O meu TOP 10 dos carros de Fórmula 1.

Publicado: 08/12/2010 por Mari Espada em Artigos, História da F1
Tags:, , , , , , , ,

Dentre tantos períodos distintos na história da Fórmula 1 é extremamente difícil escolher apenas dez carros para figurar o meu TOP 10. Então optei por escolher os dez carros que mais marcaram a minha história como torcedora de Fórmula 1, seja pela emoção que eles me proporcionaram, ou por sua importância em um acontecimento que me fascina.

E se você pensou que eu iria começar a lista no MP4/1 e terminar no MP4/25 estava redondamente enganado. Pois para quem ainda não sabe a minha paixão pela McLaren surgiu por causa do Ayrton Senna, o que acabou incluindo algumas outras equipes no meu TOP 10. E falando em paixões, aproveito para revelar neste texto o meu profundo interesse por Adrian Newey, o que trouxe algumas de suas obras de arte para o ranking dos meus 10 carros preferidos.

Com isso, segue a minha humilde lista, novamente em ordem cronológica (como a que fiz para O meu TOP 10 da temporada 2010), pois confesso ter uma imensa dificuldade em estabelecer um critério para eleger qual ítem da lista é o meu preferido. Se bem que apesar de gostar igualmente de todos esses monopostos, confesso que ao ouvir falar do MP4/23 fico arrepiada… Porque será, né? =)

1984 – Toleman TG184

Nessa época eu ainda não era nascida, mas como eu poderia deixar de fora o carro que trouxe Senna à Fórmula 1? Por isso esse Toleman projetado por Rory Byrne está entre os meus monopostos preferidos, principalmente pela atuação de Senna no GP de Mônaco sob chuva intensa, retratado no meu texto Chove Chuva.

1987 – Lotus 99T Honda

A Lotus 98T, conhecida por seu patrocínio e linda pintura John Player Special (no topo desse texto) merece menção honrosa por sua indiscutível beleza, porém quem figura a minha lista é a sua sucessora, por ser a primeira Lotus com o poderoso motor Honda, iniciando assim a história de amor entre a fabricante japonesa e Ayrton Senna.

1988 – McLaren MP4/4

A primeira McLaren que tenho na memória é esse dominante monoposto que venceu 15 dos 16 GPs de 1988, conquistando o mundial de construtores e de pilotos com Ayrton Senna. Com isso, mesmo que não houvesse uma memória afetiva, este carro estaria  em minha lista por ser um dos melhores carros da Fórmula 1 de todos os tempos.

1988 – March 881

Este carro marca o início da genial carreira de Adrian Newey na Fórmula 1, pois apesar das restrições financeiras da equipe, inspirou a maioria dos carros na década de 90 com a entrada de ar combinada com o santantônio e o bico curvilíneo culminando em uma asa dianteira alta, sendo que o resultado desse projeto foi o maior downforce já visto na Fórmula 1.

1991/92 – Williams FW14/14B

Outra obra prima do gênio das pranchetas Adrian Newey e chamado por Ayrton Senna de “carro de outro planeta”, este projeto venceu 10 das 16 corridas e conquistou 15 das 16 pole positions da temporada de 91, não dá para negar que este é o melhor carro dos anos 90, como destacou o Claudemir neste texto.

1994 – Williams FW16

O carro da despedida de Ayrton Senna da Fórmula 1 e deste mundo está em minha lista de carros preferidos porque o amor e o ódio andam tão próximos que às vezes é difícil distingui-los…

1998 – McLaren MP4/13

Uma McLaren de Adrian Newey não poderia deixar de estar na minha lista, ainda mais esta obra de arte que demonstra a facilidade deste brilhante engenheiro em adequar-se aos novos regulamentos, que este ano traziam os pneus sulcados, conquistando o WCC e o WDC com Mika Hakkinen.

2005 – McLaren MP4/20

Este carro foi um suspiro de esperança após um duro ano de 2004 com os fracassados MP4/18 e 19, sendo que Adrian Newey o considerou uma ótima recuperação a curto prazo da equipe , tendo conquistado o vice campeonato com Kimi Raikkonen.

2008 – McLaren MP4/23


Este é o único carro que dispensa justificativas por estar aqui na minha lista, não? O projeto de Neil Oatley, Simon Lacey e Tim Goss foi uma perfeita evolução dos monopostos anteriores, que apresentou um desenvolvimento aerodinâmico exemplar e uma beleza de formas incomparáveis, conduzindo Lewis Hamilton com classe à conquista de seu campeonato mundial.

2010 – Red Bull RB6

Este carro entrou a 300km/h em minha lista assim que o vi pessoalmente na reta oposta de Interlagos, pois Adrian Newey atingiu o ápice de sua genialidade ao criar o RB5 que ofereceu excelente base ao veloz campeão RB6, uma obra de arte à frente de seu tempo.

comentários
  1. Eduardo De Campos disse:

    Entendi seus critérios, Mari.Mas…não posso deixar de reclamar de uma lista assim que não tenha ao menos uma Brabham…Os F1 mais lindos que existiram! Ah, e o Senna andou em uma, ao menos num teste pré F1…

    • Mari Espada disse:

      Eduardo, com certeza a Brabham é mesmo digna de estar em um top 10… mas para mim a mais linda F1 é a JPS… que também não está na minha lista, mas recebeu uma menção honrosa no post.

      Beijos!

  2. O MP4-13 mostra uma das facetas de Adrian Newey, achar brechas no regulamento e fazer carros, digamos, fora da regra.

    Eles usavam dois pedais de freio, cada um continha uma carga diferente para a frenagem, masi dianteira ou mais traseira, tanto foi uma sacada genial, que eles venceram acho que as 5 ou 6 primeiras corridas do ano com muita facilidade, claro, depois que descobriram o sistema foi banido.

    Mas voltou anos depois na Ferrari, agora em forma de uma alavanca que jogava o balanço dos freios da melhor forma que o piloto queria.

    Sobre a lista eu entendo sua paixão pelo Senna e Adrian Newey, mas o FW16 era muito ruim, era a soberba de Patrick Head batendo a porta, já que o FW14B e o FW15 foram campeões com muita facilidade, ele achou que apenas dando um tapa no carro de 94 e tirando a eletrônica o carro seria ainda dominante.

    Errado, perderam para a Benetton B194 feito por outro mago chamado Rory Byrne, engenheiro chefe Ross Brawn e mais Schumacher, o motor era um V8 Ford Zetec, fraquinho diga-se de passagem, na Williams tinha os poderosos Renault V10 e um chassi problemático, então toda empáfia de Patrick Head foi engolida a seco.

    • Mari Espada disse:

      Boss, tudo bem que o FW16 era péssimo, ainda mais para um torcedor da Williams, para você a situação é similar a eu colocar a encrenca do MP4/24 na minha lista, né?
      Mas pelo menos você entendeu os meus motivos de coloca-lo em minha lista… é uma relação intensa de amor e ódio, sabe… eu jamais poderei esquecê-lo!

      Beijos!!!

    • Vitor, o de Recife disse:

      Claudemir, falar em falcatrua sem associar o B194 é complicado. Foi um dos carros mais polêmicos de todos os tempos. A única ilegalidade confirmada foi a mangueira de combustível, mas vários insiders garantiam que a Bennetton possuía controle de tração. Convenhamos, comparar Scumacher com Hill é covardia, mas por mais braço que o alemão tenha, jamais compensaria a deficiência do modesto V8 da Ford para o poderoso V10 da Renault como ele costumava fazer.

  3. Felipinho disse:

    e só não tem mais carros com o Senna, porque foi só nesses que ele andou.. e só não tem mais carros com o “Miltinho” porque os outros eram umas bombas… senão eram os 10 melhores carros, bela lista, ainda bem que confessadamente de uma torcedora.

    Ah, e a notícia que de no próximo ano vão alinhar 4 carros lotus-renault no grid? não merece nenhum post?

    • Mari Espada disse:

      Felipinho, eu sempre sou sincera em meus textos, e tento deixar claro quando estou escrevendo com a paixão de uma torcedora. E em uma lista dos MEUS momentos ou carros preferidos, é impossível não falar com o coração! Afinal, é um texto extremamente pessoal.

      Espero que todos possam compreender o meu ponto de vista, e para quem não entender, logo logo teremos os top 10 dos demais autores sobre o mesmo tema, para equilibrar um pouco o meu puxa-saquismo para a McLaren, o Senna, o “meu Miltinho”, ou até mesmo para o Newey.

      Beijos!

  4. Anselmo Coyote disse:

    Natal, ah… o Natal!!! O espírito natalino… que coisa sensacional. Algumas pessoas se transformam em anjos e alguns anjos ficam ainda mais anjos… rsrsrs.

    Mari, definitivamente, vc é incorrigível. Isto é uma lista ou uma declaração de amor?…rsrsrsrs!!!!

    Abs e Feliz Natal!!!

    • Mari Espada disse:

      Meus textos sempre são uma declaração de amor, Coyote querido!
      Eu amo cada assunto que pesquiso e cada palavra que escrevo…

      Beijos!!! E feliz natal para você também!

  5. Tomás Motta disse:

    Mari, minha opinião:

    No quesito beleza, para mim todos (exceto um) os carros dessa lista são horríveis. No quesito beleza, vale frizar.

    O único que me agrada é o RB6, com seu esquema de cores atraente.

    Beijos!

    • Mari Espada disse:

      Tomás,
      Minhas escolhas não foram com base na aparência, nem na performance, mas sim na importância que esses carros tem para mim como torcedora…

      É apenas parte da minha “história de amor” com a F1. =)

      Beijos!

  6. Sirlan Pedrosa disse:

    Querida Mari,

    Uma coisa que você tem de sobra é coerência.

    Como você mesmo nos adverte, sua lista é um reflexo de suas paixões, mesmo que envolva carros que estiveram longe de serem competitivos.

    Dos carros de sua lista, gosto muito do Tolemam TG 184 e do March 881.

    Um abraço,

    Sirlan Pedrosa

  7. Vitor, o de Recife disse:

    Bem, é uma lista pessoal como você bem frisou. Então vou comentar apenas os “seus” carros: sempre gostei das McLaren “West”, sendo a mais bonita, na minha opinião, a do Mika Häkkinen de 1998, que você colocou. A Lotus preta imagino que seja uma unanimidade, seja qual for a temporada, mas a amarela da Camel também era belíssima. Pena que ela costuma trazer os maus momentos que o Piquet sofreu.

    Esse carro da Toleman é muito criativo, mas o Williams Rothmans, além da má lembrança que traz, é bem sem graça se comparado com o azul-amarelo. Já a Red Bull não me atrai…

    Abraço.

  8. Luiz disse:

    Uma lista bem apaixonada. Esqueceu de vários bons carros, que foram, também, de outro mundo.

    • Mari Espada disse:

      Como todos os meus textos… bem apaixonado, mas coerente com a minha opinião.

      Aguarde a lista dos demais autores do blog, que provavelmente trarão os carros que você sentiu falta…
      Pois não cabiam todos eles no meu top 10, então tive que estabelecer um critério de escolha, o que certamente excluiu muitos projetos vencedores, mas trouxe os que mais importam para mim.

      E qual seria o SEU top 10???

      Beijos!

  9. A williams de Senna me da calafrios, boa lista Mari, afinal de contas é uma lista de paixão, parabéns!!!

  10. SPLASHSPORTSLINE disse:

    É claro que foi compreensível sua predileção pelo carro da McLaren de 2008,pois foi o carro do merecido título de Hamilton.Porém,levando em conta a performance e o design,eu preferiria o carro do ano anterior,o MP4/22,apesar do episódio da espionagem.Em 2007 a equipe ousou ao montar um carro com a menor distância entre-eixos dos carros do grid daquele ano,no qual ele ia muito bem nos circuitos travados.Em Mônaco foi um massacre na concorrência,Alonso e Hamilton terminaram o GP muito longe de Raikkonen e Massa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s