Marcando território.

Publicado: 29/09/2010 por Vitor, o de Recife em Artigos, Notícias
Tags:, , , , ,

Takuma Sato e sua "Lotus": semelhança com a equipe de Fernandes, só na pintura.

A batalha entre a Tem Lotus, adquirida por Tony Fernandes, e a Lotus Cars, propriedade da Proton, ganhou um novo capítulo hoje. A Lotus Group (Lotus Cars) decidiu engrossar suas ações na luta pela aquisição dos direitos da marca “Team Lotus” e a estratégia adotada foi demarcar território.

Chassi base da Dallara para a temporada 2012 da Indy.

Quem acompanha a Formula Indy sabe que Takuma Sato corre na equipe Lotus/KV que nada mais é do que a KV Racing – por onde também correm o brasileiro Mario Moraes e o venezuelano Ernesto Viso – com uma parceria da Lotus. A pintura do carro é idêntica à da F1, mas nada tem a ver com o grupo de Tony Fernandes.

Só que agora o grupo de Dany Bahar fez dois anúncios: primeiro, vai expandir a parceria com a KV. Melhor explicando: já para o próximo ano, a Lotus colocará dois carros; em 2012, estrearão os novos chassis da Dallara, que serão compostos de uma parte fixa e outra que permite pacotes aerodinâmicos, que podem ser feitos pelas próprias equipes. É aí que entra a maior participação da Lotus Cars: ela será responsável pelo desenvolvimento aerodinâmico da equipe

O outro anúncio é bem mais ambicioso e se refere ao desenvolvimento de um modelo LPM2 para disputar as 24 Horas de Lemans em 2012. Além disso, prevê que o Lotus Evora deve disputar as categorias GT da competição.

Lotus Evora: a arma da Proton para disputar as categorias GT.

Os anúncios das novas empreitadas engrossam a fila de participações do grupo de Dany Bahar em competições automobilísticas, após a empresa declarar entrada na GP2 em parceria com a ART na semana passada. São claros indícios que a Lotus Cars pretende engrossar a luta com Tony Fernandes demarcando território no maior número possível de categorias, de forma a se legitimizar como a autêntica detentora do nome Lotus. Vamos esperar pelo contra- ataque de Tony Fernandes…

comentários
  1. Fernando Kesnault disse:

    Tá ficando legal esta batalha…o grupo Lotus Cars informa também que irá construir uma pista anexa às instalações em Norfolk para desenvolver os carros para a categoria GT tanto no FIAGT (mina de ouro e tomara que o Sr. Bernie não meta o dedo por aqui) e na categoria GT do ACO promotora das 24 horas de Le Mans (adoro e curto muito esta prova desde petit).

  2. Agora ele pode usar o neme em competições?

  3. desculpem o “nome”

    • Fernando Kesnault disse:

      Rodrigo, creio que juridicamente falando nada obsta o grupo Lotus Cars, proprietaria da fábrica de carros de passeio, de usar o nome Lotus pois está inserido na nomenclatura do veículo, o ponto que tá pegando nos tribunais ingleses é o uso do termo “Team Lotus” que era uma empresa essencialmente de competição não indicando neste que os carros tenham que ser da marca Lotus, poderia ser umas corvettes, aston martins, ferraris, etc., mas como o que se passa na cabeça de juiz nunca se sabe, já viu né???

  4. Mari Espada disse:

    Vitor, que babado, hein!
    Isso é mesmo briga de gente grande!!!

  5. […] para o inglês seria a KV, que deve crescer devido ao interesse da associação com a malaia Lotus Cars, que atualmente estampa o carro de Takuma Sato e pretende colorir mais um para 2011; pois um dos […]

  6. […] Lotus Cars patrocinou em 2010 o carro de Takuma Sato em parceria com a KV. Na próxima temporada, dois carros estarão alinhados com a marca; um cockpit deve continuar com […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s