Preço e valor

Publicado: 07/02/2011 por galkadesh em Formula1, Notícias
Tags:, ,

Breve comentário sobre uma notícia nem tão fresca assim…

O automobilismo moderno, em especial a F1, tem confirmado uma amarga tendência que consterna profundamente desde o mais apaixonado pelas corridas automobilísticas até o mais “Pacheco” dos torcedores. Tal tendência está consubstanciada na já deliberada venda de cockpits visando unicamente arrecadar dinheiro para a temporada, em detrimento da escolha de novos talentos para o esporte.

Do ponto de vista do piloto, nada deve ser mais cruel para um garoto talentoso e apaixonado, qual seja sua nacionalidade, que cresceu batalhando e se destacando em várias categorias sonhando em um dia pilotar um carro de F1, esbarrar neste critério de seleção de pilotos não pautado no mérito, mas sim em seu poder aquisitivo.

A F1 perde muito de seu brilho quando não abriga aqueles que teoricamente deveriam ser os melhores pilotos do mundo e passa a adotar garotos propaganda que tem mais potencial financeiro a ser explorado do que talento puro.

Recentemente, Nico Hulkenberg se viu ceifado do grid pela força dos petrodólares Venezuelanos e somente hoje foi confirmado como piloto de testes da Force India (numa categoria onde há sérias restrições aos testes).  Assim como ele, muitos novatos que menos se destacaram perderam seus lugares em suas equipes, mas optei por fazer menção ao Hulk, pois nem mesmo o fato de correr numa equipe teoricamente mais consolidada financeiramente e ter feito um belo ano de  estréia, marcando inclusive uma pole, foi capaz de lhe garantir um cockpit como titular para 2011.

Mas drama dos pilotos não se resume aos novatos. Até mesmo um piloto competente e experiente como Tony Kanaan, enfrentou o mesmo calvário para conseguir uma vaga de piloto titular na F-Indy para 2011, chegando a noticiar, recentemente, que Rubens Barrichello teria lhe oferecido dinheiro para bancar sua permanência no automobilismo.

Neste ponto quero fazer uma menção à atitude de Rubens para com seu amigo. Todos nós sabemos (ou imaginamos) as dificuldades para se captar recursos de patrocinadores aqui no Brasil, quanto mais achar uma pessoa disposta a emprestar dinheiro para bancar uma temporada de um piloto por amizade.

O gesto de Rubens foi de uma grandeza imensurável. Estender as mãos para o amigo, também veterano, oferecendo uma grande soma em dinheiro para bancar uma temporada na F-Indy demonstra o quanto Rubens é apaixonado pelo que faz e também por quem o cerca.

Muitas vezes nosso Rubens peca pela fala, mas fora das pistas costuma se destacar pelas atitudes.

comentários
  1. Anselmo Coyote disse:

    Disse tudo.
    Inclusive do Rubinho que, se for verdade essa história, demonstrou uma grandeza e tanto.
    Abs.

  2. Allan Wiese disse:

    Também fiquei impressionado com a atitude de Rubens. Um apaixonado, sem dúvida.

    Mas a maneira como a F1 está gerenciando seus novos talentos é preocupante, para falar o mínimo.

  3. lucas disse:

    Esse é um lado legal do Rubinho, ele fala o que pensa e é emotivo, tá ele nunca foi campeão mais tá la todos esses anos fazendo o que gosta.

  4. Anselmo Coyote disse:

    “…tá ele nunca foi campeão mais tá la todos esses anos fazendo o que gosta.”

    Sim… e o que ele gosta, na F1 pelo menos, é irritar quem torce e quem não torce por ele… rsrs.

    Abs.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s