Texas em obras!

Publicado: 17/12/2010 por Mari Espada em Formula1, Notícias
Tags:, ,

O circuito revelado em 1º de setembro deste ano, como o anfitrião do retorno da Fórmula 1 às terras americanas em 2012, teve suas obras iniciadas nesta semana.

O traçado analisado por Alexandre Pires em seu texto GP dos EUA: Traçado de Austin Revelado se antecipou em marcar seu território para amenizar os boatos de que o local da construção seria alterado, e também para evitar o atraso e caos assistidos em 2010 na estréia do GP Coreano, retratado em meu texto Yeongam inacabado!?

Agora só nos resta acompanhar o nascimento de mais um tilkódromo nas mãos da Austin Commerical, subsidiária da Austin Industries, que foi a empreiteira escolhida para dar vida ao projeto. E torcer para que em 2012 não vejamos mais uma prova de Rally, como foi em Yeongam neste ano.

Fonte: Autoracing

comentários
  1. Vitor, o de Recife disse:

    Pô, tirando as trocentas voltas sob o safety car, Yongam foi divertido. Só não dá para saber ainda se o circuito pode render um bom espetáculo em pista seca.

  2. Fernando Kesnault disse:

    Olha sem ser negativista não acredito neste projeto em terras ianques, vão por mim…a f-1 não fará provas neste circuito. Tudo balela…

  3. Sirlan Pedrosa disse:

    Mari,

    Eu acho que o GP da Coréia foi muito bom, e não só pela chuva.

    A pista coreana é muito boa, das melhores surgidas nos últimos anos. Aliás, aqui no Brasil fala-se muito mal dos Tilkódromos, mas a verdade ém que a pista da Turquia é muito boa e a da Coréia também. Sepang também é uma boa pista, não no nível das duas que mencionei, mais ainda assim uma boa pista. Shangai não é uma obra de arte, mas também não é o absurdo de uma Hungaroring ou Jerez.

    Das pistas de Hermann Tilke, Abu Dabhi e Barahin são as piores, sem dúvida. Valência é ruim, mas temos que considerar que é uma pista de rua, com as limitações inerentes a uma pista assim. Aliás, qual a pista de rua que pode ser considerada boa ? Mônaco é uma lástima, como também eram Detroit, Dallas, Phonnix, Las vegas e Long Beach. Só Montreal e Merlboune podem ser consideradas boas pistas, mas são desenhadas em uma parque, sem as limitações de uma pista nas ruas de uma grande cidade.

    Cingapura, que também tem o dedo de Tilke, talvez seja o melhor que se pode chegar em uma corrida de rua.

    Fala-se muito mal do arquiteto alemão, ele é uma quase uma unanimidade, mas analisando-se friamente as pistas que foram desenhadas por ele chegamos a conclusão que é Nelson Rodrigues que no fundo tem razão…

    Um abraço,

    Sirlan Pedrosa

  4. […] Neste vídeo podemos dar uma primeira olhada em como será o circuito do Texas – EUA, o qual abordei há algum tempo no texto Texas em obras. […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s