Os cinco candidatos.

Publicado: 20/09/2010 por Alex-Ctba em Formula1, Variedades
Tags:, , , ,

Entramos na semana do GP de Cingapura, uma das cinco provas que vai ajudar a definir o campeão da temporada. Em uma brincadeira que iniciamos na seção de comentários,  definimos essas corridas como os playoffs Ásia-Brasil, já que serão quatro etapas asiáticas, somadas ao GP de Interlagos, penúltima prova do calendário.

E esse clima de playoff se dá, justamente pela pequena diferença que cobre os cinco postulantes ao título, apenas vinte e quatro pontos do líder ao quinto colocado. Esses pilotos dominaram a temporada nos três quesitos que determinam o Hat Trick: Vitória, pole e volta mais rápida. Somente a volta mais rápida não foi monopolizada. No GP da Turquia e do Canada, Petrov e Kubica, respectivamente,  registraram o feito. Elencaremos abaixo o desempenho na temporada dos nossos candidatos:

Mark Alan Webber, 34 anos (27/08/1976) natural de Queanbeyan – Austrália – 153 GPs – 6 vitórias – 6 poles e 5 voltas mais rápidas.

Na atual temporada soma 187 pontos com 4 vitórias – 5 poles e 2 voltas mais rápidas. Pelos números de 2010 , não é por acaso que o australiano é o líder do campeonato. Está pilotando de forma consistente, e depois de um início de temporada medíocre, para o equipamento que dispõe, ganhou confiança e solidez nas suas atuações e vence o duelo interno apesar da preferência da equipe para o alemão prodígio. Tornou-se a opção número dois de vários torcedores  brasileiros, já que muitos enxergam em suas atitudes, a coragem que faltou a Barrichello e Massa, para insubordinar seus empregadores. Frase:   “Nada mal para um segundo piloto” ( Após vencer o GP da Inglaterra ).

Lewis Carl Davidson Hamilton, 25 anos (07/01/1985) natural de Stevenage – Inglaterra – 66 GPs – 1 título mundial – 14 vitórias – 17 poles e 5 voltas mais rápidas.

Na atual temporada soma 182 pontos com 3 vitórias – 1 pole e 3 voltas mais rápidas. Hamilton em 2010 revelou-se um piloto amadurecido, que comete menos erros do que incorria nas temporadas passadas, apesar de continuar forçando muito os limites de sua máquina. É o piloto que mais ultrapassa na F1 atual, não importa qual pista seja. Em todas as catorze etapas até aqui, Hamilton realizou ultrapassagens.  E é esse excesso de ímpeto,  o que pode comprometer seu belíssimo campeonato. Em Monza pagou caro por tentar uma ultrapassagem em Felipe Massa. Frase: “Eu estou sempre na briga, a questão é se meu carro está na briga” (Perguntado se estaria na luta pelo GP da Bélgica).

Fernando Alonso Diaz, 29 anos (29/07/1981) natural de Oviedo – Espanha – 154 GPs – 2 títulos mundiais – 24 vitórias – 19 poles e 17 voltas mais rápidas.

Na atual temporada soma 166 pontos com 3 vitórias – 1 pole e 3 voltas mais rápidas. O confiante piloto espanhol, como vocês puderam observar, é o maior vencedor entre os cinco contendedores. Persegue de forma obsessiva seu terceiro título mundial, objetivo que não conseguiu atingir quando dispunha de equipamento capaz em 2007. Venceu com facilidade o duelo interno com seu companheiro esse ano, pela preferência da equipe e protagonizou uma das cenas mais lamentáveis, porém, já habitual na Ferrari, ao vencer o GP da Alemanha ajudado pelo jogo de equipe. Já cometeu muitos erros na atual temporada, resultado de sua pilotagem agressiva, buscando mais do que sua F10 lhe permite. É o único dos cinco que conta com toda a preferência da equipe nessa reta final, e sua combatividade e sede de vitórias, empolga o time que orbita ao seu redor. Frase: “Essa situação é ridícula” (Inconformado pela equipe não permiti-lo atacar Massa no GP da Alemanha, antes do já clássico Alonso is faster than you)

Jenson Alexander Lyons Button, 30 anos (19/01/1980) natural de Frome – Inglaterra – 186 GPs – 1 título mundial – 9 vitórias – 7 poles e 3 voltas mais rápidas.

Na atual temporada soma 165 pontos com 2 vitórias – e 1 volta mais rápida. Quando se transferiu da equipe campeã Brawn GP para ser companheiro de Hamilton na McLaren, quase todos os analistas previram que Button tomaria uma surra Homérica do companheiro, já que o atual campeão mundial, travou uma dura batalha contra o “fraco” Barrichello na segunda metade da temporada passada, e por conseqüência seria presa fácil do prata da casa de Woking. Ignoraram o fato de que Button é um estrategista nato e o que pareceu uma domínio do brasileiro na Brawn GP, era na verdade a forma como Button administrou o campeonato, depois do seu início meteórico com seis vitórias em sete corridas. E essa faceta se revelou novamente, pois suas duas vitórias na temporada, foram frutos de estratégias arriscadas.  A sua consistência e tocada suave, poupando o equipamento, é um dos trunfos do inglês “gente boa” para tentar o bi-campeonato.  A falha da equipe em Mônaco e a trapalhada de Vettel na Bélgica, roubaram pontos preciosos de Button, que poderia estar mais próximo da liderança. Frase: “Para vencer na F1 tem que ganhar de todos, inclusive do seu companheiro de equipe” (Frase proferida entes do GP Britânico)

Sebastian Vettel, 23 anos (03/07/1987) natural de Heppenheim – Alemanha – 56 GPs – 7 vitórias – 12 poles e 5 voltas mais rápidas.

Na atual temporada soma 163 pontos com 2 vitórias – 7 poles e 3 voltas mais rápidas. Quando todos perceberam que o carro a ser batido esse ano seria o RB6, Vettel foi apontado pelos  insiders como o principal candidato ao título. Com o decorrer da temporada, o jovem alemão sentiu a pressão e foi aos poucos sendo superado pelo companheiro de equipe mais experiente. Ser batido pelo teórico “segundo” piloto, fez a estrela da casa cometer diversos erros, principalmente nas largadas, já que das sete poles, Vettel só conseguiu converter em vitória uma delas, no GP da Europa. Sua outra vitória foi na Malásia, onde Webber foi o pole. Sua velocidade é incontestável, mas a exemplo de Hamilton em 2007, a pressão por ser um dos favoritos ao título e a pouca idade, estão contribuindo para o questionamento de suas habilidades como piloto de ponta. Frase: “Em primeiro lugar peço desculpas. Obviamente não era minha intenção destruir a corrida dele e nem a minha” (Assumindo o erro no GP da Bélgica).

Como diziam os antigos, vamos ver agora quem tem mais garrafa vazia pra vender. E vocês? Votam em quem e porque…

Anúncios
comentários
  1. Will disse:

    Alex, gostei das frases!

    “Eu estou sempre na briga, a questão é se meu carro está na briga” kekekeke D+!

    Essas 5 corridas serão demais!

  2. Mari Espada disse:

    Excelente resumo, Alex!
    E que coisa, o lorde Button tem seu nome? Eu não sabia! =)

    Enfim, com certeza o campeonato deste ano está no colo do aussie e ele só não leva pra casa se não quiser! Já que o RB6 tem vantagem nessas 5 últimas pistas.
    Mas eu continuo confiante no meu querido Miltinho que, como ele mesmo disse, está sempre na briga! Só resta a McLaren acertar o MP4-25…

    Enfim, eu estou nesse grupo de brasileiros que você citou… pois se o Webber não é o segundo piloto da Red Bull, ele é o segundo piloto na minha torcida! =)

    Ah, e eu observei que o Hamilton e o Alonso possuem o mesmo número de vitórias (3), pole (1) e volta mais rápida (3) neste ano… até nisso eles estão competindo, é?
    Eita rivalidade!!!

    • Alex-Ctba disse:

      Verdade Mari, Alonso e Hamilton estão idênticos em vitórias, poles e voltas rápidas. Vamos ver quem desempata isso no Marina Bay.

      Webber tá com a faca e o queijo na mão, teoricamente esses ciurcuitos favorecem a Red Bull, mas vamos ver o q McLaren e Ferrari apresentam de novidades…

  3. Allan Wiese disse:

    Bela análise com uma ótima sacada das frases dos pilotos Alex!

    Webber: comparado a outros anos, esse é um Webber muito diferente. Um Webber que praticamente não erra. Vamos ver como será nessas últimas etapas. Outros pilotos que estão na briga já tiveram sua cota de erros/abandonos praticamente completa.
    Hamilton cresceu e continua crescendo como piloto e essa frase que ele disse mostra tudo o que ele é: guerreiro que não se contenta com o pouco, mesmo que isso seja o segundo lugar. Talento tem (e o torcedor aqui está com grande expectativa para o pacote de Woking pra Cingapura).
    Alonso é do mesmo grupo que Hamilton. Não quer nada além do topo. Usa de seus artifícios pra chegar lá, mas, de novo como Hamilton, dá show ao fazer isso da forma comum e aceitável. Se for campeão vai ser uma grande virada.
    Button levou azares que seu estilo pode não permitir buscar nessa reta final. Mas mesmo assim ele pode surpreender a todos nós assim como fez em Interlagos, 2009, naquela grande corrida de recuperação. Como o Alex fala, o mineirinho não é fraco.
    E Vettel tá naquela. Nunca se sabe o que esperar. Tão veloz na pista quanto para fazer cagadas, ainda é um dos que mais tem chance devido ao avião que tem na mão…
    Vai ser bonita essa briga. E vai até o final. A beleza da F1 é essa: equilíbrio e combinação de diversos fatores que faz tudo ficar com uma pitada de imprevisibilidade…

    • Alex-Ctba disse:

      Valeu Allan, ótimo tb teu complemento, e é isso mesmo, espero q o equilíbrio permaneça até Interlagos e q o título seja decidido aqui no Brasil, que é onde deve ser decidido um campeonato como esse de 2010.

    • Mari Espada disse:

      “comparado a outros anos, esse é um Webber muito diferente”

      O Webber de 2010 é como o Massa de 2008… Não parece o mesmo piloto que vemos há tantos anos na F1.
      Mas sinto que nestes casos “de um ano de sorte” a chance é única, ou é agora ou nunca!

      E cuidado com o Hamilton, há dois anos vocês viram como terminou essa história, né… hehehe! =)

      • Alex-Ctba disse:

        Só q a Red Bull parece q não vai fazer cagadas como a da mangueira q a Ferrari fez em 2008…

      • Vitor, o de Recife disse:

        Ainda assim, Cingapura é uma prova muito complicada para a Red Bull. Corrida de rua é safety car, com grandes chances de embaralhar as cartas. Em Mônaco e Valência a Red Bull conseguiu passar por todas essas dificuldades sem sustos, embora apenas com um de seus pilotos. E se Alonso não tivesse feito aquela besteira nos treinos, Webber teria que brigar para conquistar a prova de Monte Carlo; por isso, acho que a Red Bull pode até vencer, pois tem carro para isso, mas vai ter que suar.

  4. wilson disse:

    Muito embaralhado o campeonato esse ano. Lógica não entra em ação, infelizmente.
    Mas dos cinco hoje no momento, apos cingapura ficaremos afunilando para três candidatos.
    Hoje pela leitura que temos do campeonato e de seus duelantes,
    Na mclaren, sem sombra de dúvidas hamilton está um pouco mais em condições em sua luta pelo título deste ano. Mas sinceramente sua cota de azar, erros ainda tá em aberto.

    Button??? …. //// … só seu estilo mineirinho encaixar, tipo alguma tática diferenciada, sua tradicional tocada sem comprometer pneus puder fazer efeito, caso contrário não dá de apostar nele não.

    Webber? hum…o australiano tá me parecendo o mais assim com pinta de ser campeão esse ano. Bom carro na mão, não se intimidou com a equipe nem com vettel e provavelmente unica chance ainda concreta de terminar sua carreira com um título.
    Muito regular, líder… – apostaria parte das minhas fichas nele.

    Vettel? não esse eu não aposto, as chances de ele ser campeão são menores. Se tivesse que apostar nele, apostaria em quebra, em erro dele, algum azar da equipe ou algo assim.

    ALonso… – ano complicado. Perdeu muitos pontos ao longo do ano, mas com certeza evolluiu muito e tem total apoio da equipe nesse momento. O f10 parece estar evoluindo bem, aliado a grande motivação do asturiano é um aspecto que não podemos desconsiderar. Mas vai depender de seu resultado em cingapura.

    Não acredito em vitoria dele em condições normais. Mas sinto que poderá chegar em segundo lugar. Vejo atualmente button e vettel menos potencialmente candidatos ao título.

    • Alex-Ctba disse:

      Vítor

      Espero q o SC, se houver, seja natural e não forçado ;-)

      Wilson

      Bela análise, nem parece o Wilson “alonso f1 club” q eu conheço :D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s