso só acordou agora.
      E a médio prazo me preocupo muito com o futuro brasileiro na F1.

  7. Vitor, o de Recife disse:

    Que coisa… mas uma prova de como a Red Bull e seus pilotos não têm aproveitado adequadamente o foguete que possuem.

    Ainda bem!

  8. […] ao resultado convertido nas corridas (vejam o confronto dos resultados da classificação e corrida neste excelente post do Alexandre Pires) o quadro para a prova amanhã assusta… ainda mais para o líder do campeonato, Mark Webber.O […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s