A rã e o escorpião.

Publicado: 04/10/2010 por Alex-Ctba em Variedades
Tags:, , ,

Antes de discorrer sobre o bi-campeão Fernando Alonso, trago a vocês uma conhecida Fábula:

O fogo crepita feroz e avassalador. Na margem do largo rio que permeia a floresta, encontram-se dois inimigos figadais: a rã e o escorpião.
Lépida e faceira, a rã prepara-se para o salto nas águas salvadoras. O escorpião, que não sabe nadar, aterroriza-se ante a morte certa, estorricado pelas chamas ou impiedosamente tragado pelas águas revoltas.

Arguto e num esforço derradeiro, implora o escorpião:
— Bela rã, leve-me nas tuas costas na travessia do rio!
— Não confio em ti! Teu ferrão é inclemente e mortal — responde a rã.
— Jamais tamanha ingratidão. Ademais, se eu te picar, é morte certa para nós dois.
— É verdade — pensou candidamente o bondoso batráquio. Então suba!
E lá se foram irmanados e felizes. No entanto, no meio da travessia, a rã é atingida no dorso por uma impiedosa ferroada. Entremeando dor e revolta, trava o derradeiro diálogo:
— Quanta maldade! — exclama a rã, contorcendo-se. Não vês que morreremos os dois?
— Sim, responde o escorpião, mas essa é a minha natureza!


Essa introdução foi uma tentativa lúdica de se fazer uma analogia entre a fábula e os pilotos de Maranello. Felipe Massa, antes do início de seu trabalho como companheiro de equipe do espanhol, dava entrevistas dizendo que o relacionamento era muito bom, e que em poucos dias de convivência, já tinha conversado com ele, muito mais do que com Kimi Raikkonen, durante os três anos de parceria com o finlândes.

Massa também tentava marcar território, dizendo que a Ferrari era uma família e que Alonso teria que se adequar ao modo de trabalho da Scuderia, ao passo que ele já estava plenamente ambientado.  Pois bem, iniciou-se a temporada e, apesar de na classificação para o GP do Bahrein o brasileiro sair na frente, na corrida Alonso estreou com chave de ouro e conquistou sua primeira vitória pela Ferrari. Era o início de um processo, muito bem arquitetado pelo espanhol nos mínimos detalhes, desde a exigência da mudança do volante do carro, culminando com o já clássico “Fernando is faster than you”.

Mas todos esses jogos de bastidores, de nada valeriam se, nas pistas, o espanhol não correspondesse. E é dentro delas, que ele mostra seu verdadeiro valor. Corrida após corrida, o mais célebre cidadão de Oviedo, coloca inclementemente, tempo em cima do piloto brasileiro, que por mais que se esforce, não consegue tirar da F10 o mesmo que Alonso extrai.

Nessa reta final do campeonato, o maior vencedor dos cinco que disputam o título, é quase unanimidade entre os analistas, que o apontam como o piloto mais completo da atualidade e não hesitam em colocá-lo como favorito a conquista, ignorando Mark Webber, que atravessa excelente fase também, além de possuir um carro que foi superior ao longo da temporada  e que conta com mais saúde nos motores.

O Asturiano continua sua batalha incessante para adentrar ao seleto clube dos tri-campeões, feito que deveria ter acontecido já na temporada de 2007, quando, ao volante da McLaren, travou dura batalha contra Hamilton, que contava com toda a preferência da equipe na fase aguda da disputa,  e foi uma aposta arriscada de Ron Dennis, que não desejava que o pivô do escândalo  Spygate, levasse o número um para sua próxima equipe, já que em Woking sua passagem se resumiria apenas  aquela conturbada temporada.

Fernando Alonso é esse piloto fantástico nas pistas e terrível nos bastidores, que sempre atinge seus objetivos, pois tem a velocidade pura dos campeões correndo nas veias. Resta à rã Massa, achar um antídoto, para o poderoso veneno do escorpião Alonso.

comentários
  1. Anselmo Coyote disse:

    Alex,

    Bacana, o seu post. Afábula é espetacular. Porém (“… ai, porém há uma caso diferente…”) veja:

    “— Quanta maldade! — exclama a rã, contorcendo-se. Não vês que morreremos os dois?
    — Sim, responde o escorpião, mas essa é a minha natureza!”

    No caso em tela não morrem os dois. Ao contrário, um morre e o outro sai mais fortalecido ainda.

    Abs.

    EM TEMPO: Extra! Extra! Extra!
    “SÃO PAULO (arriba) – Sergio Pérez será o companheiro de Kamui Kobayashi na Sauber no ano que vem. Chega com o dinheiro da Telmex de Carlos Slim. Ele tem 20 anos e é o vice-líder da GP2. O que interessa aí é menos a qualidade do piloto do que a fonte de renda que desembarca na F-1. Slim já ensaiou montar um time, comprar algum já existente, tem grana saindo pelo ladrão.”

    Oxalá o dinheiro da Telmex não seja tão devastador quanto o do Santander. Deus proteja o Kobayashi, sushi-maker ou japinha-voador.

    Abs.

    • Alex-Ctba disse:

      Verdade Coyote. É que, quando o escorpião estava afundando, passou o Briatore com um barquinho e Salvou o aracnídeo…

      Qto ao mexicano, só se for um fenômeno pra andar mais do q o Koba. A conferir…

  2. Sirlan Pedrosa disse:

    Alex,

    Vendo seu post e a perfeita associação que você fez com a fábula da rã e do escorpião lembrei-me de história :

    Estava assistindo uma entrevista de Chico Rosa (antigo administrador de Interlagos e espécie de padrinho dos pilotos brasileiros, de Emerson a Senna).

    Ele falava maravilhas de Emerson Fittipaldi, de como foram para a Inglaterra juntos em 1969 para correr de F Ford, Emerson era o piloto e Chico “a equipe”. Não dava para imaginar que com história daquelas juntos eles não fossem pelo menos grandes amigos.

    Lá pelas tantas ele é perguntado sobre que piloto ele era mais amigo, e sem titubear responde : Wilsinho Fittipaldi. O reporter esperava que ele falasse Emerson e pergunta porque Wilsinho, se ele tinha convivido muito mais com o irmão mais novo e bem sucedido, além de que Wilisinho era conhecido pelo temperamento turrão e Emerson pela educação e modo exemplar de tratar as pessoas.

    Rosa dá um sorriso e diz que todo campeão precisa ter uma dose grande de egoísmo, acabando por achar que o mundo gira ao redor dele, e lembra o reporter que Emerson tinha vencido bem mais que Wilisinho….

    Um abraço,

    Sirlan Pedrosa

    • Alex-Ctba disse:

      Valeu Mestre! É verdade, egoísmo é uma das características dos campeões de F1. Alguns em maiores doses ( Senna, Alonso ) outros em menores doses ( Raikkonen, Button ).

  3. Mari Espada disse:

    Excelente texto Alex!!! Adorei essa abordagem lúdica para um tema tão delicado!

    E antes de mais nada, gostaria de compartilhar que hoje eu salvei a vida de uma rãzinha…
    Ela estava aqui no escritório, e toda a mulherada gritou ao ver a coitadinha. Mas eu, que só tenho medo dos insetos que voam, peguei ela com o meu lixo e o tampei para ela não pular! Então a levei lá embaixo no jardim. E todos viveram felizes para sempre…

    Hahaha, sorry guys! É que eu estou me sentindo um super-herói por ter salvado uma vida! =)

    Será que o Massa precisa da minha ajuda também????? =P

  4. Engraçado, mas na fabula eu só consigo visualizar Hamilton e suas ultrapassagens arriscadas, hehehe, não sei se é a resposta do escorpião “— Sim, responde o escorpião, mas essa é a minha natureza!”.
    Faltou egoísmo a Massa, espero que onde ele estiver ele não se esqueça disso, apesar que Alonso aumentou esse tipo de atitude depois de ter corrido com Hamilton, tanto é que voltou e acabou com Nelsinho e agora com Massa, Lembro que em 2007 Massa tinha um discurso bom, quando ele dizia que tinha que em primeiro lugar tinha que andar mais rapido que Raikonnen, mas depois foi amolecendo até que hoje ta mais para segundo piloto que pimeiro.

    • Anselmo Coyote disse:

      “…até que hoje ta mais para segundo piloto que pimeiro.”.

      Que é isso… O Massa é oficialmente o segundo e ainda foi intimado pelo Montezemolo a não fazer corpo mole, senão vai sair com a sola do carcamano carimbada nos fundilhos. Em suma, ele tafu.

      Abs.

      • Alex-Ctba disse:

        Exato coyote! Alonso é o único dos cinco que conta com um escudeiro oficial. Aí eu pergunto: Que hora que a McLaren vai priorizar ? A Red Bull, penso eu que ainda é complicado priorizar, mas a McLaren, sei não…

  5. wilson disse:

    vão morrer os dois abraçados na mclaren por causa disso.
    o lewis sim esqueceria qualquer acordo cavalheiros e partiria pra cima do button caso esse estivesse na sua frente. como é afoito e o button apesar de cavalheiro ainda aspira o título não bateria de propósito, mas lhe fecharia a porta com certeza.

  6. Anselmo Coyote disse:

    Não sei, Alex.
    Acho que ninguém em sã consciência é contra o jogo de equipe, afinal trata-se realmente de uma equipe e há muito dinheiro investido. O problema é que as coisas não são claras e quando acontecem ficam parecendo bandalha, deixando o torcedor irritado.
    O carcamano-mor deu as caras agora, mas, antes, diziam que as condições eram iguais etc. De repente o torceedor viu que é o contrário. Ele está falando isso para se salvar, dizer que era assim, que ele havia dito etc… mas está “salgando carne podre”, pois todos consideram (sabem) bandalheira o que ocorreu.
    Abs.

  7. Allan Wiese disse:

    Como já foi falado, é isso que diferencia os pilotos normais dos campeões. A sede pelos títulos acima de qualquer coisa. E como também já foi falado, essa característica outrora presente em Massa agora é sentida como faltante no nosso piloto brasileiro.

    Pergunte a Schumacher, Alonso, Hamilton e Button, que já sentiram esse gostinho – alguns mais outros menos – se algum deles poupou algum esforço para conquistar os seus objetivos no passado. Pergunte à esses que continuam na briga.
    A diferença (entre Alonso e Massa)? A postura desde o início da temporada. Um mostrou logo, ultrapassando na primeira largada, a que veio. O outro foi ficando, foi ficando – em respeito à família – e hoje é abertamente convocado a ser escudeiro.
    Voltemos ao episódio mais vergonhoso da história da categoria. É a maior prova de que o escorpião sempre vai ser escorpião. Para um piloto assim, os fins justificam os meios.

    E Coyote: ainda há esperança de a história real ter um fim parecido com a fábula: é só Webber continuar nesse ótimo momento que morrerão escorpião e rã…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s