Os 40 melhores pilotos de todos os tempos!

Publicado: 20/12/2010 por Mari Espada em Artigos, Formula1
Tags:, ,

Não são apenas os autores do Ultrapassagem que andam fascinados por listas neste fim de temporada. De uma votação com mais de 200 nomes,  promovida pela Autosport e compilada pelo Car Insurance Blog, surgiu a lista abaixo com os 40 melhores pilotos de Fórmula 1 de todos os tempos.

Alguns nomes apresentados são dignos de estarem no topo da lista, como Ayrton Senna em 1º e Michael Schumacher em 2° lugar. No entanto, ao longo da lista encontramos alguns nomes que deixam em dúvida a credibilidade do juri popular, como Stirling Moss em 8º e Gilles Villeneuve em 10º.

Mas esse julgamento eu deixarei em aberto para a sessão de comentários. Divirtam-se…

Anúncios
comentários
  1. Emerson e Piquet fora dos 10 melhores e atrás de Moss e Mansell, a lista foi feita na Inglaterra, e o pessoal que fez não só leu o livro de Mansell como acreditou nas estórias (é assim com “e”, pois o que ele contou no livro é ficção) dele, vou colocar só os meus 10 melhores:

    1º Senna (o Ayrton, não o Brunno, hehehe)
    2º Schumy (o caçador de Brasileiros)
    3º Jim Clark
    4º Fangio (se não fosse argentino estaria melhor colocado, hehehehe)
    5º Prost
    6º Piquet (o que não bate quando mandam)
    7º Stewart
    8º Emerson
    9º Lauda
    10º Rubinho (recordista de participações, e justiça seja feita sempre andou bem, pode não ter andado para ser campeão, mas andou bem)

    Acima de todos:

    Keke Rosberg (quem acompanha os comentários viu há algumas semanas atrás a discursão sobre este piloto, (na postagem sobre Senna, Gilles e Jacques) então, baseado nesta troca de informações cheguei a conclusão que Keke só não foi o melhor de todos pois só pilotou banheiras)

    • Numa lista em que Mansell, Alonso e Gilles estão a frente de Emerson e Piquet, pode ter certeza que tem inglês no meio.

      E como já disse, Senna foi um grande piloto, mas não mais que Schumacher.

      • Alex-Ctba disse:

        Claudemir, eu que acompanhei a carreira dos dois pilotos, posso te dizer que PARA MIM (e para mais um mundo de gente ), Senna era mais piloto do que o Schumacher. Mais rápido e mais arrojado. Schumacher era mais frio, os dois erravam pouco, é um duelo de titãs. Senna teve que enfrentar o Prost por dois anos quando teve carro vencedor. Schumacher, não teve esse problema com companheiro de equipe. Pena que o destino não permitiu o duelo dos dois em 94. Mas se o Hill, terminou a 1 ponto do Schumi naquela temporada, dá para ter uma noção de como seria o desfecho “se” o Senna não morresse…

    • Mari Espada disse:

      Para uma lista feita por torcedores ingleses, o meu Miltinho está muito mal colocado! =/
      Pelo menos o querido Senna está em primeirão, nada mais justo! =)

      E por falar em ranking inglês… isso sim é uma “torcida descarada” pela minha amada McLata.
      No F1 Fanatic teve uma votação do melhor GP dos últimos 3 anos… e adivinhe quem ganhou?
      Brasil 2008!!! Seguido por Canadá 2010. =D

      http://www.f1fanatic.co.uk/2010/12/15/canadian-grand-prix-voted-best-race-of-2010/

      Beijos!!!

  2. Anselmo Coyote disse:

    1o. Nelson Piquet.
    2o. Nelson Piquet Jr.
    3o. Kamui Kobayashi.
    4o. o resto.

  3. Anselmo Coyote disse:

    Extra! Extra! Extra!

    Notícia ou boato? Seja lá o que for, o Galvão e seus iguais vão ter orgasmos múltiplos…rsrs.

    http://www.yahooformula1.com.br/?view=noticias&not=Familia_Piquet_aparece_em_investigacao_de_lavagem_de_dinheiro_no_Ceara

    Abs.

    • Fernando M. disse:

      De fato alguma coisa deve ter, mas quando eu vi que é reportagem da Veja eu já perdi totalmente o respeito pela matéria. Pra mim a Veja não é fonte de notícias que se possa levar a sério…

      • Vou olhar a matéria e escreverei algo sobre. Mas de antemão já adianto, a revista não tem credibilidade alguma para escrever a respeito de absolutamente nada.

        Eles são tendenciosos e mentirosos, então não merecem respeito.

      • Mari Espada disse:

        Esses meninos e suas teorias da conspiração, viu… =P

      • Fernando M. disse:

        Nem é conspiração, Mari!
        Revista Veja é o lixo da imprensa brasileira! Há um tempo atrás se podia dizer que a única coisa verdadeira daquela revista era a data de publicação, agora nem isso mais, já que no domingo já circula a edição de quarta…

      • Will disse:

        20% de propaganda não!!!! Eu já contei e são 50% de paginas da Veja com propaganda…

    • Anselmo Coyote disse:

      Fernando e Claudemir,

      Assino embaixo. Essa revista americana escrita em português, criada para dar sustentação popular à ditadura, não merece o menor respeito.
      Abs.

      • Mari Espada disse:

        Tudo bem meninos, entendo o ponto de vista…
        Mas gostaria de saber o que vocês leem, que é tão isento de qualquer manipulação humana ou tendenciosidade??? É impossível existir algo assim!!!
        Para mim o segredo é não engolir tudo que leio ou vejo… Tento absorver a informação e buscar outras fontes, para comparar os fatos.

      • Mari, hoje não há como filtrar, a notícia pipoca em todos os meios e você não tem como ficar imune a ela.

        A forma de fazer um filtro e não acessar, assistir ou comprar jornais e revistas que você sabe que 70% é má informação, 20% é propaganda e 10% é editoral de erros e cartas de leitores puxa sacos.

        Vamos ficar no meio da F1.

        Quem aqui lê o blog do Gomes e não acha o nanico um pé no saco de tão arrogante, se achando a última Perrier do deserto, quem?

      • Mari Espada disse:

        “A forma de fazer um filtro e não acessar, assistir ou comprar jornais e revistas que você sabe que 70% é má informação, 20% é propaganda e 10% é editoral de erros e cartas de leitores puxa sacos.”

        Boss, mas desse jeito eu precisarei me trancar em uma redoma de vidro! Ou me cegar e ensurdecer! Porque qualquer opção existente no mercado é passível desses problemas… até a Carta Capital, que eu acreditava ser mais honesta (ou menos mentirosa) já foi axincalhada por você e pelo Coyote certa vez, quando falei que a assinava. A Veja então, nem vou dizer mais nada.

        Só sei que eu sinto necessidade de ler, buscar informações, e para isso preciso de revistas à mão (fora a internet). Portanto se as minhas opções são essas… são com elas que eu vou trabalhar. Mas claro, fazendo uma leitura inteligente e não apenas concordando com tudo!

        Ou eu tenho outra opção???

      • Eremita, viremos eremitas, rsrs.

      • Anselmo Coyote disse:

        Mari,

        Eu não lembro de ter malhado a Carta Capital, mesmo porque ela é do Mino Carta, um sujeito muito sério. Pode ser que eu tenha criticado uma ou outra matéria.

        Abs.

  4. Alex-Ctba disse:

    Essa lista é bem coerente. Pelo menos em relação ao top 5. Realmente na média, esses são os cinco maiores de todos os tempos: Senna, Schumacher, Fangio, Prost e Clark. Acho que Jim Clark poderia estar acima de Prost. Para tirar dúvidas, basta dividir o nº de largadas, pelo de vitórias e poles, para ver que esses cinco são realmente os maiores de todos os tempos.

    Do sexto para baixo, muitas controvérsias…

  5. Eduardo Ag disse:

    Entre os 40 escolhidos 30 são europeus. Tá com cheiro de bairrismo e com gosto de marmelada.

  6. Mariano disse:

    hahahahaha….só pode ser piada, Fangio ganhou cuase 50% das corridas que disputou, correu 8 anos e foi campeao em 5 deles …..tenho muita admiraçao pelo Senna e o alemão, mas….o genio de verdade foi o argentino!!! O resto é isso mesmo…RESTO!!!!

  7. Will disse:

    Uma boa lista. Mas como todas, muito polêmica.

    Gostei do Senna em 1º e do Piquet atrás do Emerson. Acho que não foi feita justiça com o Button e que a morte transforma pilotos comuns em estrelas eternas.

  8. Anselmo Coyote disse:

    Aliás, essa é a nossa imprensa. Espiem esta.

    http://www.wired.com/beyond_the_beyond/2010/12/more-brazilian-cyberpolitics/

    PRA ENTENDER (TEXTO RETIRADO DO SITE FALHADESPAULO.COM.BR):

    “Há duas semanas resolvemos fazer um site de humor destinado à crítica da cobertura jornalística, o Falha de S.Paulo (www.falhadespaulo.com.br), uma sátira ao jornal Folha de S.Paulo. É um site com críticas? Sim, claro. Tão duras quanto as feitas pelo CQC, Casseta & Planeta ou José Simão, por exemplo. Hoje recebemos uma decisão liminar (antecipação de tutela, concedida pela 29ª Vara Cível de SP) que nos obriga a tirar o site do ar, sob pena de multa diária de R$ 1.000. A desculpa utilizada pelo jornal para mover a ação foi o ‘uso indevido da marca’ (tucanaram a censura).

    É chocante a hipocrisia da Folha. Se isso não é censura e um atentado inaceitável à liberdade de expressão, juro que não sabemos o que é. Chega a ser cômico: o mesmo jornal que faz dezenas de editoriais acusando o governo de censura e bradando indignado por ‘liberdade de expressão’ comete esse ato violento de censura.”

    Abs.

    • Os estados estão criando maneiras de regulamentar a imprensa, uma forma justa de manter a normalidade da notícia.

      Bahia, Ceará, São Paulo e Espirito Santo são alguns deles.

      Certo, o assunto é espinhoso, mas vou dar a minha opinião.

      A imprensa tem que ter um orgão regulador independente.

      Motivos não faltam, punições não existem e eles se intitulam o quarto poder da nação, acima dos outros três diga-se.

      Então empresas como a Abril, Folha, Estado e Globo fazem oque e como querem a notícia, não se asseguram da verdade ou integridade. Se for alguém contra eles, coitado, não terá direito de resposta e será execrado, se for a favor, nossa, esse é do dono da cocada preta, manda e desmanda como quiser.

      Desse modo é a imprensa no Brasil, nós nos curvamos a um bando de jornalistas mal intencionados como Diogo Mainardi. Um cidadão que tem mais de 40 processos a maioria em 2º instancia e que agora vive em Roma para não ser preso. E ele continua a trabalhar na Veja dizendo suas bobagens.

      Os jornalistas em geral merecem respeito, mas eles precisam ser punidos quando fazem suas besteiras e isso não é censura é limite, é saber que se escrever qualquer notícia, tem que estar certo que aquilo é a verdade se não terá que pagar nos rigores da lei, como pagam médicos, advogados e muitos outros profissionais.

      • Sirlan Pedrosa disse:

        Amigo Claudemir,

        Vamos analisar as coisas com calma, ponto a ponto.

        “Regular a imprensa” é um aforismo para censura. É um fato.

        Não existe, e nunca existiu, democracia sem imprensa livre. Outro fato.

        O limite de um jornalista já existe, É A LEI, e eles (os jornalistas) estão sujeitos a ela (a lei) tanto como eu, você e qualquer outro cidadão, tanto que você afirma que “Diogo Mainardi. Um cidadão que tem mais de 40 processos a maioria em 2º instancia e que agora vive em Roma para não ser preso. E ele continua a trabalhar na Veja dizendo suas bobagens”. Isso se chama estado de direito. Outro fato.

        Não existe moderação da imprensa sem que a mesma seja uma censura, porque quem decidir o que pode e o que não pode ser publicado estará fazendo uma censura baseada em seus valores e conceitos. Fala-se que existiriam cionselhos populares que “representariam os interesses do povo”. Eu faço parte do povo e não dei procuração para ninguém me representar dizendo “o que posso ou não ler”.

        Caso não exista moderação, mas sim uma punição mais rápida para os abusos e excessos, não estaremos tendo uma censura direta, mais uma intimidação e PIOR AINDA, UMA SUBSTITUIÇÃO DA JUSTIÇA. ´Justiça enfraquecida e substituída é típico de ditaduras. Isso é um fato.

        Foram esses conselhos de representantes “do povo”, que decidindo em nome “do povo” decidiram a morte de MAIS DE CEM MILHÕES DE CIDADÃOS NOS REGIMES AUTORITÁRIOS DOS PAÍSES DITOS COMUNISTAS. Isso é HISTÓRIA.

        Os regimes comunistas soviético e chinês, e mais alguns de seus clones menores como Cuba, Corèia do Norte e afins, MATARAM QUASE TRÊS VEZES MAIS QUE A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL. Isso é história.

        O maior assassino de Russos não é Hitler, que sob o comando da Alemanmha matou 14 milhões de soviéticos. O maior assasino do povo russo chama-se Josef Stalin. Isso são números.

        O mercado editorial brasileiro É LIVRE. O BRASIL É GOVERNADO PELOS QUE DEFENDEM O CONTROLE DA MÍDIA A 8 ANOS. São 8 anos onde eles tem o comando do país e das verbas publicitárias. O que os impedem de criar suas próprias emissoreas de TV, jormais e revistas para competir com a Abril, Folha, Estado e Globo, apresentado ao povo A VERDADE DOS FATOS E AQUILO QUE ELES SABEM QUE É BOM PARA O POVO, E O QUE O POVO QUER ? Nada.

        A verdade é que eles fizeram isso, só que não tem audiência nem público algum….Talvez o povo não saiba que o que é bom para ele (o povo) não é o que ele (o povo) gosta, mas sim o que eles, “os representates do povo”, definem como o que o povo quer…

        Confuso ? pergunta aos cubanos que usam os jormais editados “pelos representantes do povo” para substituir papel higiênico, que falta para a higiene do povo…

        Por falar em Cuba, lá foram FUZILADOS ou morreram TENTANDO FUGIR 100 mil cubanos. 100 mil cubanos. No Brasil em toda a ditadura dos militares, que diga-se de passagem é tão digna de desprezo quanto a dos irmãos Castro, morreram menos de mil. Menos de mil. Isso são números.

        A diferença entre uma ditadura de direita e uma de esquerda é zero. Aliás, se formos considerar as mortes, as ditaduras de esquerda são mais eficientes, e olha que essa comparação não é com nossos milicos incompetentes não, eles vencem em extermínio a máquina nazista.

        Não meu amigo, não existe controle da imprensa, existe censura, e ditadura.

        Vamos divergir, vamos discutir, vamos exercer o direito sagrado do voto, vamos cobrar os governates, vamos nos mobilizar para acelerar os ritos jurídicos, que de tão lentos nos trazem a sensação de impunidade, mas sobre tudo vamos cuidar desta pedra preciosa que se chama DEMOCRACIA.

        Um forte abraço,

        Sirlan Pedrosa

      • Vitor, o de Recife disse:

        Não gosto da Veja por tabela; não gosto do PSDB, portanto, não gostarei de seu folhetim não oficial. Mas a Carta Capital por sua vez é para o PT o que a Veja é para os tucanos. POrtanto, não tem um semanário isento no Brasil.

        Daí defender um órgão de controle é complicado, como bem explanou o Sirlan. Dia desses, já não lembro onde, vi uma defesa dos órgãos reguladores que argumentava a existência de tais controles em países de larga tradição democrática, como a Inglaterra. Não cabe tal comparação; de fato, há um órgão controlador chamado Press Complaints Comission (PCC; nada a ver com o tal partido “informal” paulistano). Sabemos que a imprensa inglesa é famosa pelos seus escandalosos tablóides; o PCC obriga os jornais a fazerem retificações quando passam da linha. Háalgo parecido, vejam só, nos EUA, mas não conheço muito.

        Por que isso não se aplicaria ao Brasil? Simplesmente pela tradição democrática que o separa dos dois países citados. Não tem como comparar os anos de experiêcia democrática dos ingleses e americanos com a nossa história, tão marcada por perídos conturbados e regimes criminosos que tolheram nossa liberdade em nada menos do que mais de 30 anos do período repúblicano – comem os 21 anos da ditadura militar (que foi mesmo DURA e não branda como a pseudodemocrática Folha publicou em editorial), 9 do Estado Novo, dois do período transitório da Revolução de 30, fora os estados de sítio da República Velha…

        Perdemos muito tempo de aprimoração da nossa democracia, que apesar de não ter nenhuma ameaça concreta à vista, não possui maturidade suficiente para um dispositivo semelhante ao inglês e americano. Nosso COngresso tampouco é confiável para legislar sobre isso. Nosso povo ainda não é politicamente maduro para decidir tal questão.

        Nos EUA, mesmo o americano médio, o perfeito Homer Simpson, símbolo do ignorante ianque, tem horror a qualquer intervenção estatal; a tentativa de Obama em mudar o sistema de saúde prova isso. Está arraigada na cultura americana o princípio de liberdade; se existe um órgão controlador da imprensa, é porque há a certeza de que não haverá censura. Poderíamos afirmar o mesmo?

        Abraços.

      • Mari Espada disse:

        Vitor, por isso mesmo que eu leio Veja e Carta Capital…
        Assim consigo ponderar dois pontos de vista bem distintos e tirar as minhas próprias conclusões de acordo com os meus valores! ;)

      • Sirlan Pedrosa disse:

        Vitor,

        Eu assino em baixo seu comentário. Reflete exatamente o que penso.

        Mas o melhor de tudo isso é nossa discursão aqui, em alto nível.

        Eu me sinto cada vez mais honrado em fazer parte deste espaço.

        Um abraço,

        Sirlan Pedrosa

  9. Alex-Ctba disse:

    Realmente o tema é espinhoso. Minha mulher assina a veja e eu a leio toda semana. De fato na questão política, a revista é um lixo de tão tendenciosa. Aquele Diogo Mainardi eu acho ridículo, mas o cara tem seus admiradores, como o Sirlan, que certa vez opinou a respeito. Gosto da Isabela Boscov, crítica de cinema e é da forma como ela escreve, que eu me inspiro para fazer os posts aqui do blog, tb gosto da coluna da Betty Milan. No geral a revista tem muita propaganda, mas como um semanário, dá para engolir, se vc não for muito ligado a política.

    Minha mãe assina a época e eu leio tb com frequencia. Isto é faz tempo que não leio. Mas no fundo essas revistas são quase todas iguais. Só muda o nome e a editora.

    Ainda bem que tem a Internet para a gente buscar alternativas em relação a notícias e pontos de vistas.

    • Sirlan Pedrosa disse:

      Alex,

      É verdade que eu leio a Veja. Também leio quando posso a Isto É, Época e afins. Confesso que só não consigo ler a CARTA CAPITAL. Aí já é demais para minha lógica.

      Mas você foi ao ponto principal de uma forma muito simples : VOCÊ LER O QUE QUISER, ASSISTE O QUE QUISER, E JULGA A INFORMAÇÃO QUE RECEBE DE ACORDO COM SEUS VALORES.

      Nem sua esposa, que assina Veja nem sua mãe, que assina Época, precisam de ALGUÉM QUE DIGA O QUE ELAS PODEM OU NÃO LER, E O QUE É OU NÃO VERDADE….aliás….que verdade ????

      Vamos cuidar da nossa querida e preciosa DEMOCRACIA !

      Um abraço,

      Sirlan Pedrosa

      • Alex-Ctba disse:

        Exatamente Sirlan. Para quem não tem muito tempo para ler livros, ler uma revista tipo a Veja, serve para praticar a escrita. Dá para aproveitar alguma coisa, se vc souber filtrar. Mesmos as reportagens tendenciosas, é importante estar atento, para saber como as informações estão sendo veinculadas. Outro dia o Livio Oricchio resolver falar de política no blog dele e tomou pau de tudo quanto é lado, menos dos puxa-sacos. É importante saber as preferências de cada um, mesmo que seja contrária as suas, como você mesmo diz, isso chama-se Democracia. Claro que quando a gente tem certeza que uma notícia não é verdadeira, ficamos revoltados, pq aí está havendo manipulação das massas, mas se você não concorda, proteste de alguma forma. Tente passar ao maior número de pessoas a informação que você sabe que é verdadeira. A questão é a fonte, se você não está envolvido diretamente, quem garante que tal notícia é verdade ou mentira? Realmente é complicado. A gente tem que criar um “arquivo” de jornalistas confiáveis, de acordo com suas biografias, e procurar obter deles as informações corretas.

        Abs

    • Acho que muitos confundem o tema de Liberdade de Imprensa com Libertinagem de Imprensa.

      E o que a maioria da imprensa no mundo faz é ter libertinagem de imprensa, não se ocupam em apurar os fatos e fazer matérias de verdade, se ocupam em difamar ou mentir e sair ilesos.

      Leis, leis são complicadas quando o assunto é um jornalista.

      Por isso tem que haver uma agência reguladora e nelas existir punições verdadeiras aos maus profissionais e veículos. Porque o que essas agências querem não é a censura e sim a regulação, tanto que podem falar que é idéia dos partidos de esquerda, mas não, o Serra estava implantando em SP e o Alckimin deve terminar.

      Agora é claro que a imprensa faz a sua parte, disvirtua o assunto para o lado dela, já que ela sabe que não haverá censura prévia, mas que eles responderão criminalmente por impropérios que andem publicando, ou seja, vão tomar mais cuidados antes de publicar as matérias.

      Tudo na vida tem que ter limites e eles hoje não tem.

  10. Sirlan Pedrosa disse:

    Mari,

    Largando um pouco e espinhoso tema político e voltando para o post, acho que os seis primeiros (Senna, Shumacher, Prost, Fangio, Clarck e Stewart) são quase uma unaminidade, só podendo variar a ordem que aparecem.

    Quanto ao resto da lista, bem…aí é a lista deles…temos que respeitar…

    Só não entendi os critérios : Bellof deve ter entrado pelo que poderia ter feito, já que não fez nada…e Patrese pelo que poderia ter feito, já que fez tudo errado…..

    Um abraço,

    Sirlan Pedrosa

  11. Ron Groo disse:

    Carissímos, não existe imprensa livre, boa ou má.

    Os veículos de imprensa tem um dono, sempre, e este dono segue sempre alguma tendência ou vertente política e isto fica expresso em seu veículo.

    Por exemplo: os donos da Veja são caciques políticos do PSDB e com visão totalmente direita.
    Já a Carta Capital é um veículo de esquerda abertamente pró PT.

    Já quanto a ser boa ou má, vai depender da orientação que o leitor tem.
    Eu acho a Veja uma imprensa má, porem me situo mais a esquerda.
    Já alguns amigos dizem que a Carta Capital é suja, eles tem a tendencia de preferir política de direita.

    Leiam com atenção os editoriais dos veículos lá, mais do que a visão do editor, vai estar a visão do dono da empresa que contrata o editor para que ele faça para si o serviço de expressar a opinião do jornal ou da revista.

  12. Ron Groo disse:

    Ah sim… O direito de informar é sagrado. O que cada qual vai fazer com a informação é que tem que ser policiado.

  13. Anselmo Coyote disse:

    Sirlan, meu amigo.

    Analisar seu comentário ponto a ponto seria uma devassa, uma covardia com você. Não vou fazê-lo para não ser mal interpretado. Prefiro preservar a nossa amizade.

    Abs.

  14. Sirlan Pedrosa disse:

    Amigo Coyote,

    Com ou sem devassa, JAMAIS deixaria de lhe considerar meu amigo…afinal acredito que nossa amizade nasceu de uma paixão mútua (corridas) e uma admiração mútua, não porque somos iguais…Assim como ocorre com a consideração que tenho pelo Claudemir, pelo Vitor, Allan, Alex, Mari e muitos dos que convivem comigo aqui.

    Quanto ao mais, se não briguei com você quando chamou o Flamengo de hexa…acho que jamais vou brigar…

    Um forte abraço,

    Sirlan Pedrosa

    • Anselmo Coyote disse:

      Sirlan,

      O Flamengo é hexacampeão. Eu assisti a todos os jogos pela TV, exceto os finais, pois estes assisti in loco. Sou testemunha. Rsrs…!

      Grande abraço.

  15. Mari Espada disse:

    Só sei que isso é tema para discutir noite à fora no acampamento de Interlagos… Porque é o tipo de assunto que não acaba nunca! Ainda mais regado à breja! Hehehe! =P

    Por falar nisso, já estão todos preparados para enfrentar 3 dias de pura diversão no setor G??? =D

  16. Roberto Risadinha disse:

    Não sei o que este Claudemir e o restante de repolho alemão vê no Schumacher. O cara ganhou 7 títulos de ninguém e 7 deles ultrapassando pelos boxes. Um deles mandou o Hill pro box sem suspensão.

    Acho que ele não viu Senna, Prost, Piquet, Lauda, Rosberg entre outros pilotarem aqueles carros com câmbio manual. Mais um mané estuprado pela Rede Globo…

  17. Daniel Machado disse:

    Essa lista perdeu a credibilidade com Alonso a Frente de Emmo e Piquet. E mais, Kimi quando resolvia correr mesmo era bem melhor que Alonso.

  18. André disse:

    Não dá pra comparar década de 80 com 1950, quando pilotos não usavam capacete nem cinto de segurança. Uma lista menos injusta deveria ser montada considerando os melhores pilotos por década. Assim, na minha opinião, seria nesta ordem:

    50/60 Fangio – Ascari
    60/70 Clark – Brabham
    70/80 Lauda – Fittipaldi
    80/90 Prost – Piquet
    90/00 Senna – Hakkinen

    Se for pegar pelo que eu vi, em vídeo e ao vivo, faria:

    1 – Prost
    2 – Piquet
    3 – Senna
    4 – Schumacher
    5 – Hakkinen

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s