O melhor e o pior da Coréia.

Publicado: 25/10/2010 por Allan Wiese em Formula1
Tags:, ,

O melhor é o "campeão dos sortudos"

Mais um GP de madrugada. O mais judiado de todos, diga-se a verdade.

Depois de quase me arrepender de ter acordado, a corrida finalmente começou pra valer e dela pode-se tirar algumas conclusões.

O melhor, por não errar, foi também o mais sortudo: Fernando Alonso. Destaque para a sua risada no rádio ao fim da prova, como que mandando um recado de “quem ri por último ri melhor” para aqueles que não acreditavam nas suas declarações de que tinha 50% de chances de título. Agora ele tem mais do que isso.

A direção de prova estava com medo de se molhar

O pior foi, sem sombra de dúvidas, a direção de prova. Quase fez da primeira prova na Coréia um grande fiasco, talvez o maior dos últimos anos, por medo de deixarem os carros correr. A corrida terminou tão tarde que era mais escuro que em Cingapura. Destaque negativo também para Adrian Sutil que não correu bem na chuva como de costume.

comentários
  1. André Correia disse:

    O melhor:
    Alonso – Quem sabe sabe, e mesmo com o azar dos outros é preciso lá estar para chegar em 1º, logo não considero sorte dele, mas azar/azelhice dos outros. Se voçê for fraco, por mais que os outros errem e tenham azar voçê não chega na frente porque erra também, daí se tira que a sorte não existe, apenas o azar dos outros, quem vem de trás só tem de não errar para chegar lá.

    Chuva(pouca) + Pista Nova – Fizeram a diversão de toda a gente com ultrapassagens, acidentes e saídas de estrada, a falta de aderência produzida por estes 2 factores fez a delícia dos aficionados.

    O pior:
    Red Bull – Não conseguiu traduzir a superioridade dos outros dias, por azar e por azelhice, mas realmente a equipa ficou em check para o título de pilotos, GP para esquecer. Vale-lhe o Mundial de Construtores.

    Chuva(muita) + Direcção – Iam fazer com que a prova que esteve para não acontecer, não acontecesse mesmo mas por causa da chuva, e só acho que foi tão adiada e com aquelas voltas todas de safety-car porque era a estreia dela e tanto o anão como os coreanos tinham de fazer com que a corrida acontecesse, senão corriam o risco de passar por uma vergonha mundial. Valeu a persistência deles para mudar o rumo ao campeonato.

  2. Andy disse:

    Menção honrosa para o Nick Heidfeld, que em 3 corridas já está empatado com o modorrento De La Rosa, mostrando que merece um lugar no cockpit ano que vem.

  3. Mari Espada disse:

    Verdade Allan, essa corrida foi sofrida demais!!!
    Mas eu também sofri bastante com a classificação de Suzuka, que passou a madrugada sendo adiada de meia em meia hora, e eu lá esperando… até que adiou-se para o dia seguinte.
    Então coloco ambas na mesma graduação no meu índice de sofrimento! Hehehe. =P

    Sobre o tema do post, vamos lá…

    O melhor: odeio admitir, mas com certeza foi o belo espanhol da foto aí em cima. Sua pilotagem consistente durante toda a prova o fez, inclusive, compensar os erros da equipe. E assim chegou ao ponto mais alto do podium, rumo ao tri-campeonato.

    O pior: odeio admitir ainda mais, para mim foi a McLaren, porque eu esperava uma evolução melhor em seus carros, que possibilitasse ao Lewis brigar pelo título. Mas ao invés disso o inglês teve que andar mais que o carro, como já é seu costume, conquistando um suado segundo lugar. E o lorde Button não conseguiu superar seus problemas com o carro e com a pista, deixando de vez a sua chance de bi-campeonato.

    Destaque para o Sutil que “tentou acabar” com a prova do Kobayashi, e por isso será punido em 5 posições para o GP do Brasil. Assim como o Buemi, por sua colisão com o Glock.

    Beijos!!!!

  4. wilson disse:

    lorde não ganha título, só se for de tênis, golf, bridge

    evoluções na mclaren?
    ha ha ha, faz tempo que se mostraram equivocadas. Nas ultimas corridas somente na belgica fizeram um bom trabalho, mesmo assim devido fator climatico. Em condições normais teriam ficado em quarto, quinto lugares. Esse é o fato.

    Alonso nas ultimas corridas fez 133 pontos
    webber não lembro ao certo, 90 e poucos
    vettel 80 e poucos
    hamilton 65
    button 56

    então, não é sorte, é competência. quando algo ocorre repetidamente deixa de ser coincidência para se tornar inclusive tema de tese e assim por diante.
    Pode nesta corrida ter tido sorte, muita por sinal. Mas ele já esteve vivendo esses momentos no campeonato. Digamos portanto que seus azares foram na época certa.

    • Allan Wiese disse:

      Wilson: alterei o texto, mas quando disse que Alonso foi o melhor, já quiz dizer que ele foi aquele que não errou e por isso pode contar com a sorte.
      Mas ter os seus azares na hora certa é sorte, hehehe…

  5. Alex-Ctba disse:

    Fala povo e pova

    Primeiro lugar, valeu por fazer esse post Allan, era pra eu ter colocado no ar ontem, mas não foi possível, por uma série de contigências que não vem ao caso agora.

    Em relação ao melhor, não tem outro mesmo, eu até falei num post antes da corrida, que torcia para uma corrida caótica e que nessas condições quem se sairia melhor provavelmente seria o Alonso. A Mari achou q seria o Button. Não deu outra.

    Quanto ao pior, para mim, foi o Webber e a Red Bull. Não pode haver falha humana, nem mecânica nesse estágio da competição. Ainda que a culpa tenha sido do motor Renault.

    Agora, veja que fantástico seria o seguinte resultado no Brasil: Vitória do Vettel, com Hamilton em segundo, Webber em quarto e DNF do Alonso. Os caras iriam pra última corrida assim:

    Web – 232
    Alo – 231
    Vet – 231
    Ham – 228

    Já imaginaram?

    • Allan Wiese disse:

      Rapaz, que loucura!

      O Webber errou sim e na pior hora possível ainda por cima. Não lembro onde eu li que disseram que ele acelerou em cima da zebra, antes de trazer o carro pra pista novamente…
      E assim, Webber volta a ser o que sempre conhecemos e que estava diferente nessa temporada: fraco de chuva e errante de vez em quando. Claro, nas próximas duas corridas ele pode ganhar tudo e ser campeão, mas a pressão está grande sobre ele.

      Ps.: Por nada Alex. Falei com o Claudemir e imaginamos que algo aconteceu. Pra não deixar a “coluna” passar, escrevi o post.

    • leandromagno disse:

      Lembrando q nas últimas 2 etapas serão supersofts e médios. O par pneus q o carro da Ferrari mais se dão bem.

  6. wilson disse:

    daí tu mata todo mundo aqui antes da ultima corrida

  7. Allan Wiese disse:

    Eu achei muito interessante, no site da McLaren, as falas do Hamilton durante a corrida. Quando os pilotos receberam o aviso de que largariam atrás do safety car ele disse que a corrida deveria ser com largada normal, já que já houveram corridas em situações piores de chuva e se largou como de costume. Depois, na primeira volta ele disse que estava difícil ver (hehehe). Mas na segunda “largada” ele dizia de vez em quando que a pista estava ficando cada vez melhor, que já era possível correr de intermediários, perguntou se tinha gente reclamando pra corrida não começar e chegou a “ordenar” o início da prova.
    A ironia fica por conta de ele ter sido ultrapassado na primeira relargada (ainda bem. Imagina se é ele que bate em Webber?) e ter errado em outra relargada, perdendo ali 7 pontos que poderiam ter sido somados aos seus 210.
    Outro ponto interessante é a diferença de discurso entre Button e Hamilton. Enquanto Lewis fazia pressão, Jenson ainda dizia que tinha bastante água na pista…

  8. Alex-Ctba disse:

    Realmente, o Hamilton era o único q queria a largada logo. E eu que sempre critico o GB, devo admitir, q ele acertou a maioria dos rádios. O Burti não fez muita falta nessa questão. O GB conseguiu passar a grosso modo o q os pilotos estavam falando.

    Agora acabei de imaginar um cenário mais louco ainda no desfecho do campeonato. No Brasil o seguinte pódio: Vet-Web-Alo. E em abu dabhi, Vet em 1º, Web em 2º, Alo em 5º.

    Termina os três empatados em 256 pts. E o título entre o Alonso e o Vettel seria decidido no nº de segundos lugares.

    Essa corrida de Interlagos promete e o Massa se repetir seu bom retrospecto, pode ser o fiel da balança a favor do Alonso.

    • Allan Wiese disse:

      Quando não tem o Burti com a função específica de traduzir os rádios, a gente pode ouvir o áudio, já que o Galvão é obrigado a parar de falar, hehehe… E realmente, ele transmitiu bem o que estava sendo conversado.

      Mas esse seu cenário ai eu prefiro não comentar, hahaha…

    • Marcelo Brum disse:

      Alex,
      Isso só prova que estamos diante de uma das maiores competições dos últimos anos. Varias possibilidades podem ser aventadas e, olhe: meu palpite é também de que o mundial não será decidido no Brasil. Seria até uma injustiça com um campeonato tão disputado, não é mesmo?

      Infelizmente, esse é um dos piores anos da McLaren, que tradicionalmente cresce nas últimas etapas. A equipe de Woking só trouxe o duto aerodinâmico e não acertou mais nada. Pelo contrário, tentou copiar as inovações adversárias e acabou fazendo esse carro-frankenstein que não anda. Se o Hamilton não fosse esse piloto excepcional que é, já teria entregue os pontos e estaria só cumprindo tabela, que nem o Massa. Mas, para nossa sorte, ele não é. E já avisou que vai lutar até o fim.

      Vamos aguardar esse final eletrizante!

      Abçs!

    • Anselmo Coyote disse:

      “Essa corrida de Interlagos promete e o Massa se repetir seu bom retrospecto, pode ser o fiel da balança a favor do Alonso.”

      Como dizemos por aqui, ele tem que ser muito sem vergonha pra fazer isso.

      Mas, pensando bem, ele disse que o dia que tomasse 0,5s de alguém pararia de correr… Há tempos ele já está tomando até mais do que isso e o que ele fez mesmo?… rsrs.

      Abs.

      Abs.

      • Anderson Dorneles disse:

        Olá,

        Pra ser fiel da balança ele precisaria pelo menos andar a frente das RBR´s, mais ultimamente, ele tem andado atraz de Renault, Mercedez, Maclaren.

        Quer ajudar o alonso de verdade? no treino classificatorio da um jeito de atrapalhar as RBR´s igualzinho fez o shumi com o rubinho nessa ultima corrida, só assim …

        Puts em tempo. Pra isso massa tem q se superar e chegar ao Q3, ehh alonso vai ter q ganhar o titulo sozinho mesmo.

        Abraço

      • Will disse:

        Bem lembrado…mas acho que ele não pára não, afinal não está tomando 0,5s, está tomando mais que isso!

  9. Leandro Magno disse:

    N entendi a RBR dizer q n vai priorizar Webber. Será q esqueceram q o Vettel terá q usar um nono motor no Brasil ou, no mais tardar, em Abu Dhabi?

    • Allan Wiese disse:

      O Vettel tem um a menos pro revezamento agora. Sua situação é complicada, já que tem que andar forte pra recuperar terreno mas não tem motores com pouca quilometragem para serem usados. Na verdade, entre os 4 com mais chances, todos estão quase na mesma. Dá pra quase colocar uma virtual vantagem pro Hamilton, pelo histórico de confiabilidade dos propulsores Mercedes e mais ainda pro Webber, que estreou um novo na Coréia.

  10. Marcelo Brum disse:

    Essa foi muito engraçada:

    Alguém assitiu ao vídeo do Galvão narrando o infortúnio do Webbo (KKKKKKKKKKKKKK)
    Na hora, eu morri de rir!

    “OOOOOOOOPAAAAAAAA! VAI MUDAR O CAMPEONATOOOO!!!”

    Teve um ataque histérico e parecia que estava torcendo de verdade por aquilo. (KKKKKKKKK)

    Esse cara tem cada uma…

    Sem falar do momento em que ele narrou a ultrapassagem do Alonso sobre o Vettel e a consequente quebra de seu motor:
    Primeiro ele teimou com o Reginaldo Leme que o Vettel tinha problemas com os pneus desgastados – sendo que o Reginaldo já tinha avistado a fumacinha saindo do carro do alemão. Mas diante da tradicional (falta de) educação do GB, o cara se calou. Na sequencia, quando o motor estourou ele pelo menos teve a decência de admitir que Reginaldo estava certo.

    Esse cara é uma tremenda MALA SEM ALÇA E SEM RODINHAS! KKKKKKKK

    Abçs!

    • Allan Wiese disse:

      Não dá pra entender o Galvão. Primeiro ele diz que apostava em Webber porque ele quase não errava. Depois, quando o Gil falou daquela votação que foi feita entre os jornalistas, ele perguntou: “não preciso dizer em quem eu votei né?”. O Gil respondeu: “no Webber?”. E o Galvão: “claro que no Alonso”.
      Como seria bom se a dupla dinâmica fosse substituída…

  11. wilson disse:

    então é um bau

    grande, sem jeito, sem graça, ultrapassado

  12. Rodrigo Pedrosa disse:

    Sei que não tem nada a ver com Formula Um, mas tem a ver com esporte e exemplo da responsabilidade de um ídolo, e Rogerio Ceni, foi muito bem nisso.

    Antes de entrar em campo, o goleiro levou a campo carregado nas costas o torcedor tricolor Carlos Roney, de 13 anos, que teve de amputar as pernas ainda quando tinha 1 ano. Apesar disso, Carlos segue com o sonho de ser goleiro e treina forte para se destacar na posição. Ontem, Ceni deu alguns chutes em Carlos justamente para treinar o goleiro e alimentar ainda mais o sonho do garoto. Que exemplo, de ambos!

    Eu vi no Guarda-Metas

  13. wilson disse:

    olha, muita gente por aqui só gosta de formula um, mas para quem gosta de automobilismo e sabe que existe vida fora da f1, isso é que fim de corrida

    http://tazio.uol.com.br/outros/textos/22006/

    alguns pilotos da indy andaram correndo nessa prova inclusivo helio castro neves

    • Allan Wiese disse:

      Rapaz, que loucura!
      Nem com o tal “push to pass” aqui da Stock eles conseguem algo semelhante…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s