Análise do primeiro dia de testes em Valencia!

Publicado: 01/02/2011 por Claudemir Freire em Artigos, Formula1, Fotos
Tags:,

Barrichello e o belo, mas por enquanto ordinário FW33

Hoje foi simplesmente um dia corrido para o circo da Formula 1, quatro lançamentos e o primeiro dia de testes da categoria em 2011, mas uma coisa continuou da mesma forma que em 2010, Red Bull na frente, e com folga.

Red Bull com Sebastian Vettel tomou a ponta logo de manhã e não deu chances aos rivais, chegou a abrir mais de 1 segundo para a Ferrari de Fernando Alonso e com o tempo 1.13.769 e 93 voltas terminou o dia na frente. E sem nenhum problema aparente o carro se mostrou forte logo de cara, vamos esperar os dois dias que virão para tirar conclusões.

Ferrari andou muito bem, mesmo tendo ficado em segundo entre os carros de 2011 a mais de 7 décimos da Red Bull com o tempo de 1.14.55 e 98 voltas, o resultado foi muito bom e animador já que Domenicali prometeu muitas mudanças no carro até a chegada da primeira corrida em Abu Dhabi.

Sauber com seu C30 andou bem durante o treino e das equipes intermediarias foi a melhor, o que não garante nada, mas dá um alívio pelos lados de Hinwil que começa o ano com uma evolução do problemático C29, mas seus tempos em relação a Red Bull ficaram bem aquém da expectativa, virando na casa de 1.15.621 e 68 voltas.

A Renault com Vitaly Petrov e seu R31 andaram pouco, com o tempo de 1.16.351 e apenas 28 voltas seus tempos ficaram longe da expectativa criada em torno do carro, mas mostrou inovações como o FEE que pode render frutos no futuro, vamos esperar para ver como o carro vai evoluir nas mãos de Robert Kubica e se a equipe vai ter gás financeiro para manter a evolução que não aconteceu com o bom R30.

Mercedes W02, também outra equipe que criou uma grande expectativa e não correspondeu, teve problemas com seu carro durante a manhã e fez com que Nico Rosberg ocupasse a última colocação com o tempo de 1.19.930 e apenas 9 voltas. A tarde Michael Schumacher assumiu o volante e rodou melhor que seu companheiro, mas mesmo assim longe dos tempos de Red Bull e Ferrari com o tempo de 1.16.450 em 15 voltas. Talvez seja apenas um dia ruim, mas a impressão não foi boa.

Alguersuari estreou o STR6 na pista de Valencia, mas a Toro Rosso não foi bem, e o carro se mostrou uma pobre evolução ou involução do carro de 2010, o que é uma pena, já que a equipe de Faenza merecia coisa melhor, mas a sua irmã rica parece não querer mais a sua presença, o tempo do jovem espanhol ficou em 1.17.214 e 20 voltas, à frente apenas da Williams com se FW33.

Williams que andou mal durante o dia, e apenas na parte da tarde andou um pouco mais, mas mesmo assim não conseguiu superar suas rivais diretas, Sauber e Toro Rosso. Um mau começo para a equipe de Grove que ficou com o tempo de 1.17.335 em 78 voltas. Talvez seja a hora de Frank Williams e Patrick Head pendurar o lápis e a prancheta e vender a equipe para uma empresa que possa bancar um staff técnico melhor e mais competente, sem contar que financeiramente a equipe necessita de muito dinheiro.

É apenas o primeiro dia, claro que há variáveis que não foram colocadas nas análises preliminares dos testes, algumas equipes podiam estar rodando com muita gasolina e fazendo long runs para testar a durabilidade do carro, mas algumas tiveram problemas no dia de hoje e podem melhorar amanhã, mas outras não é o caso.

As equipes que correram com o carro de 2010 não há porque analisar.

comentários
  1. Marcelo (Cascavel) disse:

    Fica complicado analisar as equipes somente pelo primeiro dia, única certeza é que o RB07 é o carro a ser batido.

    e na MINHA visão a McLaren está perdendo tempo.

  2. […] This post was mentioned on Twitter by ultrapassagemf1, Fabio Lima. Fabio Lima said: Primeiro dia de testes em Valencia!: Hoje foi simplesmente um dia corrido para o circo da Formula 1, q… http://bit.ly/eT05bq #F1 #F1Br […]

  3. felipinho disse:

    E finalmente temos carros na pista… agora só falta 40 dias..

    e pra variar RBR na frente.. rsrs, vamos para o segundo título?

  4. Palavras de hoje do Barrichello…

    “Aprendemos muito”, disse. “O FW33 é um carro diferente e precisa de uma configuração diferente e muita compreensão”.

    “O equilíbrio do carro não estava muito bom, mas seria muito difícil se estivesse com a quantidade de combustível que estávamos usando”, acrescentou o brasileiro.

    Barrichello também comentou sobre o desenho do carro, que possui inovações na área da asa traseira.

    “O carro é lindo. A parte de trás é fantástico. Se você olhasse só para os tempos, diria que é ruim, mas não podemos analisar isso porque há uma grande diferença na carga de combustível. Não estou preocupado”,

    Sei, me engana que eu gosto…

  5. Will disse:

    Lamento que a McLaren não esteja na pista com o MP4-26. Mas confio na programação montada.

    Se formos otimistas, podemos dizer que o RB6 também não participou dos primeiros testes…

    • Li o press release da Mclaren e eles focaram no conhecimento do pneus Pirelli, até onde isso é proveitoso com um carro com mais downforce do que o de 2011 é que eu não sei, aliás eu acho que eles deveriam estar com o MP4/26 na pista para colher o máximo de dados possíveis, porque querendo ou não eles estão ficando para traz diante da concorrência.

      • felipinho disse:

        Chefe.. não seria com “menos” downforce?

      • Nessa caso não Felipinho.

        O carro de 2010 por ter o difusor duplo gera mais downforce que o de 2011, é tanto que os tempos do primeiro teste de 2010 em Valencia a Ferrari F10 rodou 1,2 seg. mais rápido que o Red Bull RB7 hoje.

        Sinal claro de carro com mais downforce, afinal ele não tinha a asa móvel e nem o Kers que podem ajudar um pouco no desempenho do carro em voltas lançadas.

      • Leandro Magno disse:

        Claudemir, o MP4-25 foi modificado pra ter os mesmos níveis de DF q o 26 tem apresentado no túnel de vento, cfe a própria McLaren disse. Se assim for, nada mau os tempos, pois Paffet deve ser uns 0.5s mais lento q Button, q é mais lento 0.s2 q Lewis. Além disso, as outras equipes podem estolar a asa traseira em qq reta, mas o F-duto só estola a mais de 250 por hora, ou seja, num curto trecho daquela retinha principal do Ricardo Tormo.
        Estão falando ( http://www.auto-motor-und-sport.de/formel-1/renault-auspuffproblem-renaults-auspuffgeheimnis-geloest-3379186.html?fotoshow_tab=bild&fotoshowitem=10#article_detail ) q a Mclaren vai apresentar uma solução parecida com o FEE da Renault misturada com o da STR.
        Mas, esperemos…

      • Boa pergunta…

        Onde está o escapamento do STR6?

  6. felipinho disse:

    ops.. comi bola.. li rápido e não vi que vc estava se referindo ao carro de 2010 que estão usando nos treinos.

  7. Marcus Zangari disse:

    muita calma ao falar da wiliiams claudemir!
    o carro é muito diferente do fw32 e vai exigir uma maior compreensao dos engenheiros até a estreia a evoluçao virá. Alias traçoes muitos ousados, principalmente na parte traseira do fw33!
    com relaçao ao restante ainda é cedo falar, mas a tendencia acredito q seja essa rbr e ferrari no comando!

  8. djow disse:

    pelo que eu li, a McLaren está treinando com uma configuração que se aproxima ao downforce do modelo de 2011 e eles não estão utilizando o F-Ducto. Além de não terem a ATM e nem o Kers nesse carro que está na pista.

    E mesmo com o 3º piloto e num carro sem as vantagens do Kers e da ATM ele ficou à frente do “revolucionário” F150.

    Acho que a McLaren vai roubar a cena quando entrar nos treinos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s