Perfumarias e críticas ao GP coreano.

Publicado: 20/10/2010 por Claudemir Freire em Artigos
Tags:, , , ,

Começando pelo elogios.

Hoje o arquiteto da pista de Yeongam veio a público dirimir quaisquer dúvidas ou problemas com a pista e instalações do circuito coreano que receberá a próxima etapa do mundial 2010. Em entrevista aos jornalistas disse que problemas haverão de acontecer, porém, tudo em relação a pequenos detalhes, nada que interfirirá na corrida ou de transmissões.

Sobre a pista ele se resumiu a dizer que haverá sim problemas de aderência, mas tudo por causa do asfalto ser novo e não ter tido a chance de testar ou corridas para emborrachar o piso, mas de acordo com o alemão que tudo entende de pista e construção das mesmas, o problema será na sexta-feira e resumido ao trecho fora do trilho, onde a pista estará muito escorregadia.

Também nesses dias pré Coréia, Bernie Ecclestone o quase octagenário ficou espantado com a rápidez na conclusão das obras do circuito e prevê que será um grande espetáculo e não haverá nenhum percalço no caminho das equipes. Outro que rendeu alguns elogios foi Fernando Alonso, mas não tocou em assuntos cruciais.

Então está tudo saindo 100% como o esperado, nada mais daria errado de acordo com os dois homens mais influentes na categoria, mas a perfumaria acaba por aí.

Em seu blog, Luis Fernando Ramos o ICO, reporter da rádio Bandeirantes diz que a pista está sendo secada a força e que a probabilidade do esfarelamento de alguns trechos da pista, principalmente em pontos de fortes freadas são eminentes e são sim causa de grande preocupação dos engenheiros e promotores da corrida, que lembra o ocorrido em 2008 no GP do Canadá, em que o asfalto foi se desmanchando aos poucos na freada do grampo, causando alguns incidentes.

Outro que não parece muito convencido da possibilidade de haver uma corrida normal é o piloto Lucas di Grassi, que disse, abre aspas:

“Achei que a parte estrutural, o que realmente importa, está pronta. O principal ponto de interrogação para o GP ser realizado é quanto o asfalto vai aguentar, porque, pelo que sei, ele foi colocado há pouco tempo e o carro de F-1 gera uma quantidade de tração muito grande no traçado.”

“Já vimos casos, como no Canadá, em 2008, no qual o asfalto soltou e acarretou problemas no circuito. Tirando isso, a parte de ‘perfumaria’ no circuito falta muito trabalho a ser feito, como colocar grama, pintar placa de entrada, mas são coisas que o GP não deixaria de acontecer caso não estivessem prontas.”

Para ajudar mais ainda, outro que não está muito afim de colaborar é São Pedro, este quer mandar água na pista, o que faria a pista além de virar uma pista hóquei no gelo dificultária ainda mais a cura do asfalto.

E as críticas não se concetram apenas na pista ou nas obras do circuito, também estão na infraestrutura inexistente do local onde a corrida está para ser realizada, em Mokpo cidade portuária e mais próxima ao circuito, jornalistas estão hospedados em motéis, por não haver hotéis a altura dos padrões “ecclestianos”  e com preços promocionais que chegam até $ 225,00 dólares e está causando um tremendo mal estar na galera que nos informa, sem contar que comer parece ser uma grande roubada, a culinária local não se preparou para os ocidentais de hábitos opostos, os jornalistas que chegaram primeiro a cidade estão reclamando muito desses pequenos “detalhes”.

Ainda não há relatos por parte das equipes e pilotos sobre esse último parágrafo, mas esses normalmente são mais preparados e devem ter sido avisados de forma prévia que o local é um pardieiro e como prova a equipe Williams está hospedade num hotel a apenas “90 minutos” do circuito, foi o único modo de acomodar seus funcionários.

Resumindo:

Estamos para presenciar um GP épico sem nenhuma dúvida, por se tratar da antepenúltima etapa do mundial já tem essa característica ou por ser o maior mico da história da F1 recente, colocando assim o nosso enviado do inferno, anão nazista e totalitarista Bernie Ecclestone e o nosso arquiteto favorito em cheque, já que na ância de ganhar e roubar cada vez mais dinheiro fizeram a toque de caixa um galinheiro com uma pista dentro, isso já é fato, basta saber agora se a pista desse galinheiro não se transformará em pista de rali na neve.

Considerações, o povo coreano e habitantes da pequena cidade de Mokpo não tem nada a ver com essa balburdia, em que os únicos culpados são os organizadores e promotores do evento.

comentários
  1. Vitor, o de Recife disse:

    O interessante no artigo do Ico é que ele conta que o plano do Tilke era fazer uma cidade no entorno do autódromo, o que não foi realizado a tempo. Parece o caso de Magny-Cours, um circuito moderníssimo para a época, que foi projetado com o intuito de atrair vários empreendimentos, mas terminou como um oásis em uma região rural e pacata. Claro que Yeongam tem todas as chances de seguir um destino diferente, mas…

    Sobre as condições para a corrida deste fim de semana, só me recordo dos chiliques da FIA em suas exigências para o cumprimento de detalhes mínimos em Interlagos…

    • Mari Espada disse:

      O sr. Tilke deveria saber que um plano urbanístico demora muito mais doque um complexo arquitetônico para ser construído… jamais haveria uma cidade em torno desse autódromo para o calendário de 2010!!!

  2. Mari Espada disse:

    Boss, belo apanhado de notícias sobre o GP Coreano!

    Acho um absurdo instalarem qualquer empreendimento em uma localidade que não o comporte!
    Desde um shopping em um bairro residencial com vias locais que não suportariam o trânsito, até um autódromo em um local sem infraestrutura adequada (ou de infra bem precária, como em Interlagos) é uma agressão aos princípios do Urbanismo, coisa que todo arquiteto aprende na faculdade.

    A FOTA deveria se recusar a participar de eventos com essa problemática!
    Eu me recusaria! =)

  3. Allan Wiese disse:

    Coisa linda hein? 24 anos depoois…

    • Mari Espada disse:

      Ah, que demais!!!!!!!!! =D

    • Marcelo Brum disse:

      Também gostei! Bela imagem!

    • Vitor, o de Recife disse:

      Finalmente conseguiram! Vai ficar para a posteridade.

    • Mari Espada disse:

      Guys, desculpa… Eu tentei me segurar no comentário, mas não deu!

      Me digam se o Miltinho não é o piloto mais simpático da foto, hein!? =)
      Todo sorridente, em uma pose “não tensa”, ao contrário do Alonso e Webber.

      Button também está sorridente, mas ele sorri por qualquer coisa! Isso é normal para ele! Hehehe.

      E o Vettel… o mesmo moleque de sempre.

      Aliás, colocaram o Hamilton e o Alonso lado à lado… será uma referência ao Senna e Prost que ocupavam essa posição na foto original e que também eram rivais?

      Ah, só para concluir… o meu Miltinho é o melhor!!! =D
      (e nem me encham o saco porque eu já pedi desculpa no início! hehehe.)

  4. Allan Wiese disse:

    E não é que os caras tem suspensão ajustável mesmo?
    Fala do Webber, na coletiva de imprensa:

    We have adjustable front ride height suspension which has been running since the start of the year and that works well and then we put the car back up for Sunday

    E a resposta do Vettel:

    As Mark said we have this big lever for the ride height. I think that is the secret for Saturday.

  5. Marcelo Brum disse:

    Ah, se essa patuscada toda fosse no Brasil, meus amigos…

    • O Brasil terá sua vez Marcelo.

      Como escrevi num post anterior e poucos deram a devida atenção Interlagos tem seus dias contados na F1.

      Olha que eu disse isso já alguns dias e aos poucos fui lendo posts de vários blogueiros de respeito, que levantaram a hipótese de a pista dar adeus em 2014.

  6. wilson disse:

    como diria um ditado meio recente, mas que vale para a situação:
    … a fila anda.
    Tem circuitos novos (países sem tradição no automobilismo, mas que estão loucos para receber a formula um) ali na espreita, e se o gagáclestone bater o martelo em prol de outro circuito, bye bye interlagos, a menos é claro que se atenda umas exigenciazinhas tolas (uns mihoes de dólares em reformas) daí não tem problema. A vida segue e a fila daí não anda.

  7. Vitor, o de Recife disse:

    É… negócios são negócios. A saída de Interlagos parece ser questão de tempo, infelizmente. Joe Saward fez um artigo sobre a entrada dos novos circuitos em detrimento de pistas tradicionais.

    “A realidade fundamental é que, nestes dias, todas as corridas de Fórmula 1 devem ser apoiada pelos governos. O poder da F1 é tal que os patrocinadores estão dispostos a pagar grandes quantias para usufruir da cobertura que o esporte traz. Os países que desejam apreciar esse tipo de exposição devem estar dispostos a pagar por isso.

    “A questão, ao meu ver, é manter alguns dos eventos tradicionais, algumas das marcas: Mônaco, Monza, Silverstone e Spa são grandes nomes e seria imprudente para tirá-los todos a partir do calendário da F1, mas tem que haver uma boa razão para que eles permaneçam. Mônaco é emocionante e espectacular. É o lugar onde os negócios são feitos F1. Monza é tudo sobre velocidade e paixão. Silverstone está no epicentro da indústria de F1, e um circuito grande, Spa é fabuloso. Mas isso é suficiente? É um grande circuito, mas ele está no lugar errado. Promoção é difícil. Caso seja dado um tratamento especial? Talvez. Caso o governo belga se envolver? Se ele paga mais, os bilhetes seriam mais baratas e as arquibancadas estariam cheias.”

    “[As] Novas pistas são boas, desde que tenham sido bem concebidas. Hermann Tilke faz um bom trabalho em alguns lugares, e um péssimo trabalho em outros. É um consenso estabelecido atualmente que o desenho do circuito dita como a corrida será. Assim, o foco está em Tilke acertar sempre. Se não, ele deve ser deixado de lado e dar aos outros a chance de mostrar que pode ser feito.”

    http://joesaward.wordpress.com/2010/10/20/where-does-one-draw-the-line-on-f1-expansion/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s