O futuro dos pilotos passa pelo que suas equipes podem fazer.

Publicado: 17/11/2010 por Claudemir Freire em Artigos
Tags:, , ,

Em 2009 a Brawn surpreende a todos com seu carro.

Muita hora nessa calma…

Em respota ao post do Alex, que coloca os pilotos Alonso, Hamilton e Vettel como os naturais campeões de 2011, faço uma divagação do que pode ser o ano de 2011 de acordo com que cada equipe tem a oferecer a eles.Em 2009 não achávamos que Button seria campeão, ainda mais com o histórico da Honda.

Então olho esse embate por outros ângulos. Vejo pelo lado das equipes, que vão ter de fazer novos carros e ainda tem que contar com a “sorte” de acertar na mosca o desenvolvimento do carro com os pneus Pirelli, então no puro achismo vou destilar meus pitácos. E desconsiderar o fato dos pneus, porque esses é o ponto crucial de 2011.

RB5, o melhor carro sem difusor duplo.

RB5, o melhor carro sem difusor duplo.

1ª – Red Bull tem boa base para fazer um carro dentro do “novo” regulamento, que nada mais é que o mesmo de 2009 com 20 quilos de lastro a mais. E o carro deles era novamente de outro mundo sem o difusor e o kers. Até porque foi o único que andou próximo as Brawns sem os aparatos.

Então Vettel estará fatalmente na briga pelo título, já Webber vai colher os “louros” de sua derrota e os desaforos que desferiu contra a equipe durante esse ano.

Carro mal nascido, mas com grande margem de desenvolvimento.

2ª – Mclaren tem tudo pra fazer um carro melhor que o de 2010, já tem o aprendizado de um carro bem nascido nesse ano, mas ao mesmo tempo tem o pesadelo do MP4/24. Quando começou a temporada de 2010 eu disse a certa altura ainda no F1Around que o MP4/25 parecia ser um carro rápido, porém de evolução limitada, foi o que aconteceu, já seu predecessor teve uma ascensão meteórica, então eu apostaria que com os erros a McLaren pode fazer um belo carro para 2011.

Sendo assim, Hamilton e Button entram iguais na briga pelo caneco interno da equipe, esse que Hamilton levou esse ano, e para o mundial acredito que quem melhor se adaptar ao carro e os pneus levará logo de cara uma vantagem muito grande, e nesse quesito “adaptação” eu aposto no Button.

Ferrari F60, mal nascido, mal evoluído e logo abandonado.

3º – Ferrari, ela sim tem grandes problemas para resolver, já que seus parâmetros de 2009 são nulos e historicamente a equipe sempre se dá muito mal nas mudanças bruscas de regulamento, é só lembrar de 94, 96, 98, 2005. Então acho que será mais um ano de transição da equipe, até mesmo o Cappo Luca de Montezemolo já disse que os projetistas têm que se superar para o time não escorregar nos mesmo erros, e prometeu mudanças nos staff de pista, deve sobrar para o corpo de engenheiros e estrategistas do time. Por essas razões não coloco a equipe a princípio na luta pelo mundial. Pode contar com a sorte de fazer um carro que “encaixe” com os pneus Pirelli e isso seria a melhor coisa para a equipe.

Alonso deve superar novamente as agruras de um carro ruim, como foi o F10, mas não deve ser um dos contenders, posto que seria obviamente se estivesse num carro melhor. Massa é uma completa incógnita, acho que suas apostas nos pneus Pirelli são falsas, já que agora a equipe tem dados reais da forma de pilotagem de Alonso, e agora vão fazer realmente um carro a seu estilo, aquele estilo de frear antes, acelerar primeiro e gostar de carros saindo de frente, assim o “diminuto” piloto terá mais problemas ainda.

4º – Mercedes se tem uma pessoa que pode surpreender nesse quesito construção de carros, esse cara é Ross Brawn, ele pode tirar o máximo do potente motor Mercedes e construir um carro a altura da marca alemã, já que das quatro grandes foi a primeira a começar o projeto de 2011, claro que esperaram os dados dos pneus Pirelli que só vieram em meados do mês de outubro, pra dar continuidade ao projeto, mas já tem um carro pronto e sendo calibrado nos túneis de vento de Brackley e Colônia, mesmo artifício usado no carro de 2009. Então aposto que ao menos o carro do ano que vem será melhor que o de 2010.

Schumacher enfim pôde opinar na construção do carro e fazer com que ele nasça ao seu estilo traseirado de pilotar, e antes que digam que a equipe irá favorecê-lo fica o aviso, Rosberg tem o mesmo estilo e isso deve favorecer ambos os pilotos, palavras ditas por Ross Brawn no primeiro grande pacote de atualizações do W01 em Barcelona.

Nico Rosberg poderá ser a surpresa dos contenders, ele tem tudo pra manter a hegemonia germânica na F1, já que é um piloto que se adaptou muito bem ao errático W01 e deve ter em 2011 um carro muito melhor e aposto que novamente deve bater Schumacher, mesmo com um carro todo desenvolvido pelo alemão mais velho.

5ª – Williams, não deve disputar nada de relevante, fica apenas o registro que a equipe começa a ver no fim do túnel uma salvação, salvação petroleira, não só pelo dinheiro do Maldonado, mas também por um acordo que foi ventilado com um grupo árabe, que dizem, deve injetar na equipe o dinheiro igual ou superior ao orçamento da Red Bull (que das grandes é a que menos gasta) dando o gás que a equipe merece.

Menção aos motores Cosworth, que evoluíram muito durante o ano e colocou a equipe dentro da turma dos carros mais rápidos em circuitos de alta após a primeira metade do campeonato e não sofreu com quebras como era previsto.

Nesse cenário mais realista temos uma divergência do que podem fazer grandes pilotos e o que pode fazer suas equipes por eles, dessa maneira fica mais fácil encontrar um ponto de equilíbrio entre os contenders, e é nesse ponto que ressalto, mesmo com um carro que pode vir a ser novamente o mais fraco dentre as equipes, que Alonso pode fazer a diferença.

Anúncios
comentários
  1. Allan Wiese disse:

    Bela análise Claudemir.
    De fato, na F1 de hoje, os pilotos não conseguem fazer tanta diferença. Faz diferença sim, como fizeram Alonso e Hamilton esse ano, ou como fez Hamilton ano passado, mas estão muito limitados ao que os seus carros podem lhes dar.

    Só um detalhe: o carro da Ferrari do ano passado era o F60 e não F10, como está na legenda da foto.

  2. Vitor, o de Recife disse:

    Claudemir, teve outro detalhe que comprometeu o campeonato de McLaren e Ferrari em 2009: o foco no desenvolvimento do carro pela briga do título de 2008. Enquanto equipes como Honda e BMW já estudavam o projeto do ano seguinte – a primeira deu no que deu e a segunda não teve sucesso – McLaren e Ferrari estavam focadas no campeonato corrente. Iniciaram o projeto do ano seguinte atrasadas.

    Mas também há diferenças do campeonato 2010 e o do próximo ano. 2009 teria mudanças muito mais profundas que a do próximo ano; logo, Red Bull, Ferrari e McLaren não devem sofrer tanto para conceber o carro de 2011 por causa da disputa do título deste ano.

    • Exato, você foi no ponto Vitor. O foco na temporada de 2008 foi primordial para falta de desempenho dos projetos.

      Mas isso não dá nenhuma vantagem para as duas maiores equipes da F1, já que seus carros eram ruim mesmo, como dá a Red Bull por exemplo, então agora imagine:

      Pneus novos e mais estreitos na dianteira que em relação a 2009.

      Difusor praticamente padrão.

      Ambos os carros sofriam muito com a falta de downforce na parte traseira.

      O desgaste de pneus era acentuado devido a falta de aderência.

      E agora, mostre o rumo que eles podem seguir, para onde irá o desenvolvimento do seus carros de 2011, se forem seguir os carros lançados em 2009 terão sérios problemas, precisam então começar do zero, e nesse quesito aposto na McLaren e creio que a Ferrari fará uma temporada claudicante.

      Sobre as mudanças serem mais radicais, sim concordo, mas agora elas terão que conceber um carro que será como em 2009 com novos conceitos adotados em 2010, como um EBD sem o difusor duplo, asa e assoalhos móveis e outros pequenos detalhes que farão a diferença.

      Mas tem o fator sorte, quem acertar o centro de gravidade dos pneus e o desgaste ganha o mundial, por isso não podemos dizer nem que a Williams está fora da páreo.

  3. Felipinho disse:

    Li em algum lugar que a Mercedez já estava testanto peças do carro do próximo ano, nos treinos das últimas etapas (inclusive o difusor simples).

    Creio que vão levar alguma vantagem no início.

    • Em 2008 depois das primeiras 4 ou 5 etapas a Honda parou de atualizar o péssimo RA08 e começou o trabalho no “RA09”, inclusive usando 3 túneis de vento para calibrar o carro, porque lembro que o Barrichello disse que os dois túneis de Brackley estavam descalibrados e passando dados errados.

      E nesse caso, ele usou o carro de 2008 para testar as novas peças que seriam usadas em 2009.

      Mas fica uma curiosidade:

      O motor Honda era uma bomba, ele era muito potente, mas potência que não se transformava em velocidade final e sim em arranque, por isso os pilotos tinham que dosar muito nas saídas de curvas para não rodar, isso era um problema crítico no projeto de 2008, justamente pela falta do controle de tração, banido no ano anterior.

      Então, mesmo com um bom chassi de 2009, podiam ter sérios problemas de equilíbrio com o motor Honda, e não ser o carro vitorioso que foi o Brawn com Mercedes, esse sim um motor equilibrado em todos os sentidos.

  4. Ffigueiredo disse:

    Claudemir,

    Eu tenho este mesmo pensamento em relação à Ferrari. Para o carro do ano que vem, a tendência é que o carro seja feito mais ao estilo do Alonso.
    O espanhol conquistou definitivamente o seu espaço na equipe…puxou todo mundo pra ele, e se tornou o líder do time. Massa ficou pra trás, como era de se esperar.

    O carro do ano que vem, a tendência é ser a mesma bomba que foi nos últimos dois anos. Eu que agüente. rsrsrsrs

    Fernando

  5. Sirlan Pedrosa disse:

    Claudemir,

    Muito bom você ter puxado a análise para o lado dos carros e do que as equipes podem fazer para o ano que vem.

    Nem na época de Fangio piloto bom vencia com carro ruim…hoje em dia é verdade que o peso do piloto nessa equação diminuiu, mas mesmo no passado um carro bom era fundamental para ser campeão.

    Apenas acho que se os carros de 2011 tendem a ter uma aerodinâmica muito mais próximas aos de 2009 que aos carros deste ano que termina, como você muito bem defende, na parte mecânica ocorre o inverso.

    Para 2011 os carros vão continuar a ter pneus mais estreitos na frente que os de 2009, e tanques para a corrida inteira.

    A questão dos pneus mais estreitos na frente tem muito a ver com a distribuição de peso entre os eixos, quanto mais aderência na frente mais peso você pode deslocar para o eixo dianteiro.

    Talvez a grande sacada do carro a Brawn, além do difusou duplo, era que com o fim dos pneus sulcados e as dimensões se mantendo, proporcionalmente o carro passou a ter mais aderência na frente. Ross Brawn projetou um carro com mais peso na dianteira e a possibilidade de colocar lastros no bico baixo do BGP001.

    Esse ano, com pneus mais estreitos e mais duros, mesmo tendo projetado o carro considerando essas mudanças, o Mercedes sempre saía muito de frente, sinal que tinha peso em exesso naquele eixo. Muito falou-se que a evolução de Bracelona tinha a ver com um entre eixos maior, mas na verdade o que havia de principal era a tentativa de deslocar mais peso para o eixo traseiro, adiantando o eixo dianteiro, numa linguagem mais simples…

    Essa questão de distribuição de peso é tão importante que o regulamento do ano que vem estipula uma margem até onde as equipes podem variar o peso nos eixos dianteiro e traseiro. Essa restrição é para evitar que alguém faça um carro muito diferente dos outros e ele se adapte melhor aos novos pneus Pirelli.

    Então, se desconsiderarmos a mudança nos pneus, o carro de 2011 tem que ter uma aerodinâmica mais ao estilo de 2009, e uma mecânica e distribuição de peso mais à 2010.

    Cheiro de domínio da Red Bull ???? Pode ser, mais talvez os pneus Pirelli alterem todo o panorama e vejamos até uma Williams ou uma Renault andando na frente…

    Um abração,

    Sirlan Pedrosa

  6. Anselmo Coyote disse:

    INADIMISSÍVEL! INADIMISSÍVEL! INADIMISSÍVEL!!!!

    Fazer um post-pitaquento bacana desse jeito (mas é pitaquento) falando de possíveis campeões e não mencionar o japinha-voador-sushi-maker-fodão-ninja-kamui=kobayashi….rsrs!

    Abraços.

  7. Mari Espada disse:

    “(…) nesse quesito “adaptação” eu aposto no Button.”

    Protesto Meritíssimo!!! =P

    Claro que o lorde Button e seu estilo suave de pilotagem é uma aposta mais segura, mas Hamilton também mostrou-se excelente em adaptar-se aos novos carros e novas regras… basta lembrarmos que todos esperavam um “comedor de pneus” neste ano, devido ao seu estilo de pilotagem… mas o que vimos foi o “meu Miltinho” se adaptando muito bem à nova F1.

    Então GO LEWIS!!!!!

  8. Alex-Ctba disse:

    Fala Claudemir

    Eu não coloquei o Vettel, Hamilton e Alonso como naturais campeões de 2011. Eu apenas acredito que, Red Bull, McLaren e Ferrari irão continuar forte, pois mesmo a Ferrari, qdo erra a mão no projeto, tem dinheiro e profissionais suficientes para corrigir dentro da temporada o erro e refazer tdo, como foi o F10b. Então natural colocar os pilotos mais rápidos dessas três equipes como os principais, não descartando Button, Webber e Massa, pela nova dinâmica da pontuação.

    Tb deixei no ar a possibilidade de Mercedes e Renault acertarem o projeto, por conta das novas mudanças para 2011. Mas para não ficar em cima do muro, cravei Hamilton e Alonso, como os principais oponentes ao Vettel, que vai defender o nº 1 que agora estampa no seu carro, ano que vem.

    Faz tudo parte dos achismos e chutômetros que vão sendo desenvolvidos durante a pré-temporada. Aos poucos a gente vai montando o quebra-cabeças que vai indicar os times que vão brigar pelo campeonato. Mas isso só em Fevereiro com os testes. Até lá, só no especulômetro…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s