O futuro do campeão e seus oponentes.

Publicado: 17/11/2010 por Alex-Ctba em Artigos
Tags:, ,

E chegamos ao término de mais uma temporada de F1, a 61º da história e, apesar do saudosismo de alguns, a categoria máxima do automobilismo chega com mais fôlego do que nunca a “terceira idade”

Presenciamos esse ano, um dos campeonatos mais espetaculares de todos os tempos, com quatro pilotos com chance de título na última corrida do calendário. Mas, como nem tudo são rosas, esse último embate foi disputado em um palco maravilhoso visualmente, com uma suntuosidade típica do que o dinheiro oriundo dos Sheiks Árabes é capaz de proporcionar, porém, a pista, que é o mais importante, foi um dos pontos negativos da decisão, pois essa veio do Autocad burocrático de Hermann Tilke, o arquiteto oficial de Bernie Ecclestone, dirigente octogenário que se perpetua no comando da F1.

Mas vamos deixar de lado essa parte direcional e nos concentrarmos nos pilotos, que são os verdadeiros responsáveis pelo espetáculo. E nada melhor do que falar de Sebastian Vettel, o campeão da temporada, e, como bem descreveu o Vítor em mais um post preciso, o campeão da precocidade.

Vettel em sua quarta temporada conquista o seu primeiro título mundial e insere seu nome no panteão dos heróis do automobilismo. Nesse sentido, Hamilton foi mais precoce, já que conseguiu conquistar o campeonato no seu segundo ano, mas Vettel com uma carreira sólida e vencedora, dá mostras que vem com muito apetite no próximo ano, e para isso conta com o privilégio de poder pilotar uma máquina projetada pelo atual mago das “pranchetas” Adrian Newey, além de contar com o total apoio de uma equipe que sempre apostou em seu talento e sua velocidade natural.

Se tomarmos como exemplo essa temporada que se encerrou domingo passado em Abu Dhabi, podemos desde já afirmar que não será fácil para o jovem piloto alemão de Heppenheim – cidadezinha com pouco mais de 25 mil habitantes, e que tem agora em Vettel seu cidadão mais ilustre – se manter no topo e defender seu título.

Começaremos a próxima temporada com novas regras aerodinâmicas, o fim do difusor duplo e a volta do KERS, mas, sobretudo com novos pneus, o que pode proporcionar algumas surpresas e uma possível inversão na ordem de forças do circo.

Os oponentes de Vettel estarão mais motivados do que nunca. Vamos a uma breve análise dos principais no entendimento deste que vos bloga:

Alonso: Viu um título quase certo escapar na última batalha pelas  circunstâncias da corrida, mas sobretudo por um erro de estratégia da Ferrari que não quis arriscar uma troca de pneus prematura quando o Safety Car se fez presente no ínicio da prova. O espanhol estará com sua sede de conquista mais aguçada, depois do improvável campeonato de 2010, onde quase conquistou o tri-campeonato, mesmo não dispondo do melhor equipamento.

Hamilton: Atingiu a liderança do campeonato no momento certo, mas por excesso de agressividade, não soube administrar a situação e perdeu pontos preciosos em Monza e Cingapura. Poderia estar comemorando seu bi-campeonato nesse momento. Sempre que teve equipamento, como em 2007, 2008 e 2010, disputou o campeonato com chances de vencer.

Massa, Webber e Button, dependem muito de um desempenho constante e de conquistar pontos sólidos desde o início da competição, já que dão mostras que não tem a mesma velocidade de seus companheiros de equipe. Mas no atual sistema de pontuação, focar sempre o pódio e eventualmente conquistar vitórias, mesmo que por erros dos adversários ou por uma estratégia arrojada, podem sim eleva-los a condição de postulantes ao título, como bem demonstrou Webber e Button, durante boa parte dessa temporada.

E por fim, Rosberg, Schumacher e Kubica, torcem para que Mercedes e Renault acertem a mão em seus projetos para poderem disputar o campeonato também. Talento para isso possuem, e o heptacampeão quer provar que ainda é capaz, mesmo tendo levado uma surra do companheiro de equipe esse ano.

Ainda é cedo para descartar outras equipes, mas nesse momento, não acredito que Williams virá disputar o campeonato, apesar de possuir um piloto capaz de realizar tal feito. Sauber, Force Índia, Toro Rosso, Lótus (?) e alguma nanica sobrevivente, tem que  percorrer o caminho natural até chegar a condição de grande.

Então é isso, que a próxima temporada seja tão ou mais excitante quanto essa que se encerrou e que possamos ter uma quarta equipe, lutando por vitórias, já que competição é o que todos querem ver. Que venha 2011!

 

comentários
  1. Vitor, o de Recife disse:

    Sempre que começa uma temporada, ficamos na expectativa de que “esse ano promete”. E 2010, de fato, foi espetacular.

    Então… continuaremos na expectativa para “a” temporada em 2011. Vai ser muito bom se uma Mercedes ou Renault acertar no projeto; se não for para disputar o título, que seja para atrapalhar as favoritas faturando vitórias e pódios ocasionais.

  2. Allan Wiese disse:

    De fato Alex, esses 3 são os “main contenders” para 2011. Mas, como em 2010 tivemos um Webber e um Button metidos ali no meio, ano que vem também podemos ter surpresas. E que venham as surpresas!
    A temporada de 2010 foi fantástica. 5 pilotos até a penúltima prova, 4 pilotos na última e 16 pontos (menos que um segundo lugar) separando esses 4 pilotos ao fim da temporada. Eu acho que não seria necessário mudar o regulamento para o ano que vem, já que esse ano tivemos tanto equilíbrio. Tomara que as mudanças não permitam uma nova Brawn. Se for um RB6, acima dos outros mas alcançável, tudo bem. Que 2011 seja tão bom quanto 2010, cheio de surpresas e mesmo em meio às surpresas, os pilotos fazendo diferença.
    Que venha 2011!

  3. Marcelo Brum disse:

    Há mudanças aerodinâmicas significativas para 2011, como a tal da asa traseira móvel, o fim do duto aerodinâmico, além de, é óbvio, um novo fornecedor de pneus. Isso tudo, numa categoria tão acirrada que os mínimos detalhes podem mudar completamente a disputa de uma prova para outra, pode trazer ainda mais emoção à categoria.
    Mas, sem dúvida, os principais responsáveis pela emoção garantida que esperamos são os nomes que formam o grid. Alguns já afirmados, outros em formação e ainda sempre tem um que outro nome promissor se apresentando ao grande público.
    Enfim, motivos para esfregarmos as mãos à espera de 2011 não faltam.

    Mas, cá entre nós, Alex, você ainda espera alguma coisa do Rubinho?

    Abs.

    • Alex-Ctba disse:

      Fala Marcelo. O Barrichello é igual vinho bom. Vai ficando melhor a medida que envelhece. Se ele manter o foco e o preparo físico, no meu entendimento poderá continuar pilotando em alto nível, como o fez esse ano. Quem acreditaria q o Webber fosse disputar o título até a última prova? Todos davam certo q ele seria destrudo pelo Vettel. Apesar das fanfarronices do Barrica, eu acredito q com sua experiência, se dispor de equipamento, ele pode sim disputar o campeonato. Infelizmente a Williams ainda não parece próxima a este estágio, já que mantém os Cosworth. Mas quem sabe?

      • Mari Espada disse:

        O Barrica e sua experiência são excelentes para o desenvolivmento do carro, sem dúvida.
        Mas na hora de fazer a diferença na pista, na hora do “vamô ver”, ele deixa a desejar!

        Eu adoraria vê-lo campeão, mas tá difícil acreditar nesse mito…

  4. Tomás Motta disse:

    Do jeito que a Fórmula 1 muda de ano a ano, acredito que ainda seja muito, muito cedo para pensarmos em quem serão os candidatos ao título de 2010.

    Isso ocorreu de 2008 para 2009, quando com o belo título de Hamilton, a temporada fantástica de Massa, Kubica vencendo e Alonso ressurgindo no terço final do ano, todos apontavam nesse TOP 4 para o título. Ainda lembro a capa da F1 Racing apontando eles como favoritos em 2009.

    Aconteceu, no final, o que ninguém esperava: Um domínio assustador da Brawn no início com Button vencendo 6, e Barrichello, Vettel e Webber tentando algo. Ou seja, Hamilton sofreu uma insanidade com a McLaren na primeira metade, Massa o mesmo com a Ferrari (depois veio a mola), Alonso com a carroça da Renault e Kubica com a da BMW.

    Foi um campeonato imprevisível aquele. Mas depois desse as mudanças não foram tantas, pois tivemos a Red Bull no mesmo patamar que no fim de 09 e Ferrari e McLaren atrás. A Brawn, claro,é exceção eterna.

    Por essas e outras, ainda com as mudanças previstas (volta do KERS, pneus Pirelli, asa traseira móvel, a ausência do F-Duct, etc.) tudo deve mudar. Claro que na maioria da vezes as mesmas equipes giram em torno do médio ao alto, mas vi os pilotos muito inseguros com os Pirelli.

    Quem se preparar melhor, vencerá as primeiras etapas, até começar o Ctrl+c Ctrl+v das equipes, rs…

    Abraços!

  5. Ia responder aqui a sua explanação, mas comecei a viajar tanto na maionese que resolvi fazer um post.

    Então daqui a pouco dou a resposta, rs.

  6. Jackson disse:

    Parabens Alex, ótimo Post…
    Só não concordo quando dizem que Hamilton consquistou seu 1º titulo na 2ª temporada… e Vettel na 4ª…
    Vamos aos fatos: HAMILTON ESTREOU EM 2007, COM O MELHOR CARRO, UM CARRO COPIADO DA FERRARI. PERDEU POR ERROS.
    EM 2008 CONSEGUIU SER CAMPEÃO DEVIDO A ERROS DA FERRARI E DO MASSA.

    VETTEL, ESTREOU NO MEIO DE 2007 nos E.U.A., com a BMW, e depois no final de 2007 de STR… que carro ruim, depois correu em 2008 com A STR, e conseguiu uma Vitória… em 2009, não tinha o melhor carro e foi Vice CAmpeão. em 2010, foi campeão.

    Agora vamos ver o Vettel, se vai conseguir manter o titulo, com a maldição do carro nº 1..
    Todos viram isso, RAIKKONEM, HAMILTON, BUTTON, ALONSO… AGORA VAMOS VER SE VETTEL TBM VAI CUMPRIR A MALDIÇÃO.

    • Alex-Ctba disse:

      Pefeita sua análise Jackson. Não quis dizer q o Hamilton teve mais mérito do q o Vettel por conseguir seu título na segunda temporada. Apenas citei um dado estatístico.

      Realmente, tem a maldição do nº 1. O último a correr com o nº 1 duas temporadas seguidas foi o Alonso. em 2006 pela Renault e 2007 pela McLaren.

  7. Fernando Piccione disse:

    Estimados,
    Acredito que o fator denominante nessa nova temporada serao os pneus.
    Vcs sabem por acaso se ha um prazo limite imposto pela FIA para o desenvolvimento dos compostos ou esses novos pneus Pirelli serao desenvolvidos durante todo o ano.
    A Ferrari correu os seus ultimos 15 anos de Bridgestone e acho que nao serao tao felizes em saber tratar os pneus, assim como a Mercedes e RBR.
    Vejo que a Mclaren , renault e williams podem surpreender mas teremos de esperar.
    Tambem penso que pilotos como o Schumacher, Barrichello e Webber podem se fazer valer de suas experiencias em relacao a borracha.

    Abraco

    FP

    • Marcelo Brum disse:

      Sem dúvida uma das maiores vantagens para a próxima temporada será a capacidade de compreensão sobre o desgaste dos pneus e o domínio sobre como tirar o máximo do carro sem comprometê-los. E nesse quesito, dois pilotos, dentre os ponteiros, já largam na frente: Jenson Button e Fernando Alonso.
      Massa reclamou durante toda a temporada sobre os pneus. Vettel contou com o carro mais equilibrado da temporada, mas possui um estilo agressivo. Já Hamilton, com seu estilo “win or wall”, é o maior “comedor” de pneus da F1 atual, e isso já lhe custou algumas corridas.

      Vamos aguardar!

      Abs.

    • Alex-Ctba disse:

      Boa pergunta e muito interessante o ponto levantado Fernando. Vou pesquisar, acho q o Claudemir deva ter essa informação. Mas é um bom tema para um post essa questão dos pneus. Sobre os pneus já havíamos dado uma prévia aqui nesse post abaixo:

      https://ultrapassagem.wordpress.com/2010/08/05/mudancas-para-2011/

    • Não Fernando, os pneus foram finalizados agora no mês de outubro e todos os dados foram passados para as equipes desenvolver seus carros, se algo sair errado na construção podem ser mudados durante a temporada, mas isso apenas na questão de segurança, se não vão permanecer os mesmos, com possibilidade de mudança apenas para 2012.

      Ross Brawn já cravou:

      Será campeã a aquipe que se acertar primeiro com os compostos da Pirelli.

      E foi ventilado a possibilidade de haver um centro de gravidade padrão para todas as equipes, mas a essa altura já deve ser passado e não foi seguido.

      O que ainda não há informações claras de que se vai ou não ser adotado é a asa móvel na traseira e aquela regra estapafúrdia de ultrapassagem. Sobre o Kers, ainda está de forma condicional, usa quem quer e novamente parece que serão os de sempre, Ferrari, McLaren e Renault, os demais eu não acredito, nem mesmo no Flybrid da Williams.

      Sobre o Flybrid tem uma notícia bacana, eles estão equipando carros de rua da linha Porsche, olha mais uma parceria aí gente, será mesmo que os tedescos da VW entram na F1 pela Williams?

      • Vitor, o de Recife disse:

        Essa história da Porsche na F1 tá uma novela. Surgem rumores, o grupo VW logo nega interesse… e aí o bafafá retorna. Paciência…

  8. Fernando Piccione disse:

    Obrigado Alex !
    Abraco

  9. Mari Espada disse:

    Parabéns Alex!!! Acho que não tenho nada a acrescentar ao seu excelente texto sobre essa fantástica temporada de 2010!

    Apenas gostaria de pedir calma, pois como você disse “Presenciamos esse ano, um dos campeonatos mais espetaculares de todos os tempos”… e isso nos faz ir com toda a “sede ao pote de 2011”… o que pode ocasionar grandes frustrações!
    Antes de dizer quem serão os “title-contenders” da próxima temporada, eu prefiro manter os pés no chão e recolher informações sobre o desenvolvimento das equipes nessa pré-temporada… para assim chegar em 2011 com muito entusiasmo mas com poucas expectativas… e deixar as coisas rolarem! Até mesmo porque muita coisa acontece ao longo do ano.

    Mas isso é coisa de “torcedora McLarista traumatizada”, após uma maravilhosa temporada de 2008… para uma morna temporada de 2009, sabe?
    Assim como sobre o domínio aparente do f-duct no início de 2010… para no final comer poeira da asa flexível.

    Enfim, prefiro manter o otimismo, porém com muita cautela!

    Mas a minha torcida continua: GO LEWIS!!!!!! =D

    Beijos!

  10. Fernando Piccione disse:

    Claudemir obrigado pela resposta acima.
    Nao sei por que duas respostas minhas ao seu convite de escrever para o Ultrapassagem nao entraram.
    Te agradeco muito o convido mas sinceramente naoacho que escrever eh meu forte, sempre que escrevo algo, penso, ¨ai caramba nao fui tao claro nisso que quis dizer¨ e por viver aqui no Mexico jah estou desaprendendo o portugues e pior nao estou aprendendo o espanhol e me perco no INgles !!!!

    rs rs rs,

    Te digo que o blog de vcs esta cada dia mais legal e que possamos todos interagir de maneira construtia tanto para o Blog como para as informacoes desse esporte que amamos.

    abracao

  11. Andre disse:

    kkkkkkk. Todo ano é a msm coisa… todo mundo fala que sempre no ano seguinte o brasileiro vai vir com tudo para ser campeao.. E nao sai nada…
    Em 2007 diziam que o Massa ia ser campeao pq tinha aprendido muito com o schumacher acabou errando muito e ficando longe da disputa do titulo . em 2008(com o melhor carro e um companheiro de equipe desmotivado) diziam que ele ia da a volta por cima e ia ser realmente campeao, nao foi, acabou pecando pelos erros individuais e coletivos. Em 2009( ano das equipes pequenas e do acidente dele) diziam que ele tinha ficado mais maduro e forte com a perda do titulo no ano anterior,acabou tendo que lutar no meio do pilotao e ainda sofreu um acidente perigoso. Em 2010 diziam que ele ia voltar com tudo e superar o talentoso fernando Alonso na ferrari, hehe , passou perto , acabou de longe sendo superado pelo espanhol e foi o maior piloto escudeiro do ano, nenhuma das previsoes se concretizaram.. ou seja , o povo brasileiro so vive de expectativa., ” creio que ano que vem ele pode vir forte, pela questao dos pneus novos e seu estilo de pilotagem, mas Massa ainda precisa ser aquele piloto constante e rapido sem cometer erros pitorescos..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s