Análise: RB7 – Aquele que dita as tendências

Publicado: 01/02/2011 por Sirlan Pedrosa em Artigos, Formula1
Tags:, ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

E a Red Bull apresentou hoje seu carro para defender os títulos de piloto e construtor.

Olhando de uma forma superficial o carro lembra muito o bem sucedido RBR 06, e de fato se trata da evolução do conceito surgido ainda em 2009 com o RBR 05. Porém, existem pontos que podemos salientar como diferenciais do novo modelo.

Novamente baseado nas fotos disponíveis, vamos ao RBR 07 :

1. O bico do carro parece uma repetição do RBR 06, mas podemos observar que ele está um pouco mais estreito e um pouco mais caído na ponta, e a cavidade na parte superior (copiada por todas as equipes até agora) está um pouco menos acentuada e com linhas mais suaves.

2. As entradas de ar laterais estão praticamente com as mesmas formas do ano passado. Das equipes que lançaram o carro até agora foi a Red Bull a que menos demonstrou o comprometimento desta área pela adoção do Kers.

3. As quilhas para canalizar o ar embaixo do bico na altura do eixo dianteiro presentes no modelo de 2010 continuam e parecem maiores no RBR 07.

4. A entrada de ar da tampa do motor tem o mesmo formato do modelo do ano passado e segue com a barbatana de tubarão até o limite do regulamento, numa opção única da Red Bull até agora.

5. Na parte final da tampa do motor está a abertura para saída de ar que tem sido copiada por todos os modelos deste ano, a exceção da Ferrari, só que um pouco mais baixa que o ano passado e a adotada pela Renault e Sauber.

6. A asa traseira segue a mesma linha do modelo de 2010, sendo presa pelas abas laterais e como a Ferrari e a Renault apresenta um elemento central usado para soprar a asa.

7. O cano de escape continua baixo e soprando numa posição muito parecida com usada no ano passado.

8. O que mais chama a atenção é o quanto o RBR 07 é estreito na parte traseira. O modelo RBR 05 já trazia esta tendência e o RBR 06 foi copiado por todos os times este ano, mas o RBR 07 leva essa filosofia ao extremo. As laterais do carro terminam cerca de um metro antes do eixo traseiro. É absurda a diferença da Red Bull para as outras equipes nesta área (reparem na foto vista por cima). Parece ter sido aí o grande esforço de Adrian Newey na concepção do novo carro.

9. Em sintonia com a traseira ultra-estreita do carro a suspensão traseira teve suas ancoragens significativamente deslocadas para a frente, com o triângulo superior tendo um braço extremamente longo.

10. Outro ponto que chama a atenção é que enquanto as outras equipes copiavam a suspensão Pull Road (menos a Ferrari que continua com a Push Road), Adrian Newey tratou de redesenhar o sistema e deslocar a haste do Pull Road totalmente para fora do triângulo inferior e ancorá-lo numa posição ainda mais à frente que o normal. Esse arranjo de triângulo superior e haste longos é que devem ter permitido deslocar todo o conjunto mola/amortecedor para frente e afunilar ainda mais a traseira do carro, visando ganhos aerodinâmicos.

11. O difusor parece muito próximo do que as outras equipes tem apresentado, mostrando que essa peça que esteve no cerne do projeto dos carros nos últimos dois anos teve realmente seu uso muito disciplinado pela FIA.

comentários
  1. […] This post was mentioned on Twitter by ultrapassagemf1, Fabio Lima. Fabio Lima said: Análise : RBR 07 – Aquele que dita as tendências: E a Red Bull apresentou hoje seu carro para defender… http://bit.ly/g4iLku #F1 #F1Br […]

  2. Grande análise Sirlan…

    Este carro vai ditar tendências realmente e novamente, ainda mais por ser tão bem acabado que parece estar pronto para entrar na primeira corrida do ano, ao contrário de muitas equipes que parecem ter trazido remendo para o Ricardo Tormo.

  3. Allan Wiese disse:

    Esse carro está realmente bem acabado, parecendo pronto para a primeira prova no Bahrein.
    E essa traseira deve ter uma eficiência aerodinâmica fora do comum também…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s